Artigo completo - Open Access.

Idioma principal

ANÁLISE ERGONÔMICA DOS POSTOS DE TRABALHO EM UM ESCRITÓRIO E SUA INFLUÊNCIA NO CONFORTO DOS PROFISSIONAIS

OLIVEIRA, Sara Barroso de;

Artigo completo:

Doenças ocupacionais podem ser adquiridas devido à exposição recorrente de indivíduos a agentes prejudiciais à sua saúde no local de trabalho. Riscos ergonômicos relacionam-se a fatores inerentes à atividade como: inadequação do mobiliário à anatomia do trabalhador, esforços físicos intensos e repetitividade ao longo da jornada. Foram analisados os riscos ergonômicos no trabalho de profissionais de um escritório em Fortaleza. Avaliaram-se quantitativamente a iluminação e o conforto térmico e qualitativamente a adequação do mobiliário do escritório. Constatou-se o impacto positivo da utilização de mobiliário ajustável, contudo é necessário o acompanhamento periódico do trabalhador para evitar comportamentos prejudiciais à sua saúde.

Artigo completo:

Palavras-chave: Trabalho; Ergonomia; Escritório.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/eneac2018-079

Referências bibliográficas
  • [1] ABRAHÃO, Júlia Issy. Reestruturação Produtiva e Variabilidade do Trabalho: Uma Abordagem da Ergonomia. Revista Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 16, n. 1, p. 49 – 54, abr. 2000. ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR ISO-CIE 8995-2013 – Iluminação de Ambientes de Trabalho. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2015. ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10152 – Níveis de Ruído para Conforto Acústico. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2015. ÁVILA, Simone Aparecida de; PRESTES, Lígia Bonete. Ambiente de Trabalho: Com ênfase em ergonomia no escritório. Revista de Ciências Jurídicas e Sociais, Guarulhos, v. 2, n. 1, p.55-60, 2012. BRAGA, Celso de Oliveira; ABRAHÃO, Roberto Funnes; TERESO, Mauro José Andrade. Análise Ergonômica do Trabalho em Unidades de Beneficiamento de Produtos Agrícolas: Exigências Laborais dos Postos de Seleção. Revista Ciência Rural, Santa Maria, v. 39, n. 8, p.1552-1557, ago. 2009. BRASIL. Portaria GM nº 3.214 de 08 de junho de 1978. Norma Regulamentadora Nº 17 - Ergonomia. Ministério do Trabalho e Previdência Social. Disponível em: < http://trabalho.gov.br/images/Documentos/SST/NR/NR17.pdf >. Acesso em: 23 de Junho de 2017 às 13h20. CANELLAS, Kátia Virgínia; FORCELLINI, Francieli; ODEBRECHT,Clarisse. Evolução dos Postos de Trabalho: Aspectos Ergonômicos dos Escritórios em Blumenau-SC. Disponível em: . Acesso em: 19 jun.2015. JUNIOR, Almir Mariano de Souza et al. Análise Ergonômica do Trabalho e Aplicação do Método RULA: Um Estudo de Caso no Serviço de Limpeza de Logradouros Públicos. XXX Encontro Nacional de Engenharia de Produção. São Carlos- SP, Brasil. 2010. LIMA, Johnson Brito de; CRUZ, Gleice Araújo da. Trabalho Sentado: Riscos Ergonômicos para Profissionais de Bibliotecas, Arquivos e Museus. Revista Brasileira de Arqueometria, Restauração e Conservação - Arc, Olinda, v. 3, n. 1, p.150-157, set. 201 MCATAMNEY, L; CORLETT, E.N; RULA: A survey method for the investigation of world- related upper limb disorders. Applied Ergonomics, v. 24, n. 2, p. 91-99, 1993. OLIVEIRA, João Ricardo Gabriel de. A importância da Ginástica Laboral na Prevenção de Doenças Ocupacionais. Revista de Educação Física. v. 1, n. 139, p. 40-48, dez. 2007. PRZYSIEZNY, Wilson Luiz. Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho: um enfoque ergonômico. Dynamis, v. 31, n. 8, p.19-34, 2000. PAINI, Anderson da Costa; LOPES, Eduardo da Silva; OLIVEIRA, Felipe Martins de. Postura Corporal de Operador no Carregamento Mecanizado de Madeira: Estudo de Caso. Enciclopédia Biosfera – Centro Científico Conhecer, Goiânia, v. 13, n. 23, p. 962- 974. SOARES, Marcelo. Ergonomia: soluções e propostas para um trabalho melhor. Production, [s.l.], v. 19, n. 3, p.1-3, 2009. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0103- 6513200900030000 SOUZA, Bianca Cristina Conceição de; JÓIA, Luciane Cristina. Relação entre Ginástica Laboral e Prevenção das Doenças Ocupacionais: Um estudo Teórico. Conquer, v. 1, 2006. Disponível em: Acesso em: ago.2015. VILLAROUCO, Vilma; ANDRETO, Luiz F. M. Avaliando desempenho de espaços de trabalho sob o enfoque da ergonomia do ambiente construído. Revista Produção, Recife, v. 18, n. 3, p.523-539, set. 2008. VASCONCELOS, Christianne Soares Falcão e; VILLAROUCO, Vilma; SOARES, Marcelo Márcio. Avaliação Ergonômica do Ambiente Construído: estudo de caso em uma biblioteca universitária. Ação Ergonômica, Recife, v. 4, n. 1, p.5-25, 2009.
Como citar:

OLIVEIRA, Sara Barroso de; "ANÁLISE ERGONÔMICA DOS POSTOS DE TRABALHO EM UM ESCRITÓRIO E SUA INFLUÊNCIA NO CONFORTO DOS PROFISSIONAIS", p. 1030-1039 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/eneac2018-079

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações