novembro 2015 vol. 1 num. 2 - V SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA

Resumo - Open Access.

Idioma principal

Síntese Verde de Nanopartículas de Cobre Impregnadas em Carvão Ativado

Galan, Crislaine Rodrigues; Vieira, Marcelo Fernandes; Silva, Marcela Fernandes; Gomes, Raquel Guttierres; Bergamasco, Rosângela;

Resumo:

O desenvolvimento de materiais formados por nanopartículas tem crescido constantemente devido sua grande aplicabilidade em diversas áreas. Nanopartículas metálicas apresentam funcionalidades adsorventes, assim como o carvão ativado. Combinando as propriedades de ambos, por meio de impregnação, é possível produzir um material que atenda a uma lista de aplicações para adsorção de contaminantes em água. Existem diferentes metodologias de impregnação, no entanto, estas são caras e utilizam produtos poluentes. Assim, tem-se buscado o desenvolvimento de técnicas ambientalmente corretas, destacando, a síntese "verde" de nanopartículas. O presente trabalho objetiva o desenvolvimento de um processo de síntese “verde” para impregnação das nanopartículas de cobre em carvão ativado utilizando extratos de folhas de Moringa oleífera. Soluções de cobre com concentrações de 0,5%, 1% e 1,5% foram adicionadas ao carvão ativado de casca de coco de dendê juntamente com o extrato de folhas de moringa (60 g/l) e levados para agitação por 12, 24 e 36 horas. Em seguida, foram separados por filtração e secos a 50ºC, sendo caracterizados segundo sua composição elementar por Espectroscopia de raios-X (EDS) e por sua morfologia através de Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e de Transmissão (MET). Através do EDS pode-se observar a presença de picos cobre, indicando a impregnação das nanopartículas deste metal no carvão. Nas micrografias MEV verificou-se a estrutura porosa da superfície com partículas menores depositadas sobre a matriz do carvão, possivelmente devido à presença de nanopartículas de cobre. Nas micrografias MET observou-se a matriz carbonácea de coloração acinzentada com partículas mais escuras com tamanho médio de 50 nm, características de partículas metálicas, neste caso, nanopartículas de cobre. A síntese “verde” de nanopartículas de cobre utilizando extratos de folha de moringa para impregnação em carvão ativado foi eficiente, indicando a possibilidade de se obter um adsorvente de maneira ambientalmente correta e econômica.

Resumo:

Palavras-chave: Síntese verde, Nanopartículas de cobre, Carvão ativado,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/biochem-vsimbbtec-21874

Referências bibliográficas
Como citar:

Galan, Crislaine Rodrigues; Vieira, Marcelo Fernandes; Silva, Marcela Fernandes; Gomes, Raquel Guttierres; Bergamasco, Rosângela; "Síntese Verde de Nanopartículas de Cobre Impregnadas em Carvão Ativado", p. 324 . In: In Anais do V Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia - VSIMBBTEC [=Blucher Biochemistry Proceedings].. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-5043, DOI 10.5151/biochem-vsimbbtec-21874

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações