fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

DEGRADAÇÃO DE ÉSTERES DE FORBOL PRESENTES NA TORTA DE PINHÃO MANSO UTILIZANDO FUNGO LIPOLÍTICO

CARMINATI, H. B.; BORGES, L. P.; MONTARDI, T. A.; PIN, T. C.; SANTOS, L. G.; ANTUNES, P. W. P.; OSS, R. N.; MARTINS, M. O. D.;

Artigo:

A crescente demanda por energia impeliu a procura por novas fontes combustíveis, sendo o biodiesel um forte candidato. O Brasil possui uma variedade de oleaginosas com potencial para produção desse biocombustível, dentre elas o pinhão manso (Jatropha curcas L.). A extração do óleo dessa fonte gera uma torta rica em proteínas, carboidratos e lipídios, além de substâncias alergênicas e tóxicas que inviabilizam o seu uso, das quais, se incluem os ésteres de forbol. Diante desse entrave, o presente trabalho visa a degradação desses ésteres presentes no resíduo, através da inoculação do meio com fungos do gênero Aspergillus coletados de fontes distintas e capazes de crescer na torta. Os níveis dos ésteres de forbol presentes na torta foram verificados por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE) e teste ecotoxicológico com a bactéria Vibrio Fischeri. Pode-se constatar, pelas análises, uma diminuição dos níveis de ésteres de forbol em 55%, validando a eficácia do fungo na degradação dessas substâncias tóxicas.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1189-20555-181607

Referências bibliográficas
  • [1] AHMED, W. L.; SALIMON, J. Phorbol ester as toxic constituents of tropical Jatropha curcas seed oil. Eur. J. Sci. Res., v. 31, p. 429-436, 2009.
  • [2] BASHA, S. A; GOPAL, K. R; JEBARAJ, S. A review on biodiesel production, combustion, emissions and performance, p. 3155- 3161, 2010.
  • [3] BELTRÃO, N. E. M. Agronegócio das oleaginosas no Brasil. Inf. Agropec., 26:44-78, 2005.
  • [4] BROOKER, D. B.; BAKKER-ARKEMA, F. W.; HALL, C. W. Drying and storage of grains and oilseeds. Westport: AVI, p. 450, 1992.
  • [5] COSTA, C. R.; OLIVI, P.; BOTTA, C. M. R.; ESPINDOLA, E. L. G. A toxicidade em ambientes aquáticos: discussão e métodos de avaliação. Química Nova, v. 31, n. 7, 2008.
  • [6] FARIA-MACHADO, A. F.; SOUZA, M. L. M.; CASTRO, I. M.; BIZZO, H. R.; MENDONÇA, S.; ANTONIASSI, R. Ésteres de forbol em tortas de pinhão manso. II Congresso Brasileiro de Pesquisas de Pinhão-Manso. Brasília, DF, 2011.
  • [7] HAAS, W.; MITTELBACH, M. Detoxification experiments with the seed oil from Jatropha curcas L. Ind. Crop. Prod. v. 12, p. 111–118, 2000.
  • [8] Área temática: Processos Biotecnológicos 7JOSHI, C.; PRIYANKA, M.; KHARE, P. M. Degradation of phorbol esters by Pseudomonas aeruginosa PseA during solid-state fermentation of deoiled Jatropha curcas seed cake. India. 2011.
  • [9] MACIEL, F. M.; MACHADO, O. L. T. Avaliação do potencial alergênico de sementes de Jatropha Curcas L., pinhão-manso. In: II Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel, 2., 2007, Brasília, DF. Livro de resumos... Brasília, DF: MCT: ABIPTI, 2007.
  • [10] MACIEL, V. F. A.; POLETTO, C. M.; MENDONÇA, S.; GONÇALVES, S. B. Seleção de linhagens para degradação do forbol de pinhão manso. Embrapa Agroenergia. Brasília, 20
  • [11] MAGALHÃES, D. P.; FERRÃO FILHO, A. S. A ecotoxicologia como ferramenta do biomonitoramento de ecossistemas aquáticos. Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2008.
  • [12] MAKKAR, H. P. S.; BECKER, K.; SPORE, F.; WINK, M. Studies on nutritive potential and toxic constituents of different provenances of Jatropha curcas. J. of Agriculture and Food Chem., Easton, n. 45, p. 3152-3157, 1997.
  • [13] MARTINEZ-HERRERA, J.; SIDDHURAJU, P.; FRANCIS, G.; DAVILA-ORTIZ, G.; BECKER, K. Chemical composition, toxic/antimetabolic constituents, and effects of different treatments on their levels, in four provenances of Jatropha curcas L. From Mexico. Food Chemistry, London, v. 96, p. 80-89, 2006.
  • [14] MELO, J. C.; BRANDER JUNIOR., W.; CAMPOS, R. J. A.; PACHECO, J. G. A.; SCHULER, A. R. P.; STRAGEVITCH, L. Avaliação Preliminar do Potencial do Pinhão Manso para a Produção de Biodiesel. Recife, PE, 2010.
  • [15] PORTELA, F. M. Efeito da catálise ácida e alcalina na produção e propriedades físico-químicas do biodiesel metílico de pinhão-manso. 2011. Dissertação (Mestrado) – Instituto de Química, Universidade Federal de Uberlândia, Minas Gerais, 2011.
  • [16] RIBEIRO, J. A.; SCHWERZ JÚNIOR, P.; SOUSA, P. M.; MENDONÇA, S.; Desenvolvimento de processo semiautomatizado para extração e quantificação de ésteres de forbol em torta de pinhão-manso (Jatropha curcas L.) In: 7º Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel, p. 1, Belo horizonte, Minas Gerais, 2010.
  • [17] SAETAE, D., SUNTORNSUK, W. Antifungal activities of ethanolic extract from Jatropha curcas seed cake. J. Microbiol Biotechnol. v. 20, p. 319–324, 2010.
  • [18] SANTOS, A. S.; SANTOS, R. S.; MACEDO, A. L. Avaliação do aproveitamento da torta de pinhão-manso (Jatropha curcas L.) para a produção de bioetanol. Brasília, DF. 2009.
  • [19] SOUZA, A. D. V; FÁVARO, S. P.; ÍTAVO, L. C. V. ROSCOER, R. Caracterização química de sementes e torta de pinhão manso, nabo forrageiro e crambe. Brasília. 2009.
  • [20] TAMALAMPUDI, S.; TALUKDER, M. R.; HAMAD, S.; NUMATAB, T.; KONDO, A; FUKUDA, H. Enzymathic production of biodiesel from Jatropha oil – A comparative study of immobilized-whole cell and commercial lipases as a biocatalyst. J. Biochemical Eng., v. 39(1), p.185-189, 2008.
Como citar:

CARMINATI, H. B.; BORGES, L. P.; MONTARDI, T. A.; PIN, T. C.; SANTOS, L. G.; ANTUNES, P. W. P.; OSS, R. N.; MARTINS, M. O. D.; "DEGRADAÇÃO DE ÉSTERES DE FORBOL PRESENTES NA TORTA DE PINHÃO MANSO UTILIZANDO FUNGO LIPOLÍTICO", p. 1639-1646 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1189-20555-181607

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações