fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

EFEITO DO PROCESSO DE SECAGEM DA POLPA DE ABACATE (Persea americana Mill) SOBRE A QUALIDADE DO ÓLEO BRUTO EXTRAÍDO

SILVA, J. D. F. da; GOUVEIA, H. L.; SCHEIK, L. K.; CUNHA, C. C. da; BORGES, C. D.; MENDONÇA, C. R. B.;

Artigo:

O conhecimento da influência de diferentes operações unitárias sobre a qualidade do óleo de abacate é uma ferramenta indispensável para a otimização do seu processo de produção. Objetivou-se investigar o efeito do processo de secagem da polpa de abacate sobre a qualidade do óleo bruto. Os abacates da variedade Breda tiveram a polpa separada, tratada com solução de ácido cítrico e triturada. A polpa foi, então, dividida em três porções e submetida a secagem em estufa sob ventilação a 40 ºC, em estufa sob ventilação a 60 ºC e por liofilização. O óleo foi extraído em Soxhlet com éter de petróleo. Avaliaram-se nos óleos os índices de acidez, iodo, peróxidos e refração. Os resultados demonstraram que os parâmetros de qualidade avaliados, em geral, variam segundo o processo de secagem aplicado à polpa. De um modo geral, quanto maior a temperatura do processo de secagem, maiores modificações foram observadas. O óleo obtido da polpa liofilizada apresentou, estatisticamente, menores alterações nos parâmetros estudados, comparado aquele obtido da polpa de abacate seca a 40 ºC ou a 60 ºC. Os índices de peróxidos e acidez foram os parâmetros que mostram maiores variações. Em relação ao índice de peróxidos, observou-se efeito negativo do aumento da temperatura de secagem, entretanto, no índice de acidez (maior para o óleo da polpa seca a 40 ºC), observou-se efeito deletério do tempo de secagem, que foi maior no processo de estufa a 40 ºC, e pode ter possibilitado a ação de lipases.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0081-27152-180437

Referências bibliográficas
  • [1] AMERICAN OIL CHEMISTS’ SOCIETY. Official and tentative methods of the American Oils Chemists’ Society. Champaign: American Oils Chemists’ Society, 1992.
  • [2] BORA, S. P.; NARAIN, N.; ROCHA, R. V. M.; PAULO, M. Q. Characterization of the oils from the pulp and seeds of avocado (cultivar: Fuerte) fruits. Grasas y Aceites, v. 5, n. 3-4, p.171-174, 2001.
  • [3] Disponível em: Andlt;http://grasasyaceites.revistas.csic.es/index.php/grasasyaceites/article/view/353Andgt;. Acesso em 04 de abr. de 2014.
  • [4] BOSELLI, E.; DI LECCEA, G.; STRABBIOLI, R.; PIERALISI, G.; FREGAA, N. G. Are virgin Área temática: Engenharia e Tecnologia de Alimentos 5olive oils obtained below 27 C better than those produced at higher temperatures? LWT - Food Sc. Technol., v. 42, n. 3, p. 748–757, 2009.
  • [5] CAMPOS, R. A. Otimização de método de extração de óleo presente em polpa de abacate. 2009. 68f. Dissertação (Mestrado em Química) – Instituto de Química, Universidade Estadual Paulista, Araraquara, 2009.
  • [6] CIAFARDINI, G.; ZULLO, B.A.; CIOCCIA, G.; IRIDE, A. Lipolytic activity of Williopsis californica and Saccharomyces cerevisiae in extra virgin olive oil. Int. J. Food Microbiol., v. 107, n. 1, p. 27–32, 200
  • [7] FENNEMA, O. R. Química de los alimentos. 2 ed. Zaragoza: Acribia, 1993.
  • [8] GUILLÉN, M. D.; URIARTE, P. S. Simultaneous control of the evolution of the percentage in weight of polar compounds, iodine value, acyl groups proportions and aldehydes concentrations in sunflower oil submitted to frying temperature in an industrial fryer. Food Control, v. 24, n. 1-2, p. 50–56, 2012.
  • [9] INSTITUTO ADOLFO LUTZ. Normas Analíticas do Instituto Adolfo Lutz. São Paulo: Instituto Adolfo Lutz, 1985. v. 1.
  • [10] JACOBO-VELÁZQUEZ, A. D. HERNÁNDEZ-BRENES, C. Stability of avocado paste carotenoids as affected by high hydrostatic pressure processing and storage. Innovative Food Sci. Emerg. Technol., v. 16, p. 121–128, 2012.
  • [11] MRAICHAA, F.; KSANTINI, M.; ZOUCHB, O.; AYADI, M.; SAYADI, S.; BOUAZIZ, M. Effect of olive fruit fly infestation on the quality of olive oil from Chemlali cultivar during ripening. Food Chem. Toxicol., v. 48, n. 11, p. 3235–3241, 2010.
  • [12] OETTERER, M., REGITANO-D''ARCE, M. A. B., SPOTO, M. H. F. Fundamentos de Ciência e Tecnologia de Alimentos. Barueri: Manole, 2006.
  • [13] ORTEGA, J. A. A.; LÓPEZ, M. R.; TORRE, R. R. R. Effect of electric Field treatment on avocado oil. Int. J. Res. Agric. Food Sc., v. 1, n. 1, 20 Disponível em: Andlt; http://www.ijsk.org/uploads/3/1/1/7/3117743/2_avocado_oil.pdfAndgt;. Acesso em 04 de abr. de 2014.
  • [14] PINGRET, D., FABIANO-TIXIER, A., CHEMAT, F. Degradation during application of ultrasound in food processing: a review. Food Control, v. 31, n. 2, p. 593–606, 2013.
  • [15] RODRIGUES, N.; MALHEIROA, R., CASAL, S.; ASENSIO-S.-MANZANERAC, M. C.; BENTOA, A.; PEREIRA, J. A. Influence of spike lavender (Lavandula latifolia Med.) essential oil in the quality, stability and composition of soybean oil during microwave heating. Food Chem. Toxicol., v. 50, n. 8, p. 2894–2901, 2012.
  • [16] SALGADO, J. M.; DANIELI, F.; REGITANO-D''ARCE, M. A. B.; FRIAS, A.; MANSI, D. N. O óleo de abacate (Persea americana Mill) como matéria-prima para a indústria alimentícia. Ciênc. Área temática: Engenharia e Tecnologia de Alimentos 6Tecnol. Aliment., v. 28, p. 20-26, 2008.
  • [17] SANTANA, I.; CABRAL, L. M. C. ; FREITAS, S.P.; TORRES, A. G. Efeito do pré-tratamento na extração do óleo da polpa de abacate hass (Persea americana). In: Congresso Brasileiro de Processamento de Frutas e Hortaliças, 2., 2011, Rio de Janeiro. Anais...Rio de Janeiro: Embrapa Agroindústria de Alimentos, 2011. Disponível em: Andlt; http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/916683Andgt;. Acesso em 04 de jul. de 2013.
  • [18] SANTAS, J., GUZMÁN, Y. J., GUARDIOLA, F., RAFECAS, M., BOU, R.. High-throughput analysis of lipid hydroperoxides in edible oils and fats using the fluorescent reagent diphenyl-1 pyrenylphosphine. Food Chem., no prelo, 2014.
Como citar:

SILVA, J. D. F. da; GOUVEIA, H. L.; SCHEIK, L. K.; CUNHA, C. C. da; BORGES, C. D.; MENDONÇA, C. R. B.; "EFEITO DO PROCESSO DE SECAGEM DA POLPA DE ABACATE (Persea americana Mill) SOBRE A QUALIDADE DO ÓLEO BRUTO EXTRAÍDO", p. 3051-3057 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0081-27152-180437

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações