Artigo completo - Open Access.

Idioma principal

A AUTENTICIDADE COMO INSTRUMENTO DE ORIENTAÇÃO PARA A ADAPTAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL BRASILEIRO À ACESSIBILIDADE UNIVERSAL: O CASO DO ADRO DO CONVENTO FRANCISCANO EM OLINDA (PE)

FERREIRA, Oscar Luís; MÁXIMO, Marco Aurélio da Silva; ZERBINI, Ana Suely;

Artigo completo:

O Patrimônio Cultural Brasileiro deve ser acessível para que se garanta a todos o direito constitucional de livre acesso à cultura e aos bens culturais nacionais. No entanto, a execução de adaptações para a acessibilidade requer respeito aos valores atribuídos aos bens patrimoniais. Como forma de discutir a importância da acessibilidade e o respeito a autenticidade de bens patrimoniais em qualquer intervenção, este artigo lança um olhar sobre o Adro do Convento franciscano em Olinda (PE) a partir do conceito de autenticidade e da construção de um método para coleta de informações sobre a atribuição de valores aos bens patrimoniais.

Artigo completo:

Palavras-chave: Autenticidade; Acessibilidade; Convento Franciscano.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/eneac2018-031

Referências bibliográficas
  • [1] ABNT. NBR 9050: Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. Rio de Janeiro: ABNT, 2015. Disponível em: . Acesso em: 26 de abril de 2016>. Acesso: 6 jan. 2017. BAZIN, G. A arquitetura religiosa barroca no Brasil, Volume II, Editora Record, Rio de Janeiro, Brasil, 1956. BOTTALLO, M. PIFFER, M. POSER, P. Patrimônio da Humanidade no Brasil: suas riquezas culturais e naturais. UNESCO e Editora Brasileira de Arte e Cultura, Santos, Brasil, 2014. BRASIL. Decreto Federal nº 5.296/2004 (2004). Disponível em: . Acesso: 6 jan. 2017. . Lei Federal nº 13.146/2015 (2015). Disponível em: . Acesso: 6 jan. 2017. CARRAZZONI, M. L. Guia de bens tombados. Coordenação de Pesquisa de. Expressão e Cultura. Rio de Janeiro: Expressão e cultura, 1987. CASTRIOTA, L. Patrimônio Cultural: Conceitos, políticas, instrumentos. São Paulo: Annablume, 2009. FERREIRA, O. L. Patrimônio Cultural e Acessibilidade. As intervenções do Programa Monumenta, de 2000 a 2005 (Tese). Programa de Pesquisa e Pós-graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo PPG/FAU/UnB, Brasília, Brasil, 201 IPHAN. Instrução Normativa nº 01, de 25 de novembro de 2003. Disponível em: . Acesso: 6 jan. 2017. . Instrução Normativa nº 01, de 28 de fevereiro de 2014. Disponível em: . Acesso: 6 jan. 2017. MOREIRA, A. R. P. A Arqueologia Histórica na Cidade de Olinda. Olinda (PE): Centro de Estudos Avançados da Conservação Integrada – CECI, Brasil, 2007. RIBEIRO, S. B. Mobilidade e Acessibilidade Urbana em Centros Históricos. Cadernos Técnicos 9, Iphan, 2014. Disponível em: . Acesso: 6 jan. 2017. ROWNEY, B. Charters and Ethics of Conservation: a cross-cultural perspective. (Thesis). School of Architecture, Landscape Architecture and Urban Design, Adelaide, Austrália, 2004. Disponível em: . Acesso: 6 jan. 2017. UBIERNA, J. A. J. Accesibilidad Universal al Patrimonio Cultural. Fundamentos, criterios y pautas. Madrid: Real Patronato sobre Discapacidad, 201
Como citar:

FERREIRA, Oscar Luís; MÁXIMO, Marco Aurélio da Silva; ZERBINI, Ana Suely; "A AUTENTICIDADE COMO INSTRUMENTO DE ORIENTAÇÃO PARA A ADAPTAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL BRASILEIRO À ACESSIBILIDADE UNIVERSAL: O CASO DO ADRO DO CONVENTO FRANCISCANO EM OLINDA (PE)", p. 418-428 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/eneac2018-031

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações