Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Coleta e análise de dados sobre a permanência requalificada dos artefatos em ambiente doméstico

Collection and analysis of data on the requalified permanence of artifacts in the domestic environment

ARDINGHI, Maria Beatriz; BERTOLDI, Cristiane Aun;

Artigo:

Este estudo trata de procedimentos e critérios usados na coleta e análise de dados da pesquisa qualitativa de caráter fenomenológico de doutorado em design, sobre práticas e significados associados à reutilização, reconfiguração e ressignificação de objetos por indivíduos no ambiente doméstico. Inicialmente, definiu-se o referencial teórico para contextualização e formulação de conceitos estruturantes do ponto de vista do indivíduo e seus aspectos emocionais, e das influências culturais nas relações pessoa-objeto. Depois, realizou-se uma autoetnografia para determinar temas presentes em ferramentas de coleta de experiências de usuários. Utilizou-se questionário online com amostra aleatória em formato bola-de-neve. Coletaram-se dados e registros fotográficos de 175 artefatos, 59 participantes. Destes, 32 foram selecionados para entrevistas presenciais e online – devido à variedade de objetos, motivações, e transformações efetuadas. A análise de dados foi feita a partir da identificação de códigos emergentes (CRESWELL, 2014), e cruzamento com tópicos sobre características dos objetos, seus valores, em associação com emoções declaradas. Sucederam-se 3 rodadas de análise com enfoques em semiótica e design emocional: (1) caracterizaram-se categorias temáticas a partir das dimensões de Morris (1970), sintática, semântica e pragmática; (2) identificaram-se aspectos emocionais predominantes em objetos segundo Norman (2008), visceral, comportamental e reflexivo; (3) elencaram-se tipos de prazer associados à interação com objetos, conforme Jordan (2000), fisiológico, psicológico, social e ideológico. Identificaram-se fatores intrínsecos e extrínsecos aos objetos que motivaram sua requalificação, com foco em aspectos emocionais e de prazer associados a esta prática.

Artigo:

This study presents the procedures and criteria used in data collection and analysis of a qualitative research of a phenomenological study for doctorate research in design. It covers practices and meanings associated with reusing, reconfiguring and reframing of objects by individuals in the domestic environment. Initially a theoretical framework for contextualisation was defined, as well as the formulation of structural concepts, from the point of view of both the individual and his or her emotional aspects, and of the cultural influences in a person-object relationship. An auto-ethnography was performed to determine the themes present in a tool to collect user experiences. An online survey with a random sample in a snowball format was used. Photographs and records were collected from 175 artifacts, 59 participants and 32 of them were selected for face-to-face and online interviews - due to the variety of objects, motivations, and transformations on them. Data analysis was carried out based on the identification of emerging codes (CRESWELL, 2014), and crossing with topics regarding characteristics of objects, their values associated with reported emotions. Three rounds of analysis followed, focusing on semiotics and emotional design: (1) thematic categories were characterised from the dimensions of Morris (1970), syntactic, semantic and pragmatic; (2) emotional aspects were identified according to Norman (2008), visceral, behavioural and reflective; (3) types of pleasure associated with objects were observed, according to Jordan (2000), physiological, psychological, social and ideological. Intrinsic and extrinsic aspects of the objects that motivated their requalification were identified, focusing on emotion and pleasure associated with this practice.

Palavras-chave: design & emoção; significado dos objetos; requalificação dos objetos; ambiente doméstico,

Palavras-chave: design & emotion; meaning of objects; requalification of objects; domestic environment,

DOI: 10.5151/4spdesign-4spdesign_18

Referências bibliográficas
  • [1] CRESWELL, J.W. 2014. Investigação qualitativa e projeto de pesquisa: escolhendo entre cinco abordagens. Porto Alegre: Penso.
  • [2] JORDAN, P. W. 2000. Designing Pleasurable Products: an Introduction to the New Human Factors. Boca Raton: CRC Press.
  • [3] MORRIS, C. W. 1970. Foundations of the theory of signs. Chicago: The University of Chicago Press.
  • [4] NORMAN, D. A. 2008. Design emocional: por que adoramos (ou detestamos) os objetos do dia-a-dia. Rio de Janeiro: Rocco.
Como citar:

ARDINGHI, Maria Beatriz; BERTOLDI, Cristiane Aun; "Coleta e análise de dados sobre a permanência requalificada dos artefatos em ambiente doméstico", p. 38-39 . In: Anais do 4º SPDesign - Seminário de Pesquisa do PPG Design FAU USP. São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/4spdesign-4spdesign_18

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações