Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

E-COMMERCE EM INTERFACES DIGITAIS: IDENTIFICANDO PROBLEMAS ERGONOMICOS

E-COMMERCE ON DIGITAL INTERFACES: IDENTIFYING ERGONOMIC ISSUES

Bozzi, Carolina; Mont’Alvão, Claudia;

Artigo Completo:

Este artigo é parte de uma pesquisa em andamento, inicialmente pautada nos problemas causados por adaptações acríticas de sítios de comércio eletrônico de vestuário completos para o acesso via smartphones. Após a realização de uma pesquisa exploratória, identificou-se que a barreira mais enfrentada por usuários não tinha relação com o tipo dispositivo; e sim à falta de confiança nas medidas das roupas fabricadas pela indústria de vestuário brasileira. Além de ser um problema de usabilidade, por induzir os usuários ao erro, foi verificado que seu impacto maior era sobre a experiência do usuário (UX). A implementação de uma pesquisa exploratória como primeira abordagem de pesquisa mostrou-se essencial para o levantamento dos problemas enfrentados por usuários em uma área em franca expansão no Brasil e no mundo.

Artigo Completo:

This article is part of an ongoing Master's degree research. Initially, the study was based on problems caused by uncritical adaptations of complete e-commerce sites to be accessed via smartphones. After conducting an exploratory research, it was noticed that the barrier most faced by users was independent of the device; it was related to the lack of confidence users have in the measurements of the apparel manufactured by the Brazilian clothing industry. This issue, in addition to being a usability problem by inducing users to error, had a great impact on the user experience (UX). The implementation of an exploratory research as an initial research approach proved to be essential for unveiling the problems faced by users in continuously expanding area in Brazil and worldwide.

Palavras-chave: e-commerce, UX, usabilidade,

Palavras-chave: e-commerce, UX, usability,

DOI: 10.5151/16ergodesign-0243

Referências bibliográficas
  • [1] ABNT. NBR 9241-11: Requisitos ergonômicos para trabalho de escritório com computadores. Parte 11: Orientações sobre usabilidade. Rio de Janeiro: ABNT, 2002.
  • [2] BARDIN, L. Análise de conteúdo. In: 1. ed. São Paulo: Edições 70, 2011.
  • [3] BEDFORD, A. Trustworthiness in Web Design: 4 Credibility Factors. Disponível em: .
  • [4] BELL, D. Localização (ainda) é tudo: como vender mais usando a influência do mundo real sobre os hábitos de compra na internet. 1. ed. São Paulo: HSM do Brasil, 2016.
  • [5] CARROLL, J. M.; OLSON, J. R. Mental models in human-computer interaction: Research issues about what the user of software knows. 1. ed. Washington D.C.: National Academy Press, 1987.
  • [6] CHAMMAS, A.; QUARESMA, M.; MONT’ALVÃO, C. Um enfoque ergonômico sobre a metodologia de design de interfaces digitais para dispositivos móveis. Arcos Design, v. 7, n. 2, p. 145– 171, 2013.
  • [7] CHIZZOTTI, A. Pesquisa em ciências humanas e sociais. São Paulo: Cortez, 2000.
  • [8] CYBIS, W.; HOLTZ, A.; FAUST, R. Ergonomia e usabilidade. São Paulo: Novatec, 2010.
  • [9] E-BIT. 35a Edição Relatório Webshoppers. São Paulo: E-Bit, fev. 2017. Disponível em: .
  • [10] GIL, A. C. Como elaborar projeto de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.
  • [11] HASSENZAHL, M. The hedonic/pragmatic model of user experience. (E. Law et al., Eds.)Towards a UX Manifesto - COST294-MAUSE affiliated workshop. Anais...Lancaster: COST294-MAUSE, 2007
  • [12] JORDAN, P. W. Introduction to Usability. 2. ed. London: Taylor and Francis, 2001.
  • [13] KIM, D.; BENBASAT, I. Trust-Assuring Arguments in B2C E-commerce: Impact of Content, Source, and Price on Trust. Journal of Management Information Systems, v. 26, n. 3, p. 175–206, 2009.
  • [14] KOTLER, P. Administração de Marketing. 10. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2000.
  • [15] KRUG, S. Don’t make me think! A common sense approach to web usability. 2. ed. Berkeley: New Riders, 2006.
  • [16] KUNIAVSKY, M. Smart Things, Ubiquitous Computing User Experience Design. Burlington: Morgan Kaufman, 2010.
  • [17] LEVY, J. UX Strategy. 1. ed. Sebastopol: O’Reilly, 2015.
  • [18] MARCONI, M. DE A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1999.
  • [19] MCKNIGHT, D. H.; CHOUDHURY, V. Distrust and Trust in B2C E-Commerce : Do They Differ ? Proceedings of the 8th international conference on Electronic commerce: (ICEC’06), p. 482–491, 2006.
  • [20] MEMÓRIA, F. Design para a internet: projetando a experiência perfeita. 1. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.
  • [21] MIRANDA, F. Estudo ergonômico de websites de comércio eletrônico: seleção do produto pelo usuário no processo de compra. [s.l.] Dissertação (Mestrado em Design: Ergonomia e Usabilidade e Interação Homem-Computador) - Programa de Pós- Graduação em Design Pontíficia Universidade Católica do Rio de Janeiro, 2004.
  • [22] MMA. MMA Mobile Report 2015. São Paulo: [s.n.]. NIELSEN, J. Usability Engineering. 1. ed. San Francisco: Morgan Kaufman, 1993.
  • [23] NIELSEN, J. IA task failures remain costly. Disponível em: . Acesso em: 1 maio. 2016.
  • [24] NORMAN, D. A.; NIELSEN, J. The definition of User Experience. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2016.
  • [25] SANTA ROSA, J. G.; MORAES, A. DE. Avaliação e projeto no Design de Interfaces. 2. ed. Teresópolis: 2AB, 2012.
  • [26] SEBRAE-RJ. Relatório de Inteligência.Relatório de InteligênciaRio de Janeiro, 2015a.
  • [27] SEBRAE-RJ. Relatório de inteligência. Rio de Janeiro: SEBRAE-RJ, nov. 2015b.
  • [28] SOLOMON, M. R. Comportamento do Consumidor: Comprando, posuindo, sendo. 9. ed. Porto Alegre: Bookman, 2011.
  • [29] SONDEREGGER, A.; SCHMUTZ, S.; SAUER, J. The influence of age in usability testing. Applied Ergonomics, v. 52, p. 291–300, 2016.
  • [30] WEBER, R. P. Basic content analysis. 2. ed. Newbury Park: Sage Publications, 1990.
Como citar:

Bozzi, Carolina; Mont’Alvão, Claudia; "E-COMMERCE EM INTERFACES DIGITAIS: IDENTIFICANDO PROBLEMAS ERGONOMICOS", p. 2308-2319 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/16ergodesign-0243

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações