Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

CARACTERIZAÇÃO E CINÉTICA DE SECAGEM DE GRÃOS DE QUINOA (Chenopodium quinoa Willd.)

MATSUMOTO, V. M. B.; PÁDUA, T. F.;

Artigo Completo:

A quinoa é um grão altamente nutritivo que pode ser utilizado para consumo animal ou humano, embora ele ainda seja limitado no Brasil devido ao alto custo do grão importado, apesar de o cultivo de quinoa no país ter potencial para crescer. No entanto, pouco se pesquisou sobre sua secagem para posterior armazenamento ou conservação, processo fundamental para se evitar perdas por ação microbiológica e garantir a qualidade do grão. O objetivo deste trabalho foi de realizar estudos preliminares sobre a cinética de secagem da quinoa e caracterizá-la fisicamente. O alto desvio padrão das medidas feitas para 45 grãos dos três principais eixos W, T’ e L indica a grande variabilidade dos tamanhos. Os valores de diâmetro da parte esférica, área superficial da semente, esfericidade e volume foram de 1,30mm, 5,78mm², 0,58 e 1,30mm³. O peneiramento mostra que a maior parte dos grãos de quinoa apresenta tamanho superior a 1mm. Medidas de área projetada e de perímetro praticamente não indicaram variação das medidas com a umidade do grão. As curvas de umidade em função do tempo de secagem em estufa foram construídas para temperatura de 30ºC e apresentaram discrepâncias entre as amostras, o que pode indicar a necessidade de mapeamento da estufa e a interferência da espessura da placa de petri utilizada para armazenar cada amostra durante o processo.

Artigo Completo:

Palavras-chave: quinoa,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2017-505

Referências bibliográficas
  • [1] ARNOSTI Jr., S. Desenvolvimento de um secador transportador do tipo esteira com escoamento cruzado e caracterização de sementes de gramíneas. Tese de doutorado em eng. química, UFSCar, São Carlos, 1997.
  • [2] BRASIL. Ministério da agricultura. Regras para análise de sementes. Brasília, SNDA/DNFV/CLV, 1980.
  • [3] GELY M.C.; SANTALLA E.M. Moisture diffusivity in quinoa (Chenopodium quinoa Willd.) seeds: effect of air temperature and initial moisture content of seeds. J. Food Eng. 78: 1029-2033, 2009.
  • [4] MACEDO G.A.R.; MARQUES NETO J.; BATISTA J. S. Secagem à sombra e ao sol de sementes de gramíneas forrageiras. Revista Brasileira de sementes, ano 9, 3: 29-37, Brasília, DR, 1987.
  • [5] PEREIRA A.V. Caracterização e secagem de sementes de painço (Setaria itálica L.). Dissertação de mestrado, UFSCar, São Carlos, 2010.
  • [6] RIZZI Jr. A.C. Secagem de sementes de gramíneas (Brachiaria brizantha) em leito fluidizado. Tese de doutorado em engenharia química, UFSCar, São Carlos, 2008.
  • [7] ROCHA J. E. S. Seleção de genótipo de quinoa com características agronomias e estabilidade de rendimento no planalto central. Dissertação de mestrado em ciências agrárias, faculdade de agronomia e medicina veterinária, Universidade de Brasília, 2008.
  • [8] SILVA W. R. Seed performance after exposure to high temperature. Sci. Agric., 55:102-109, número especial, Piracicaba, SP, 199
  • [9] TOLABA M.P.; PELTZER M.; ENRIQUEZ N.; POLLIO M.L. Grain sorption equilibria of quinoa grains. J. Food Eng.; 61:365-371, 2004.
Como citar:

MATSUMOTO, V. M. B.; PÁDUA, T. F.; "CARACTERIZAÇÃO E CINÉTICA DE SECAGEM DE GRÃOS DE QUINOA (Chenopodium quinoa Willd.)", p. 3151-3156 . In: Anais do XII Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.4]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2017-505

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações