setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

CASCAS DE PITAYA DE DIFERENTES ESPÉCIES PARA OBTENÇÃO DE EXTRATOS ANTIOXIDANTES

RECH, E; BACKES, E; GENENA, A. K;

Pôster:

O consumo da pitaya resulta na geração dos resíduos da fruta,principalmente sua casca, cuja possibilidade de aproveitamento agrega valor à elae pode minimizar o impacto ambiental, contribuindo com a sustentabilidade. Oobjetivo desse estudo foi avaliar e comparar a casca dos frutos de três diferentesespécies de pitaya como fontes naturais de extratos com potencial antioxidante. Osextratos etanólicos das cascas liofilizadas foram obtidos por maceração assistidapor ultrassom, os quais foram avaliados quanto ao teor de fenólicos totais (TFT)pelo método Folin-Ciocalteu e potencial antioxidante pelo método DPPH. O TFTdo extrato da casca da pitaya amarela de polpa branca foi significativamentesuperior (0,708 ± 0,026 mEAG g-1) ao das demais espécies investigadas. Quantoao potencial antioxidante pelo método DPPH, o extrato da casca da pitayavermelha de polpa vermelha apresentou resultado superior às demais espéciesinvestigadas, com valor de EC50 de 17,92 mg mL-1. A correlação entre o TFT e oEC50 não foi diretamente positiva, o que indica que hajam outros compostospresentes na casca, que não somente os compostos fenólicos, responsáveis pelaação antioxidante da mesma. Os resultados obtidos permitem concluir que oaproveitamento da casca da pitaya, de diferentes espécies, pode ser consideradopara obtenção de extratos naturais com ação antioxidante. 

Pôster:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.0172

Referências bibliográficas
  • [1] AINSWORTH EA, GILLESPIE KM. Estimation of total phenolic content and other oxidation substrates in plant tissues using Folin-Ciocalteu reagent. Nature Prot., v. 2, p. 875, 2007. CHOO JC, KOH, RY, LING APK. Medicinal properties of Pitaya: a review. Spatula DD-Peer Reviewed J. Comp. Med. and Drug Dis., v. 6, p. 2, 2016. LIMA CA, FALEIRO, FG, JUNQUEIRA, NTV, BELLON, G. Avaliação de características físico-químicas de frutos de duas espécies de pitaya. Rev. Ceres, v. 61, p. 377-383, 2015. MAKRIS DPBG, ANDRIKOPOULOS NK. Polyphenolic content and in vitro antioxidant characteristics of wine industry and other agri-food solid waste extracts. J. Food Compos.Anal., v.20, p.125-132, 2007. MELLO FR, BERNARDO C, DIAS CO, GONZAGA L, AMANTE ER, FETT R, CANDIDO LMB. Antioxidant properties, quantification and stability of betalains from pitaya (Hylocereus undatus) peel. Cienc. Rural, v. 45, n. 2, p. 323-328, 2015. MENSOR LL, MENEZES FS, LEITÃO GG, REIS AS, SANTOS TC, COUBE CS, LEITÃO SG. Screening of Brazilian Plant Extracts for Antioxidant Activity by the Use of DPPH Free Radical Method. Phytot. Research, v. 15, p. 127 – 130, 200 TENORE GC, NOVELLINO E, BASILE A. Nutraceutical potential and antioxidant benefits of red pitaya (Hylocereus polyrhizus) extracts. J. Funct. Foods, v. 4, p. 129-136, 2012. VH ES, UTOMO SB, SYUKRI Y, REDJEKI T. Phytochemical screening and analysis polyphenolic antioxidant activity of methanolic extract of white dragon fruit (Hylocereus undatus). Indon. J. of Pharm., p. 60-64, 2012. XU G, LIANG C, HUANG P, LIU Q, XU Y, DING C, LI T. Optimization of rice lipid production from ultrasound-assisted extraction by response surface methodology. J. Cereal Sc., v. 70, p. 23-28, 2016.
Como citar:

RECH, E; BACKES, E; GENENA, A. K; "CASCAS DE PITAYA DE DIFERENTES ESPÉCIES PARA OBTENÇÃO DE EXTRATOS ANTIOXIDANTES", p. 622-625 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.0172

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações