Dezembro 2020 vol. 7 num. 3 - VIII Simpósio de Engenharia de Produção

Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

APLICAÇÃO DE TEORIA DAS FILAS PARA MELHORIA DO ATENDIMENTO EM UMA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE SALGUEIRO-PE

APLICAÇÃO DE TEORIA DAS FILAS PARA MELHORIA DO ATENDIMENTO EM UMA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE SALGUEIRO-PE

Souza Neto, Eugênio Jose de; Oliveira, Danillo Rodrigues Silva Bento; Souza, Éverton Crístian Rodrigues de; Patriota, Lívia Jordana Gois e Silva; Carmo, Maria Fernanda Ângelo do;

Artigo completo:

A falta de planejamento e gerenciamento do atendimento pessoal nos caixas bancários prejudicam tanto os clientes, por não gostarem de esperar em filas, quanto os bancos, que podem vir a sofrer sanções ou multas, conforme a Lei nº 12.264/2002, afetando negativamente a imagem da instituição. Nesse contexto, esta pesquisa tem como objetivo analisar a aplicação da teoria das filas a fim de melhorar a qualidade de atendimento aos clientes de uma instituição financeira. Classifica-se como quantitativa, de natureza aplicada, e de caráter descritivo, adotando como procedimento a realização de um estudo de caso, na busca de compreender melhor os acontecimentos ocorridos (CERVO, 2002; YIN, 2005). Para análise dos dados fez-se o uso de um software de simulação, o ProdModel, além do tratamento analítico dos dados. A instituição possui quatro pontos de atendimento, entre eles, optou-se pela análise e estudo dos Caixas (de atendimento pessoal). Assim, foi realizado o levantamento de informações quantitativas do tempo dos clientes na fila e tempo de atendimento dos usuários, em um período considerado de pico, em relação à fila preferencial e à fila de atendimento ao público em geral. Os resultados apontam a proposta de melhoria mediante unificação do atendimento como a mais viável, resultado em atendimento mais ágil com menor dispêndio de recursos.

Artigo completo:

A falta de planejamento e gerenciamento do atendimento pessoal nos caixas bancários prejudicam tanto os clientes, por não gostarem de esperar em filas, quanto os bancos, que podem vir a sofrer sanções ou multas, conforme a Lei nº 12.264/2002, afetando negativamente a imagem da instituição. Nesse contexto, esta pesquisa tem como objetivo analisar a aplicação da teoria das filas a fim de melhorar a qualidade de atendimento aos clientes de uma instituição financeira. Classifica-se como quantitativa, de natureza aplicada, e de caráter descritivo, adotando como procedimento a realização de um estudo de caso, na busca de compreender melhor os acontecimentos ocorridos (CERVO, 2002; YIN, 2005). Para análise dos dados fez-se o uso de um software de simulação, o ProdModel, além do tratamento analítico dos dados. A instituição possui quatro pontos de atendimento, entre eles, optou-se pela análise e estudo dos Caixas (de atendimento pessoal). Assim, foi realizado o levantamento de informações quantitativas do tempo dos clientes na fila e tempo de atendimento dos usuários, em um período considerado de pico, em relação à fila preferencial e à fila de atendimento ao público em geral. Os resultados apontam a proposta de melhoria mediante unificação do atendimento como a mais viável, resultado em atendimento mais ágil com menor dispêndio de recursos.

Palavras-chave: Setor bancário. Qualidade no atendimento. Teoria das filas,

Palavras-chave: Setor bancário. Qualidade no atendimento. Teoria das filas,

DOI: 10.5151/viisimep-315851

Referências bibliográficas
  • [1] BANCO CENTRAL DO BRASIL. Ranking das Instituições por índice de reclamações (jan e fev/2017). Site
  • [2] Institucional. Disponível em: . Acesso em: 15 mai. 2017.
  • [3] BATEMAN, Robert E.; BOWDEN, Royce O.; GOGG, Thomas J.; HARRELL, Charles R.; MOTT, Jack R. A.;
  • [4] MONTEVECHI, José Arnaldo Barra. Simulação de sistemas: aprimorando processos de logística, serviços e
  • [5] manufatura. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.
  • [6] CERVO, A. L. Metodologia científica. 5 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2002.
  • [7] CORRÊA, H. L. CORRÊA, C. A. Administração de produção e operações: manufatura e serviços: uma
  • [8] abordagem estratégica. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2007.
  • [9] FEBRABAN. Federação Brasileira de Bancos. (2017) Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2017.
  • [10] São Paulo.
  • [11]
  • [12] 1ria_2017.pdf>. Acesso em: 26 jun. 2017.
  • [13] FEBRABAN. Federação Brasileira de Bancos. Site Institucional. Disponível em: <
  • [14] https://portal.febraban.org.br/noticia/3063/pt-br/>. Acesso em: 22 jun. 2017.
  • [15] GOMES, A. E. et al. Utilização da ferramenta de simulação Arena na análise do sistema de filas da estação
  • [16] TRENSURB em Novo Hamburgo – RS. VI Congresso Brasileiro de Engenharia de Produção. Ponta Grossa,
  • [17] PR: CONBREPRO, 2016.
  • [18] HILLIER, Frederick S.; LIEBERMAN, Gerald J. - Introdução à Pesquisa Operacional. 8 ed. São Paulo, 2006.
  • [19] LIMA, Vitor Costa de; ANHOLON, Rosley; RAMPASSO, Izabela Simon; QUELHAS, Osvaldo Luiz
  • [20] Gonçalves. Aplicação da teoria das filas em serviços bancários. Revista Produção Online., v. 16, n. 1, p. 210-
  • [21] 241, jan./mar. Florianópolis, 2016. Disponível em: < https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/2086>
  • [22] Acesso em: 06 mar. 2020.
  • [23] PERNAMBUCO. Lei nº 12.264, de 18 de setembro de 2002. Dispõe sobre o atendimento ao consumidor, nos
  • [24] caixas das agências bancárias. Disponível em:
  • [25]
  • [26] po=>. Acesso em: 20 jun. 2017
  • [27] ROESCH, S. M. A. Projeto de estágio e de pesquisa em administração, guia para estágios, trabalhos de
  • [28] conclusão, dissertações e estudo de caso. 3 ed. São Paulo: Atlas, 2007.
  • [29] SAMPAIO, P. G. V.; OLIVEIRA, S. D. Estudo de modelagem e simulação de filas num supermercado
  • [30] associado à análise de cenários. XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção. Salvador, BA:
  • [31] ENEGEP, 2013. Disponível em:
  • [32] . Acesso em: 30 jun. 2017.
  • [33] SANTOS, Marcos dos; QUINTAL, Renato Santiago; PAIXÃO, Alexandre Camacho da; GOMES, Carlos F.
  • [34] Simões. Simulation of Operation of An Integrated Information for Emergency Pre-Hospital Care in Rio
  • [35] de Janeiro Municipality. Information Technology and Quantitative Management (ITQM 2015). Elsevier, 2015.
  • [36] Disponível em: . Acesso
  • [37] em: 06/03/2020.
  • [38] SANTOS FILHO, Diolino José; MIYAGI, Paulo Eigi; MARUYAMA, Newton. Curso de ProModel.
  • [39] Disponível em: < http://sites.poli.usp.br/d/pmr5008/arquivos/promodel.pdf>. Acesso em: novembro 2017.
  • [40] SLACK, N.; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R. Administração da Produção. São Paulo: Atlas, 2002.
  • [41] SLACK, N; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R. Administração da Produção. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 2008.
  • [42] SLACK, N. Administração da produção. São Paulo: Atlas, 2013.
  • [43] YIN, R. K. Estudo de caso, planejamento e métodos. 3 ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.
Como citar:

Souza Neto, Eugênio Jose de; Oliveira, Danillo Rodrigues Silva Bento; Souza, Éverton Crístian Rodrigues de; Patriota, Lívia Jordana Gois e Silva; Carmo, Maria Fernanda Ângelo do; "APLICAÇÃO DE TEORIA DAS FILAS PARA MELHORIA DO ATENDIMENTO EM UMA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE SALGUEIRO-PE", p. 2932-2946 . In: Anais do VIII Simpósio de Engenharia de Produção . São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/viisimep-315851

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações