Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

EXTRAÇÃO DE COMPOSTOS BIOATIVOS DE FOLHAS DE MARACUJÁ-AMARELO (PASSIFLORA EDULIS SIMS)

SILVA, C. I.; SANTOS, J. C. C.; SOUZA, G. J. R.; OLIVEIRA, L. F.; DIAS, T. P. V. B.;

Artigo Completo:

A Passiflora edulis Sims é conhecida popularmente no Brasil como maracujá azedo ou amarelo, sendo muito utilizada na medicina popular e interessante para indústrias farmacêuticas e alimentícias, devido a sua propriedade calmante. O objetivo desse trabalho foi caracterizar os compostos bioativos nos extratos das folhas de Passiflora edulis Sims e comparar a eficiência de diferentes processos de extração. As amostras foram secas, moídas e, então, caracterizadas segundo sua densidade real e aparente, teor de voláteis e umidade, porosidade e diâmetro médio das partículas. Posteriormente, foram realizadas, extrações etanólicas (EE), etanólicas acedificadas (EAC) hidroalcoólicas (EH) e aquosas (EA) e em leito fixo, sendo quantificado nos extratos os compostos bioativos fenólicos, flavonoides e carotenoides. O pó das folhas de Passiflora edulis apresentou 2,30% de umidade e voláteis, densidade aparente de 0,322 g/cm3, densidade real de 1,1538 g/cm3, porosidade média de 0,719 e diâmetro médio de partículas de 0,5487 mm. As determinações dos rendimentos globais das extrações para EE, EAC, EH e EA, foram respectivamente de 5,0549%,,5,8791, 13,2411% e 24,9192%; os teores de flavonoides foram de 12,7842 mgQU/g, 7,8438 mgQU/g, 5,3865 mgQU/g e 2,1910 mgQU/g; de fenóis, 34,3948 mgAG/g, 35,3853 mgAG/g, 24,8931 mgAG/g e 22,9080 mgAG/g e de carotenoides, 0,8278mg/100g, 0,7195mg/100g, 0,0823 e 0,2649 mg/100g. De modo geral, as extrações aquosas apresentaram maior rendimento global.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Passiflora edulis Sims,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2017-504

Referências bibliográficas
  • [1] ANVISA; Farmacopeia Brasileira. v2. 5ª ed. Brasilia.0 2010.
  • [2] AOAC, Official Methods Of Analysis, 16th Edn. Washington, DC: Association Of Official Analytical Chemists. 1997.
  • [3] ASAE, Standards. Method of Determining and Expressing Fineness of Feed Materials by Sieving. ASAE, S319.3, 547, 1997.
  • [4] DINIZ, T. T. G; Obtenção de extratos de folhas de pitanga (Eugenia uniflora L.) e de alecrimpimenta (Lippia sidoides Cham.) por extração sequencial em leito fixo usando CO2 supercrítico, etanol e água. Dissertação – Universidade estadual de Campinas. Campinas, SP, 2013.
  • [5] FONSECA, S. G. da C; Farmacotécnica de fitoterápicos. 200
  • [6] FUNDAÇÃO DO INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA - FIBGE. Ministério da Integração Nacional. Secretaria da Infra-estrutura Hídrica. 80 Departamento de Desenvolvimento Hidroagrícola. Maracujá. Brasília, 2002, p. 1-2. (FrutiSéries, 2).
  • [7] HIGBY, W. K; A Simplified method for determination of the carotenoid distribution in natural and carotene fortifield Orange Juice. Journal of food Science, 27, p.42-49. 1962.
  • [8] JORGE, M. P; Atividade cicatrizante do estrato bruto de Arrabidaea chica (Humb. & Bonpl). Verlot. Dissertação de mestrado; Faculdade de Ciências Médicas – Unicamp,Campinas, São Paulo. 200
  • [9] LOPES, S. C. Citogenética do maracujazeiro - Passiflora spp. In: SÃO JOSÉ, A. R. (Ed.). Maracujá: produção e mercado. Bahia: Universidade Estadual da Bahia, 1994. p. 19-23.
  • [10] MOHSENIN, N. R; Physical properties of plant and animal materials. 2ª ed. New York: Gordon, 103 p., 1970.
  • [11] SIMÕES, C. M. O; SCHENKEL, E. P; GOSMANN, G; Mello, J. C. P; MENTZ, L. A; PETROVICK, P. R; Farmacognosia: da planta ao Medicamento. 6edª, Porto Alegre: editora UFRGS. 2010.
  • [12] SINGLETON, V. L; ORTHOFER, R; RAVENTOS, R. M. L; Analysis of total phenols and other oxidation substrates and antioxidants by means of folin-ciocalteu reagent. Methods in enzymology. V 199, p 152-178. 1999.
  • [13] UQUICHE, E; DEL VALLE, J. M; ORTIZ, J; Supercritical carbon dioxide extraction of red pepper (Capsicum annuum L.) oleoresin, Journal of Food Engineering, v.65, n.1, p.55-66. 2004.
Como citar:

SILVA, C. I.; SANTOS, J. C. C.; SOUZA, G. J. R.; OLIVEIRA, L. F.; DIAS, T. P. V. B.; "EXTRAÇÃO DE COMPOSTOS BIOATIVOS DE FOLHAS DE MARACUJÁ-AMARELO (PASSIFLORA EDULIS SIMS)", p. 3145-3150 . In: Anais do XII Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.4]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2017-504

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações