Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

DESIGN DE RECURSOS EDUCACIONAIS ACESSÍVEIS: PROPRIEDADES E ELEMENTOS DAS NARRATIVAS DIGITAIS

ACCESSIBLE EDUCATIONAL RESOURCES DESIGN: PROPERTIES AND ELEMENTS OF DIGITAL NARRATIVES

Primo, Lane; Gonçalves, Berenice; Ulbricht, Vânia;

Artigo Completo:

Este artigo propõe recomendações para o design instrucional de recursos educacionais acessíveis (REAs). Elas foram elaboradas a partir da análise de quatro REAs, utilizando o método Close Reading sob a lente da taxonomia das narrativas digitais de Nora Paul e das propriedades dos ambientes digitais de Murray.

Artigo Completo:

This paper proposes recommendations to instructional design of accessible educational resources. They were developed from the analysis of the resources using Close Reading technique by lenses of digital narratives taxonomy by Nora Paul and digital environment properties by Murray

Palavras-chave: Design instrucional, avaliação, deficiência,

Palavras-chave: Instructional design, evaluation, disability,

DOI: 10.5151/16ergodesign-0050

Referências bibliográficas
  • [1] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA. Censo EAD.BR: Relatório Analítico da Aprendizagem à Distância no Brasil 2015. Curitiba: Ibpex, 2016.
  • [2] AIRASIAN, P. W.; MIRANDA, H. The Role of Assessment in the Revised Taxonomy. In: Theory into Practice. Ohio: College of Education. The Ohio State University, v. 41. n.4, 200 p. 249-254.
  • [3] ANJOS, T. P. D. et al. Usabilidade e Acessibilidade de Moodle: Recomendações para o Uso do Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem pelo Público Idoso. In: Human Factors In Design. Florianópolis: [s.n.], v. 5, 2014. Cap. 3, p. 1-20.
  • [4] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9241: Ergonomia da interação humano-sistema – Parte 210: Projeto centrado no ser humano para sistemas interativos. Rio de Janeiro: ABNT, 2011.
  • [5] BARBERÁ, E.; ROCHERA, M. J. Os ambientes virtuais de aprendizagem baseados no projeto de materiais autossuficientes e na aprendizagem autodirigida. In: CÉSAR COLL, C. M. O. Psicologia da Educação Virtual: aprender e ensinar com as tecnologias da informação e comunicação. Porto Alegre: Artmed, 2010. Cap. 7, p. 161.
  • [6] BISSOLOTTI, K.; GONÇALVES, B. S.; PEREIRA, A. T. C. Hiperlivro: análise das narrativas digitais de criação e edição on-line de hipermídia educacional.
  • [7] 7º Conahpa - Congresso Nacional de Ambientes Hipermídia para a Aprendizagem. Hipermída e Interdisciplinaridade na geração de conhecimento.São Luís, MA. São Paulo: Pimenta Cultural. 2015. p. 1-13.
  • [8] BRASIL. SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA (SDH/PR). Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa Com Deficiência (Snpd). Cartilha do Censo 2010 – Pessoas com Deficiência. Luiza Maria Borges Oliveira. Coordenação-Geral do Sistema de Informações sobre a PCD, 2012.
  • [9] BUSARELLO, R. I. Geração de conhecimento para usuário surdo baseada em histórias em quadrinhos hipermidiáticas. Dissertação. Florianópolis: UFSC, 2011.
  • [10] ______, R. I.; ULBRICHT, V. R.; FADEL, L. M. Comparando a estrutura de objetos de aprendizagem em histórias em quadrinhos hipermídia. X Conferência Latino-Americana de Objetos e Tecnologias de Aprendizagem. Maceió, AL: CBIE-LACLO 2015. 2015. p. 158-167.
  • [11] CARVALHO, G. S. As Histórias Digitais: Narrativas no Século XXI. O Software MovieMaker como Recurso Procedimental para a Construção de Narrações. Dissertação. São Paulo: USP, 2008.
  • [12] FILATRO, A.; CAIRO, S. Produção de conteúdos educacionais. São Paulo: Saraiva, 2015.
  • [13] JOHNSON, L. et al. NMC Horizon Report: 2016 - Higher Education Edition. Austin, Texas.: The Media Consortium, 2016.
  • [14] MACEDO, C. M. S. Diretrizes para criação de objetos de aprendizagem acessíveis.Tese. Florianópolis: UFSC, 2010. Disponivel em: . Acesso em: 10 fev. 2017.
  • [15] MANOVICH, L. The Language of New Media. London: The MIT Press, 2002.
  • [16] MARTINO, L. M. S. Teoria das Mídias Digitais: linguagens, ambientes, redes. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2014.
  • [17] MICHAELIS. Moderno Dicionário da Língua Portuguesa, 2016.
  • [18] MURRAY, J. Affordances of the medium. In: MURRAY, J. Inventing the Medium Principles of Interaction Design as a Cultural Practice. Cambridge: MIT Press, 2011. p. 56-92.
  • [19] OBREGON, R. F. A.; VANZIN, T.; ULBRICHT, V. R. AVA inclusivo: recomendações para design instrucional na perspectiva da alteridade. São Paulo: Pimenta Cultural, 2015, 234 p.
  • [20] PAUL, N. Elementos das narrativas digitais. In: FERRARI, P. Hipertexto e Hipermídia: as novas ferramentas da comunicação digital. São Paulo: Contexto, 2010. p. 121-139.
  • [21] PRESSER, A. T. D. R.; SANTOS, B. G. Framed: a narrativa das histórias em quadrinhos em ambiente hipermidiático. Tríades - Transversalidade, Design e Linguagens, Rio de Janeiro, v. 4, n. 1, p. 1-17, Out-Mar 2015. ISSN 1984-0071.
  • [22] PRIMO, L. et al. Poligonopolis: Prototype of accessible and gamified learning object to teach Geometry. XI Latin American Conference on Learning Objects and Technology (LACLO). San Carlos, Costa Rica: IEEE. 2016. p. 1-9.
  • [23] QUEVEDO, S. R. P. O Enigma de Gaspar. Objeto de Aprendizagem. Disponível em: . Acesso em: 2016.
  • [24] SOMBRIO, G. S.; SCHIMMELPFENG, L. E.; ULBRICHT, V. R. The production of a gamified Learning Object accessible to people with visual or hearing disabilities for teaching Geometry. 2016 XI Latin American Conference on Learning Objects and Technology (LACLO). San Carlo, Costa Rica: IEEE. 2016. p. 1-10.
  • [25] ULBRICHT, V.; VANZIN, T.; VILLAROUCO, V. Ambiente Virtual de Aprendizagem Inclusivo. Florianópolis: Pandion, 2011. 352 p.
  • [26] VANZIN, T.; QUEVEDO, S. R. P. O conto como narrativa para aprendizagem. In: ULBRICHT, V. R.; VANZIN, T.; PONCHMAN, S. R. Conceitos e práticas em ambiente virtual de aprendizagem inclusivo. 1ª. ed. São Paulo: Pimenta Cultural, 2014. p. 1-
  • [27] WAKI, F. Os heróis gregos e anglo-saxões ou as transformações de um paradigma. Dissertação. Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 2015.
  • [28] WILSON, C. et al. Alfabetização midiática e informacional: currículo para formação de professores. Brasília: UNESCO, UFMT, 2013. 194 p.
  • [29] WORLD WIDE WEB CONSORTIUM. Introduction to Web Accessibility, 2005. Disponível em: . Acesso em: 13 nov. 2015.
  • [30] ______. Web Content Accessibility Guidelines (WCAG) 2.0, 2014. Disponivel em: . Acesso em: 13 nov. 2015.
Como citar:

Primo, Lane; Gonçalves, Berenice; Ulbricht, Vânia; "DESIGN DE RECURSOS EDUCACIONAIS ACESSÍVEIS: PROPRIEDADES E ELEMENTOS DAS NARRATIVAS DIGITAIS", p. 496-507 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/16ergodesign-0050

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações