Setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

EFEITO DA APLICAÇÃO DE ULTRASSOM EM FERMENTAÇÃO DE HIDROLISADO DE FARELO DE ARROZ SOBRE A PRODUTIVIDADE EM BIOETANOL

STOBIENIA, M.; PERON, B. C.; BARALDI, I. J.; COLLA , E.;

Pôster:

O aproveitamento de farelo de arroz desengordurado (FAD) comosubstrato para fermentação alcoólica é válido devido ao seu alto teor de carboidratos.Como forma de potencializar a produtividade de bioetanol neste processo, a aplicaçãode energia ultrassônica em baixa frequência é favorável, uma vez que esta podeestimular as células durante o seu metabolismo. Neste contexto, estudou-se a aplicaçãode ultrassom em tempos distintos da fermentação de hidrolisado de FAD, avaliando-sea produtividade em etanol logo após o estímulo. A hidrólise enzimática foi realizadasob condições previamente definidas e a fermentação alcoólica foi conduzida emErlenmeyers de 500 mL contendo 225 mL do hidrolisado (30 oC, 100 rpm, 10 h, 10%inóculo de S. cerevisiae). A aplicação de ultrassom foi feita por 15 minutos de formaintermitente (5 s de intervalo), variando-se o tempo de exposição (5-15 s) e a potênciado equipamento (40-100%), baseando-se em dois planejamentos fatoriais completos,sendo um deles com a aplicação na 2ª h de fermentação e outro, na 4ª h. Aconcentração de etanol foi determinada por cromatografia líquida de alta eficiência. Apotência do ultrassom não influenciou na produtividade de bioetanol, porém, o tempode exposição mostrou-se significativo para os dois planejamentos. A aplicação doultrassom na 4ª h de fermentação durante 15 s foi a que resultou em maiorprodutividade, alcançando-se cerca de 1,5 g·(L·h)-1, representando mais que metade daprodutividade total média de todos os ensaios dos dois planejamentos ao final das 10 hde fermentação (cerca de 2,3 g·(L·h)-1) em apenas 4 h de fermentação, indicando que oestímulo ultrassônico foi favorável e com maior efeito quando aplicado na faseexponencial de crescimento da levedura. 

Pôster:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.0591

Referências bibliográficas
  • [1] DOMINGOS, RN. et al., Ondas ultrassônicas: bioefeitos sobre células de leveduras ultrasonic waves: bioeffects on yeast cells. HOLOS Environment, v. 12, n.1, p. 41–44, 2012. LANCHUN, S. et al., The research into the influence of low-intensity ultrasonic on the growth of S. cerevisiae. Colloids and Surfaces B: Biointerfaces, v. 30, n. 1–2, p. 43–49, 2003. NUNES, RM. et al., Resíduos agroindustriais: potencial de produção do etanol de segunda geração no Brasil. Liberato, v. 14, n. 22, p. 113–123, 2013. PEDRO, CRL, Ação de ultra-som em leveduras no processo de fermentação etanólica. 51 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rio Claro, 2008. SIEPMANN, FB, Estudo preliminar para produção de vinagre de farelo de arroz desengordurado por processo submerso. 89 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Alimentos) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2014.
Como citar:

STOBIENIA, M.; PERON, B. C.; BARALDI, I. J.; COLLA , E.; "EFEITO DA APLICAÇÃO DE ULTRASSOM EM FERMENTAÇÃO DE HIDROLISADO DE FARELO DE ARROZ SOBRE A PRODUTIVIDADE EM BIOETANOL", p. 2239-2242 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.0591

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações