Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Hotéis acessíveis: estudo comparado em rede de hotéis nas cidades de Fortaleza, no Brasil e Lima, no Peru

Affordable hotels: a comparative study in a hotel chain in the cities of Fortaleza, Brazil and Lima, Peru

Santiago, Zilsa Maria Pinto; Rocha, Carlos Bruno Oliveira; Araújo, Renata Melo; Silva, Sabrina Caetano da;

Artigo completo:

O turismo acessível se constitui uma questão de competência tanto das autoridades públicas, na sua promoção e fomento, como uma iniciativa dos agentes do setor – agências de viagens, operadores turísticos, fornecedores de transporte de traslados e passeios, gestores de alojamento – além de um compromisso coletivo, uma oportunidade de negócio e uma vantagem competitiva. O objetivo deste trabalho é fomentar o debate acerca do turismo acessível e verificar o nível em que se encontra a produção do ambiente construído, especificamente, em rede de hotéis, comparando um hotel no Brasil e um em outro país da América Latina, em face das exigências de um mundo diversificado. O trabalho se justifica por serem hotéis da mesma rede em cidades litorâneas porém de clima diferenciados. Como fundamentação teórica, buscou-se leitura de livros e artigos relacionados ao turismo e hotelaria (ALEXANDRE, 2013; SOUZA, 2015; VANZELLA et al, 2018; VARGAS & PAIVA, 2016), além da pesquisa em fontes de dados oficiais (Ministério do Turismo, 2013;2018; Organização Mundial do Turismo). Para seleção dos critérios de análise, tomou-se como base princípios do Desenho Universal (PREISER, 2001; CAMBIAGHI, 2007) de forma a atenderem pré-requisitos necessários oferecendo condições de orientação – deslocamento – comunicação e uso (DISCHINGER et al, 2011), sem limitações e obstáculos. E como parâmetros as normas e leis de ambos países. A metodologia de campo utilizada nos hotéis de Fortaleza, teve como base a Avaliação Pós-Ocupação (ORNSTEIN, 1992; RHEINGANTZ et al., 2009) com ênfase na avaliação física. Tendo sido elaborado um checklist focado em funcionalidades de hotel para os levantamentos in loco com registro fotográfico. Os resultados foram positivos em relação aos elementos que favorecem a acessibilidade de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, observando-se a necessidade de pequenas adequações a serem executadas, nada que exija grandes custos ou reformas significativas. Isso demonstra que a rede hoteleira começa a incorporar em sua gestão as questões relativas à acessibilidade para atender melhor a diversidade de público.

Artigo completo:

Accessible tourism is a matter of competence for both public authorities, promotion, as an initiative of industry actors - travel agencies, tour operators, transfer and tour transport providers, accommodation managers - in addition to a collective commitment, a business opportunity and a competitive advantage. The aim of this work is to foster the debate on affordable tourism and to verify the level at which the production of the built environment is, specifically, in a hotel chain, comparing a hotel in Brazil and one in another Latin American country, in view of the demands of a diverse world. The work is justified because they are hotels of the same network in coastal cities but in different climate. As a theoretical basis, we sought to read books and articles related to tourism and hospitality (ALEXANDRE, 2013; SOUZA, 2015; VANZELLA et al, 2018; VARGAS & PAIVA, 2016), in addition to research in official data sources (Ministry of Tourism, 2013; 2018; World Tourism Organization). For the selection of the analysis criteria, the principles of Universal Design (PREISER, 2001; CAMBIAGHI, 2007) were based in order to meet the necessary prerequisites offering orientation conditions - displacement - communication and use (DISCHINGER et al, 2011), without limitations and obstacles. And as parameters the rules and laws of both countries. The field methodology used in fortaleza hotels was based on the Post-Occupation Assessment (ORNSTEIN, 1992; RHEINGANTZ et al., 2009) with emphasis on physical evaluation. Having been prepared a checklist focused on hotel features for on-site surveys with photographic record. The results were positive in relation to the elements that favor accessibility of people with disabilities or reduced mobility, observing the need for minor adjustments to be implemented, nothing that requires significant costs or reforms. This demonstrates that the hotel chain begins to incorporate accessibility issues into its management to better meet public diversity.

Palavras-chave: Arquitetura; acessibilidade; turismo; hotelaria,

Palavras-chave: Architecture, accessibility, tourism, hospitality,

DOI: 10.5151/eneac2020-37

Referências bibliográficas
  • [1] -
Como citar:

Santiago, Zilsa Maria Pinto; Rocha, Carlos Bruno Oliveira; Araújo, Renata Melo; Silva, Sabrina Caetano da; "Hotéis acessíveis: estudo comparado em rede de hotéis nas cidades de Fortaleza, no Brasil e Lima, no Peru", p. 381-396 . In: Anais do VIII Encontro Nacional de Ergonomia do Ambiente Construído e do IX Seminário Brasileiro de Acessibilidade Integral. São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/eneac2020-37

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações