• -

Site do evento

Comissão organizadora

  • Alberto Augusto Eichman Jakob
  • Ricardo Rippel

Você participou do Comitê Organizador desse evento?
Clique aqui.

janeiro 2016 vol. 2 num. 2

IX Encontro Nacional sobre Migrações

Sessão Temática I: Dinâmica intra-urbana, migração de retorno e pendularidade (A)

Sessão Temática II: Dinâmica intra-urbana, migração de retorno e pendularidade (B)

Sessão Temática III: Mudanças na migração no início do século XXI

Sessão Temática IV: Migração internacional

Sessão Temática V: Questões locais e regionais sobre expansão demográfica, migração e ambiente

O IX Encontro Nacional Sobre Migrações, que ocorreu entre 14 e 16 de outubro de 2015 no Núcleo de Estudos de População “Elza Berquó” (Nepo), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), foi organizado pela coordenação do Grupo de Trabalho de Migração da Associação Brasileira de Estudos Populacionais (Abep), realizado com o apoio da diretoria da Abep, da coordenação do Nepo e do Programa de Pós-Graduação em Demografia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), no período de comemorações dos 50 anos da Unicamp. O evento contou também com o apoio financeiro do CNPq, CAPES, Centro de Estudos da Metrópole (CEM), e Fapesp, por meio do projeto temático Observatório das Migrações em São Paulo.

O GT Migração foi criado em 1991 com o propósito de reunir estudiosos interessados em ampliar o debate sobre os marcos conceituais, referenciais teóricos, metodológicos e empíricos das migrações no Brasil. As estreitas conexões existentes entre os fluxos migratórios (nacionais e internacionais), os fenômenos relacionados também com a fecundidade e a mortalidade, bem como a amplitude das questões que esses fluxos ensejam no desenvolvimento territorial, no mercado de trabalho, no meio ambiente, nas políticas sociais etc. demandam a interconexão de vários campos do conhecimento, e sua interdisciplinariedade. Atualmente, são realizados encontros bi-anuais com diversos estudiosos para tratar destes temas, e os eventos têm crescido de forma significativa com o tempo, em tamanho e em importância. 

Nos encontros anteriores, buscou-se aprofundar a discussão da temática migratória, propiciando uma análise mais apurada desta questão, suscitando diversas pesquisas e trabalhos tanto de caráter nacional quanto internacional, e permitindo um diagnóstico mais avançado da migração, dos cenários e dos problemas por ela envolvidos e a ela relacionados. Ademais, motivados pela existência de programas de pós-graduação em Demografia no país, o fenômeno demográfico da migração vem evoluindo como elemento de análise, e passa a assumir um papel de destaque enquanto fator de análise no cenário do desenvolvimento nacional, principalmente na primeira década do séc. XXI, mais ainda depois da crise mundial de 2008, que nos últimos anos tem impactado diretamente no Brasil.

A importância da migração internacional também tem se tornado cada vez maior no Brasil, haja vista a recente entrada de grande volume de estrangeiros, em especial de haitianos, africanos e sírios, solicitando refúgio, e em um momento em que se discute a atualização do Estatuto do Estrangeiro no país, fazem com que este seja o momento adequado para se discutir a temática migratória, sobretudo a política migratória. Como se pode observar no programa científico, uma mesa redonda foi realizada especificamente para discutir estas políticas a serem inseridas na nova Lei de Migrações, que substituirá o Estatuto do Estrangeiro.

Este encontro de 2015 contou com 5 sessões temáticas para apresentação de 20 trabalhos de forma oral no total; 3 mesas redondas com a participação de especialistas e debatedores em diferentes temáticas migratórias; 4 sessões de pôsteres, com espaço para a apresentação de 28 trabalhos, além da conferência de abertura, ministrada pelo Prof.Dr. Francisco Sabatini, da Universidade Católica do Chile, e da conferência de encerramento, realizada pelo Prof.Dr. Luis Eduardo Aragón, do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA), da Universidade Federal do Pará (UFPA). Os trabalhos que foram apresentados nas sessões temáticas encontram-se aqui disponíveis. Bom proveito!

 Image title

Coordenação geral:

Dr. Alberto Augusto Eichman Jakob, Nepo/Unicamp

Prof. Dr. Ricardo Rippel, Unioeste, Toledo

Comissão Científica:

Dr. Alberto Augusto Eichman Jakob, Nepo/Unicamp

Prof. Dr. Alisson Flávio Barbieri, Cedeplar/Face/UFMG

Dr. Antônio Tadeu de Oliveira, IBGE

Prof. Dr. Duval Fernandes Magalhães, PUC-MG

Prof. Dr. José Marcos Pinto da Cunha, IFCH/Nepo/Unicamp

Prof. Dr. José Irineu Rangel Rigotti, Cedeplar/Face/UFMG

Prof. Dr. Kleber Fernandes de Oliveira, Universidade Federal do Sergipe

Dr. Marden Barbosa de Campos, IBGE

Dra. Marisa Valle Magalhães, Ipardes

Prof. Dra. Marley Vanize Deschamps, UNC

Prof. Dr. Ralfo Edmundo da Silva Matos, IGC/UFMG

Prof. Dr. Ricardo Alexandrino Garcia, IGC/UFMG

Prof. Dr. Ricardo Ojima, UFRN

Prof. Dr. Ricardo Rippel, Unioeste, Toledo

Prof. Dr. Roberto Luiz do Carmo, IFCH/Nepo/Unicamp

Profa. Dra. Rosana Baeninger, IFCH/Nepo/Unicamp

Dr. Wilson Fusco, Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj)

Comissão de Apoio:

Adriana Cristina Fernandes

Myrcia Rose Skaetta

Raquel de Oliveira Santos Eichman Jakob

Rogério Fabbri Broggian Ozelo

Vânia Aparecida Bellodi Sant'Ana Furlan