Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Mulheres, design e acervos

Women, design and archives

ALMEIDA, Ana Julia Melo; SANTOS, Maria Cecilia Loschiavo dos;

Artigo:

A intenção desta pesquisa é compreender a atuação das mulheres no campo do design brasileiro por meio dos artefatos têxteis. Nosso ponto de partida foram os acervos do Museu de Arte de São Paulo (MASP) e do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM Rio). Ambos espaços atuaram como locais de formação e exposição, e foram significativos para a discussão e a construção do pensamento do design no Brasil. Por meio desse percurso, investigamos o lugar das mulheres e dos artefatos têxteis na historiografia do design. Desde o início dessa investigação, os estudos de gênero foram necessários para indagar quais os caminhos possíveis na documentação da trajetória de mulheres em processos históricos. Por meio da trajetória de seis designers que atuaram no Brasil, refletiremos sobre as relações de gênero nos espaços de trabalho no campo do design, mas também sobre as hierarquias que compõem a produção, a circulação e a documentação dos artefatos. No decorrer desta pesquisa, delimitamos três eixos principais que conduzem nossa análise: o primeiro se refere aos espaços ocupados pelas designers e aos artefatos que produziram (profissionalização e relações de trabalho); o segundo, as migrações e os deslocamentos em seus percursos pessoais e profissionais (migrações e contextos históricos); e, por fim, as relações sociais estabelecidas por elas. A articulação desses eixos também foi fundamental para a busca de fontes disponíveis, o mapeamento dos acervos e a análise dos documentos encontrados por meio dos percursos de vida e trabalho das designers. Nossa intenção, ao realizar uma pesquisa de documentação sobre o trabalho de mulheres, é a de ampliar as narrativas que permeiam a história do design, mas também a de explorar os desafios que fazem parte dessa elaboração.

Artigo:

The intention of this research is to understand the role of women in the field of Brazilian design considering textile artifacts. Our starting point was the archives of the Museu de Arte de São Paulo (MASP) and the Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM Rio). Both institutions acted as educational and exhibition spaces, and were significant for the construction of the design discourse in Brazil. Through this path, we investigated the place of women and textile artifacts in the historiography of design. Since the beginning of this investigation, gender studies were necessary in order to trace the various paths of documentation that reveal the trajectory of women in these historical processes. Through the life of six designers we will reflect on gender relations in workspaces in the design field from this theoretical and methodological perspective, and also on the hierarchies that configure the production, circulation and documentation of the artifacts. We delimited three main axes that oriented our analysis: first, the places they passed to and the artifacts they produced (professionalization and work relations); second, migrations and displacements in their personal and professional trajectories (migrations and historical contexts); and, finally, the social relations they established. The articulation of these axes was also fundamental for searching the available sources, mapping the archives and for analyzing the documents found through the life and work of the designers. Our intention, when conducting a document search into the work of women, is to expand the narratives that permeate the history of design, and also to explore the challenges that are part of this elaboration.

Palavras-chave: história do design; história das relações de gênero; artefatos têxteis,

Palavras-chave: design history; gender history; textile artifacts,

DOI: 10.5151/4spdesign-4spdesign_01

Referências bibliográficas
  • [1] BUCKLEY, C. 1986. Made in Patriarchy: Toward a Feminist Analysis of Women and Design. Design Issues, 3(2), 3–14.
  • [2] CARVALHO, V. C. 2008. Gênero e artefato: o sistema doméstico na perspectiva da cultura material - São Paulo 1870-1920. São Paulo: Edusp.
  • [3] PERROT, M. 1998. Les femmes ou les silences de l’histoire. Paris: Flammarion.
  • [4] SCOTT, J. 1986. Gender: A Useful Category of Historical Analysis. The American Historical Review, 91, 1053-1075.
  • [5] THÉBAUD, F. 2007. Écrire l'histoire des femmes et du genre. Lyon: ENS Éditions.
Como citar:

ALMEIDA, Ana Julia Melo; SANTOS, Maria Cecilia Loschiavo dos; "Mulheres, design e acervos", p. 1-2 . In: Anais do 4º SPDesign - Seminário de Pesquisa do PPG Design FAU USP. São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/4spdesign-4spdesign_01

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações