Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Cultura material e precariedade: coleta e análise de dados de artefatos feitos no Nordeste do Brasil nos anos 1950–1970 e em Cuba nos anos 1990

Material culture and precariousness: collection and analysis of artifacts data made in the Northeast of Brazil in the years 1950–1970 and Cuba in the 1990s

GUERRERO, Ana Sofía López; BRAGA, Marcos da Costa;

Artigo:

A pesquisa de doutorado estuda objetos que emergiram em situações de precariedade, que não fazem parte de um mercado consumidor estabelecido pelo sistema econômico dominante, que foram criados por pessoas situadas à margem do consumo da produção industrial para cobrir suas necessidades cotidianas no Nordeste do Brasil durante 1950 e 1970 e em Cuba durante a década de 1990. Três conceitos ajudam a compreender esses artefatos; pré-artesanato (Bo Bardi 1994), pré-design (Magalhães 1997) e desobediência tecnológica (Oroza 2009). A pesquisa está estruturada por três pilares intrincados: o contexto em que os artefatos surgem, o discurso que os explica, e o próprio artefato, que serão abordados a partir de uma metodologia interpretativa interdisciplinar. Desse modo, os métodos de análise foram compostos partindo principalmente do referencial teórico dos estudos da cultura material e do design. Entende-se que o estudo do objeto demanda uma perspectiva mais ampla do que sua interpretação como simples utensílio, sendo importante olhar para a criatividade, contextos e significados culturais. Os procedimentos para coleta de dados incluem pesquisa em arquivos, muitas vezes iniciada em acervos digitais, localização de objetos e textos, seleção de material para seu estudo em uma visita presencial, observação direta do objeto ou por meio de fotografias, catalogação do material, e a seleção das propriedades a serem analisadas nos objetos como: morfologia, funções e características simbólicas. Como não existe um método de interpretação sobre o fenômeno estudado totalmente abrangente e adequado aos objetivos e abordagem desta tese, enfatiza-se a importância de compor procedimentos de análise e coleta de dados que nos auxilie a desenvolver critérios de interpretação.

Artigo:

The doctoral research studies objects that emerged in precarious situations and that are not part of a consumer market established by the dominant economic system, created by people located on the margins of industrial production consumption, to cover their daily needs in Northeast Brazil during 1950 and 1970 and in Cuba during the 1990s. Three concepts help to understand these artifacts; pre-artisanship (Bo Bardi 1994), pre-design (Magalhães 1997) and technological disobedience (Oroza 2009). The research is structured by three interrelated pillars which will be approached from an interdisciplinary interpretative methodology: the context in which the artifacts appear, the discourse that explains them, and the artifact itself. Thus, the methods of analysis were composed mainly from the theoretical framework of the studies of material culture and design. It is understood that the study of the object demands a broader perspective than its interpretation as a simple tool, being important to look at creativity, contexts and cultural meanings. The procedures for data collection include research in archives, often initiated in digital collections, localization of objects and texts, selection of material for their study in a face-to-face visit, direct observation of the object or through photographs, cataloguing of the material, and the selection of properties to be analyzed in the objects such as morphology, functions and symbolic characteristics of the objects. As there is no method of interpretation about the phenomenon studied that is totally comprehensive and adequate to the objectives and approach of this thesis, we emphasize the importance of composing procedures of analysis and data collection that help us to develop criteria for interpretation.

Palavras-chave: cultura material, artefatos, métodos de análise, métodos de interpretação,

Palavras-chave: material culture, artifacts, methods of analysis, methods of interpretation,

DOI: 10.5151/4spdesign-4spdesign_11

Referências bibliográficas
  • [1] BARDI, L. B. 1976. Planejamento Ambiental: o desenho no impasse, Malasartes, 2: 4-7.
  • [2] MENEZES, U. B. 1998 Memoria e cultura material: Documentos pessoais no espaço público. Estudos históricos 11(21): 89-103.
  • [3] BONSIEPE, G. 198 Tecnologia da Tecnologia. São Paulo: Blücher.
  • [4] LUBART, T. 2008. Psicologia da criatividade. Porto alegre: ABDR.
  • [5] LUBART, S. (ed.) 199 History from things. Essays on Material Culture. Washington: Smithsonian Institution Press.
Como citar:

GUERRERO, Ana Sofía López; BRAGA, Marcos da Costa; "Cultura material e precariedade: coleta e análise de dados de artefatos feitos no Nordeste do Brasil nos anos 1950–1970 e em Cuba nos anos 1990", p. 23-24 . In: Anais do 4º SPDesign - Seminário de Pesquisa do PPG Design FAU USP. São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/4spdesign-4spdesign_11

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações