Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

LIBERAÇÃO DO ÁCIDO TRANEXÂMICO ENCAPSULADO VIA GELIFICAÇÃO IÔNICA

MAESTRI, G.; BOEMO, R. L.; SOARES, L. A.; IMMICH, A. P. S.;

Artigo Completo:

Fármacos antifibrinolíticos são utilizados em ocorrências de sangramento intenso, a fim de produzir um coágulo e interromper o sangramento. No entanto, o fármaco em sua forma oral e/ou injetável não atua diretamente no sangramento, podendo muitas vezes, não apresentar o efeito desejado. Uma alternativa de administração de fármacos no local de interesse, ou seja, região do sangramento, se dá através dos dispositivos de liberação controlada, que podem se apresentar na forma de adesivos, hidrogéis e matrizes poliméricas com fármaco encapsulado. Este trabalho tem como objetivo produzir cápsulas do fármaco antifibrinolítico ácido tranexâmico, em sua forma purificada, pelo método de gelificação iônica. Os testes de liberação do fármaco purificado e encapsulado foram realizados em meio aquoso à 37 C e comparados com a liberação do fármaco purificado e não purificado. As amostras contendo fármaco purificado tiveram uma liberação de 85% após 270 minutos, enquanto aquelas que continham fármaco não purificado apresentaram um percentual de liberação de 47% no mesmo tempo. Este estudo mostra a interferência que os excipientes adicionados ao fármaco exercem no processo de liberação, dificultando o desprendimento do fármaco, bem como a sua atividade no processo a que se destinam.

Artigo Completo:

Palavras-chave: antifibrinolíticos,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2017-046

Referências bibliográficas
  • [1] ASSUNÇÃO, L. S.; FERREIRA, C. D.; CONCEIÇÃO, E. J. L.; NUNES, I. L. Estudo prospectivo sobre encapsulamento de compostos bioativos. Revista GEINTEC, v. 4, n. 4, p. 1382-1391, 2014.
  • [2] FARMACOPÉIA BRASILEIRA. 4 ed. São Paulo: Atheneu, 1996. Parte II.
  • [3] LUZ, L.; SANKARANKUTTY, A.; PASSOS, E.; RIZOLI, S.; FRAGA, G. P.; NASCIMENTO, B. Ácido tranexâmico no tratamento da hemorragia no trauma. Rev. Col. Bras. Cir. 2012.
  • [4] PASQUALIM, P.; CULPI, T. A.; KAMINSKI, G. A. T.; FIN, M. T.; SASSO, D. G. B.; COSTA, C. K.; MIGUEL, M. D.; FUJIWARA, G. M.; RODRIGUES, B. H.; ZANIN, S. M. W. Microcápsulas de alginato de cálcio e óleo vegetal pela técnica de gelificação iônica: um estudo da capacidade de encapsulamento e aplicação dermatológica. Visão acadêmica, v. 11, n. 1, Curitiba, 2010.
  • [5] RIBEIRO, S. M. A. Encapsulação e libertação controlada de fármacos. Dissertação de mestrado. Escola Superior de Tecnologia e Gestão, Instituto Politécnico de Bragança, 2014.
  • [6] RODRIGUES, V. C.; TOSONI, S. F. Características físico-químicas e antioxidantes de própolis microencapsulada com diferentes tipos de materiais encapsulantes. Trabalho de conclusão de curso, Campo Mourão, 2013.
Como citar:

MAESTRI, G.; BOEMO, R. L.; SOARES, L. A.; IMMICH, A. P. S.; "LIBERAÇÃO DO ÁCIDO TRANEXÂMICO ENCAPSULADO VIA GELIFICAÇÃO IÔNICA", p. 272-276 . In: Anais do XII Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.4]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2017-046

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações