fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO DA DESIDRATAÇÃO OSMÓTICA E IMPREGNAÇÃO A VÁCUO ASSOCIADOS COM A SECAGEM CONVECTIVA DE ABACAXI (VAR. ANANAS COMOSUS L.)

SOUZA, P. G.; CARCIOFI, B. A. M.;

Artigo:

O abacaxi é uma fruta altamente perecível e, por isso, necessita do desenvolvimento de processos para sua preservação. Diversos métodos de desidratação podem ser empregados para essa finalidade de forma a aumentar a vida útil do produto pela redução da sua atividade de água. O objetivo desse trabalho foi comparar diferentes processos de preservação. As frutas foram submetidas a 5 processos: desidratação osmótica (DO), secagem convectiva (SC), DO com SC, impregnação a vácuo (IV) com DO e IV com SC. A DO e a IV foram realizadas em solução de sacarose a 57 ° Brix e 45 °C com proporção fruta:solução de 1:25 (m/m), sendo que a DO ocorreu por 48 h. A SC foi conduzida em estufa com circulação forçada de ar a 60 °C e 70 °C por 10 h. Na IV as amostras permaneceram imersas na solução por 10 min sob pressão de 100 mmHg e por adicionais 10 min sob a pressão de 760 mmHg. Após o processamento, foram realizadas análises relativas à cinética de redução do teor de água, atividade de água e perda de massa. Nos ensaios de DO e IV foi determinado o ganho de sólidos durante o processo. Constatou-se uma perda de massa de 86 % do valor inicial nos processos de SC e de 12 % no processo de IV-DO. A umidade foi reduzida a 4,5 % nos processos de SC, enquanto que na DO-SC de 60 °C a umidade permaneceu em 35 % do valor correspondente a fruta in natura. O ganho de sólidos demonstrou que a IV corresponde a 1 h de DO o que possibilita a substituição da DO no enriquecimento com vitaminas e minerais.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1971-16604-144779

Referências bibliográficas
  • [1] ANUÁRIO BRASILEIRO DA FRUTICULTURA – ABN. Ed. Gazeta Santa Cruz, Santa Cruz do Sul - RS. 136 p., 2013.
  • [2] ASSOCIAÇÃO CENTRAL DOS FRUTICULTORES DO NORTE DE MINAS – ABANORTE. A produção mundial de frutas tropicais atingirá 82 milhões de toneladas em 2014. Notícias. Portal ABANORTE, out. 201
  • [3] AZOUBEL, P.M. Desidratação osmótica e secagem de tomate cereja (Licopersicum esculetum, var. Cerasiforme). Dissertação (Mestrado). 102 p.1999. FEA, Unicamp, Campinas – SP. BENGOZI, F. J.; SAMPAIO, A. C.; GUTIERREZ, A. S.; RODRIGUES, V. M.; PALLAMIN, M. L. Análise do mercado do abacaxi comercializado na CEAGESP – São Paulo. Rev. Bras. Frutic., Jaboticabal – SP, v. 29, n.3, p. 494-499, 2007.
  • [4] FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA DE MATO GROSSO DO SUL – FAMASUL. Alta produtividade de abacaxi gera renda ao produtor rural. Assessoria de Imprensa Sistema Famasul. Fev., 201
  • [5] INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Levant. Sistem. Prod. Agríc. Rio de Janeiro, v. 26, n.1, p. 1-83, 2013.
  • [6] RAOULT-WACK, A. L. Recent advances in the osmotic dehydration of foods. Food Science Andamp; Tecnology. v. 5, p. 255-260. 1994.
  • [7] TORREGIANNI, D.; BERTOLO, G. High-quality fruit and vegetables products using combined processes. In FITO, P. et al. (Ed.). Osmotic Dehydration Andamp; Vacuum Impregnation – Application in Food Industries. Lancaster: Technomic Publishing Co., Inc., 2001. p. 3-9.
  • [8] VAN DEN BERG, C.; BRUIN, S. Water activity and its estimation in food systems: theoretical aspects. In: L. B. ROCKLAND; G. F. STEWART (Eds.), Water activity: influences on food quality, New York: Academic Press, p. 1-61, 1981.
Como citar:

SOUZA, P. G.; CARCIOFI, B. A. M.; "AVALIAÇÃO DA DESIDRATAÇÃO OSMÓTICA E IMPREGNAÇÃO A VÁCUO ASSOCIADOS COM A SECAGEM CONVECTIVA DE ABACAXI (VAR. ANANAS COMOSUS L.)", p. 5077-5084 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1971-16604-144779

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações