fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

MODELAGEM MATEMÁTICA PARA DESCRIÇÃO DA CINÉTICA DE SECAGEM DA MISTURA DE BAGAÇO DE MALTE E LEVEDURA (Saccharomyces cerevisiae)

BOFFO, E. V.; SILVA, G. M. C. da; KLAGENBOECH, R.; TONEL, J. J.;

Artigo:

Durante o processo industrial de produção da cerveja ocorre a geração de subprodutos, dentre eles o bagaço de malte e o excesso de leveduras (Saccharomyces cerevisiae). Assim, este trabalho objetivou-se estudar a cinética de secagem da mistura bagaço/levedura, e analisar os ajustes dos dados experimentais com os modelos de Henderson e Pabis, Newton e Lewis, Midilli e Page. Utilizou-se a proporção de 80% de bagaço de malte e 20% de levedura. A secagem foi realizada em um secador de túnel de vento na temperatura fixa de 70 °C e com as velocidades de fluxo de ar de 1,0, 1,2, 1,4, 1,5 e 2,0 m s

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1952-16694-143675

Referências bibliográficas
  • [1] ADORNO, W. T., MARTINS, G. A. S.; SILVA, W. G. Modelagem matemática aplicada á transferência de massa em alimentos. Enciclopédia Biosfera. Goiânia, v. 9, n. 16, p. 1471, 2013.
  • [2] ANDRADE, E. T.; BORÉM, F. M.; HARDOIM, P. R. Cinética de secagem do café cereja, bóia e cereja desmucilado, em quatro diferentes tipos de terreiros. Revista Brasileira de Armazenamento – Especial Café, Viçosa, v. 1, n. 7, p. 37-43, 2003.
  • [3] Área temática: Fenômenos de Transporte e Sistemas Particulados 7AZOUBEL, P. M.; BARBOSA JR., J. L.; MURR, F. E. X. Estudo da cinética de secagem de tomate cereja. Revista Horticultura Brasileira, Campinas, v. 21, n. 2, 200
  • [4] BROCHIER, M. A. Aproveitamento do resíduo úmido de cervejaria na alimentação de cordeiros confinados em fase de terminação. 120 f. Dissertação (Mestrado em Qualidade Ambiental) – Centro Universitário Feevale, Novo Hamburgo, 2007.
  • [5] BRUCE, D. M. Exposed-layer barley drying, three models fitted to new data up to 150 ºC. Journal of Agricultural Engineering Research, v. 32, p. 337-348, 198
  • [6] FOUST, A. S., WENZEL, L. A., CLUMP, C. W.; MAUS, L.; ANDERSEN, L. B. Princípios das Operações Unitárias. ed. 2, Rio de Janeiro: Editora LTC, p. 401-432, 1982.
  • [7] GOUVEIA, J. P. G. de. Avaliação da cinética de secagem de gengibre (Zingiber officinalle, Roscoe) em um secador de leite fixo. 161 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Alimentos) – Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 1999.
  • [8] HENDERSON, S. M.; PABIS, S. Grain drying theory I. Temperature effect on drying coefficient. Journal of Agriculture Engineering Research, v. 6, n. 3, p. 169-174, 1961.
  • [9] JESUS, S. S. de. Desenvolvimento e análise do processo de secagem de α- amilase por micro-ondas a vácuo. 173 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) – Faculdade de Engenharia Química, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2002.
  • [10] MADAMBA, P. S.; DRISCOLL, R. H.; BUCKLE, K. A. Thin-layer drying characteristics of garlic slices. Journal of Food Engineering. v. 29. p. 75-97, 1996.
  • [11] MARTINAZZO, A. P.; CORRÊA, P. C.; RESENDE, O.; MELO, E. de C. Análise e descrição matemática da cinética de secagem de folhas de capim-limão. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 11, n. 3, p. 301-306, 2007.
  • [12] MENEZES, M. L. de. Remoção do corante reativo azul 5G a partir de soluções aquosas utilizando o bagaço do maracujá amarelo como adsorvente. 115 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) – Universidade Estadual de Maringá. Maringá, 2010.
  • [13] MIDILLI, A.; KUCUK, H.; VAPAR, Z. A new model for single-layer drying. Drying Technology, v. 20, n. 7, p. 1503-1513, 2002.
  • [14] MISRA, M. K.; BROOKER, D. B. Thin-layer drying and rewetting equations for shelled yellow corn. Trans. ASAE, St Joseph, v. 23, n. 4, p. 1254-1260, 1980.
  • [15] MOHAMED, L. A.; KOUHILA, M.; JAMALI, A.; LAHSASN, S.; KECHAOU, N.; MAHROUZ, M. Single layer solar drying behavior of Citrus aurantiun leaves under forced convection. Energy Conversion and Management. Oxford, v. 46, n. 9-10, p. 1473-1483, 2005.
  • [16] O’CALLAGHAN, J. R.; MENZIES, D. J.; BAILEY, P. H. Digital simulation of agricultural dryer performance. Journal of Agricultural Engineering Research, v. 16, n. 3, p. 223-244, 1971.
  • [17] PINEDO, A. A. Secagem a vácuo de cenoura (Daucus carota) e abobóra (Cucurbita máxima): estudo das características do processo. 195 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Alimentos) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003.
  • [18] 6. AGRADECIMENTOS Os autores agradecem a empresa que disponibilizou o resíduo úmido de cervejaria e a UTFPR pelo apoio financeiro dado a esta pesquisa.
Como citar:

BOFFO, E. V.; SILVA, G. M. C. da; KLAGENBOECH, R.; TONEL, J. J.; "MODELAGEM MATEMÁTICA PARA DESCRIÇÃO DA CINÉTICA DE SECAGEM DA MISTURA DE BAGAÇO DE MALTE E LEVEDURA (Saccharomyces cerevisiae)", p. 6377-6384 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1952-16694-143675

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações