Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO DE POTENCIAL PARA DESENVOLVER ALIMENTOS A PARTIR DE DESIDRATADOS OBTIDOS POR SPRAY-DRYING

RODRIGUES, TASSIANA; SILVA, GABRIELA SOUSA; TELES, ALAN RODRIGO SANTOS; SANTOS, STEPHANE PAULA DA SILVA; SANTOS, JOÃO ANTÔNIO BELMINO DOS; SILVA, GABRIEL FRANCISCO DA;

Artigo Completo:

Na cadeia produtiva de alimentos existem consideráveis perdas, desde a produção no campo até o momento de seu consumo in natura ou durante as etapas de industrialização, também gera quantidades elevadas de resíduos, sendo provenientes de matérias-primas que foram adquiridas algumas vezes a um alto preço, e que poderiam ser mais bem aproveitada na fabricação de produtos, ou transformadas em matéria-prima para serem comercializadas como insumos em outros processos. Este trabalho teve por objetivo a avaliação sensorial de produtos alimentícios desenvolvidos com desidratados de resíduos de abacaxi, acerola e maracujá obtidos por spraydrying na temperatura e concentrações de agente encapsulante: 20%/120°C e 20%/140°C, 30%/120ºC e 30%/140°C. Foram feitas as analises físico-químicas ocorridas no processo a cada 30 dias, após a secagem, num período total de 90 dias, os resultados de todos os pós obtiveram perdas na sua propriedade ao longo do tempo, evidenciando-se que após os 60 dias ocorreram uma enorme degradação dos compostos fenólicos no pó de resíduos de acerola. Entretanto a umidade e atividade de água tiveram um aumento significativo, e a acidez desse pós houve um decréscimo no tempo de 30 dias. Com base na avaliação sensorial, verificou-se uma grande aceitação dos provadores com o produto produzido a partir do desidratado, onde 40% "gostaram extremamente" e 63,34% comprariam o produto.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/ENEMP2015-TC-708

Referências bibliográficas
  • [1] ABUD, A. K. S. e NARAIN, N., “Incorporação da farinha de resíduo do processamento de polpa de fruta em biscoitos: uma alternativa de combate ao desperdício”, BrazilianJournalofFood Technology, v. 12, n. 4, p. 257-265, 2009.
  • [2] ANVISA. Farinhas. Resolução CNNPA nº 12, Diário Oficial da União de 24 de julho de 1978. Disponível em: Andlt;http://www.anvisa.gov.br/legis/resol/12_78_farinhas.htmAndgt;. Acesso em: 1 jul. 2014.
  • [3] AQUINO, A.C.M.S., LEÃO, K.M.M. Obtenção e caracterização físico-química da farinha de resíduos do processamento de polpa de acerola. Sergipe, 2009. Disponível em: Andlt;www.hbatools.com.br/congresso/trabalho/42/104050_1.docAndgt;. Acessado em: 5 junho de 2014.
  • [4] CEBDS – Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável, “A produção Mais Limpa na Micro e Pequena Empresa”, Rio de Janeiro – RJ. Disponível em www.cebds.com. Acessado em junho de 201
  • [5] CENTRO DE QUALIDADE DE HORTICULTURA (CQH)/COMPANHIA DE ENTREPOSTOS E ARMAZÉNS GERAIS DE SÃO PAULO (Ceagesp). Programa brasileiro para a modernização da horticultura: normas de classificação do abacaxi. São Paulo: Ceagesp, 2003. (Documentos, 24).
  • [6] CHAVES, M. da C.V; GOUVEIA, J.P.G.; ALMEIDA, F. de A.C.; LEITE, J.C.A.; SILVA, F.L.H. Caracterização físico-química do suco de acerola. Revista de Biologia e Ciências da Terra, v. 4, n. 2, 2º semestre 2004.
  • [7] DULL, G.G. The pineapple: general. In: HULME, A.C. The biochemistry of fruits and their products. London: Academic Press, 1971. v.2, cap. 9A, p.303-324.
  • [8] FERRARI, R.A., COLUSSI, F. e AYUB, R.A. “Caracterização de subprodutos da industrialização do maracujá – Aproveitamento das sementes”. Rev. Bras. Frutic., v. 26, n.1, 2004.
  • [9] GIUNTINI, E. B., LAJOLO, F. M., MENEZES, E. W. Potencial de fibra alimentar em países ibero-americanos: alimentos, produtos e resíduos. Archivos Latinoamericanos de Nutrición, v.53, n.1, p.14-20, 2003.
  • [10] INSTITUTO ADOLFO LUTZ (IAL). “Métodos físico-químicos para análise de alimentos”. Coordenadores Odair Zenebon, NeusSadoccoPascuet e Paulo Tiglea – São Paulo: Instituto Adolfo Lutz, versão eletrônica, 2008.
  • [11] LAOHASONGKRAM, K.; MAHAMAKTUDSANEE, T. Andamp; CHAIWANICHSIRI, S. Microencapsulation of Macadamia oil by spray drying.Procedia Food Science, n.1 p.1660–1665, 20 common natural ingredients used in food drugs, and cosmetics 2ed. New York; Wiley, 1996. p6-7.
  • [12] LEUNG, A.Y.;FOSTER, S. Acerola, In: Encyclopedia of common natural ingredients used in food, drugs, and cosmetic, 2ed. New York; Wiley, 1996.p 6-7.
  • [13] MAIA, G. A; SOUSA, P. H. M.; LIMA, A. S. Processamento de sucos de frutas tropicais. Fortaleza: UFC, 2007. 320 p. ( Shirley Janaine:Qualidade do Suco em Pó de misturas de frutas obtidos por Spray Drying).
  • [14] MATSUURA, F.C.A.U. “Estudo do albedo de maracujá e de seu aproveitamento em barra de cereais”. Tese (Doutorado em Engenharia de Alimentos) – Faculdade de Engenharia de Alimentos, Departamento de Tecnologia de Alimentos, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005.
Como citar:

RODRIGUES, TASSIANA; SILVA, GABRIELA SOUSA; TELES, ALAN RODRIGO SANTOS; SANTOS, STEPHANE PAULA DA SILVA; SANTOS, JOÃO ANTÔNIO BELMINO DOS; SILVA, GABRIEL FRANCISCO DA; "AVALIAÇÃO DE POTENCIAL PARA DESENVOLVER ALIMENTOS A PARTIR DE DESIDRATADOS OBTIDOS POR SPRAY-DRYING", p. 2049-2054 . In: In Anais do XXXVII Congresso Brasileiro de Sistemas Particulados - ENEMP 2015 [=Blucher Engineering Proceedings]. São Paulo: Blucher, 2015. . São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/ENEMP2015-TC-708

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações