fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

UTILIZAÇÃO DE PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL PARA DESENVOLVIMENTO DE NOVAS FORMULAÇÕES PARA LUBRIFICANTES DE ÓLEO DE MORINGA OLEIFERA LAM EPOXIDADO

SILVA, M. S.; GUIMARÃES, D. K. da S.; DANTAS, T. N. de CASTRO; DANTAS NETO, A. A. ;

Artigo:

O objetivo principal do trabalho foi obter um biolubrificante hidráulico a partir do óleo Moringa oleifera Lam epoxidado, cujas propriedades oxidativas, acidez e a instabilidade térmica do óleo vegetal in natura são melhoradas. Para o desenvolvimento desse trabalho, e com o intuito de melhorar as características físico-químicas do epóxido foram feitas aditivações do óleo epoxidado com um antiespumante, desemulsificante e utilizando um planejamento fatorial 2³ com composto central variando o inibidor de corrosão (IC), extrema pressão (EP) e antioxidante (BHA), sendo posteriormente caracterizado. A análise da superfície de resposta do planejamento fatorial concluiu que para o melhor desempenho do fluido como lubrificante hidráulico é necessário 0,69 mL de IC, 3,9 g de EP e 0,39 g de BHA obtendo assim resultados de desempenho superior para o óleo epoxidado, onde, o índice de acidez total foi igual a 0,13 mg KOH/g, 211°C de ponto de fulgor, 5h13min de estabilidade oxidativa, 83,95 mm²/s de viscosidade e 1A para o teste de corrosão ao cobre.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0517-25136-181283

Referências bibliográficas
  • [1] ABDULKARIM, S.M. ; LONG, K.; LAI, O. M. Frying quality and stability of high-oleic Moringa oleifera seed oil in comparison with other vegetable oils. Food Chem. v. 105, p. 1382-1390, 2007.
  • [2] Área temática: Engenharia Ambiental e Tecnologias Limpas 7ARBAIN, N. H.; SALIMON, J. Synthesis And Characterization Of Ester Trimethylolpropane Based Jatropha Curcas Oil As Biolubricant Base Stocks. J. Sc.Tech. v. 2, p. 47–58, 2011.
  • [3] AMERICAN OIL CHEMISTS’ SOCIETY (A.O.C.S). Official methods and recommended practices of the American Oil Chemists’ Society. 4th ed. Champaign, USA, A.O.C.S., 1995 [A.O.C.S. Recommended Practice Cd 1 – 25]; 1995.
  • [4] ASTM D 1298. Standard Test Method for Density, Relative Density (Specific Gravity), or API Gravity of Crude Petroleum and Liquid Petroleum Products by Hydrometer. ASTM Inter., 1998.
  • [5] ASTM D 130. Test Method for Detection of Copper Corrosion from Petroleum Products by the Copper Strip Tarnish Test. ASTM Inter., 2000.
  • [6] ASTM D 92. Test Method for Flash and Fire Points by Cleveland Open Cup. ASTM Inter.2002.
  • [7] ASTM D 2983. Test Method for Low-Temperature Viscosity of Lubricants Measured by Brookfield Viscometer. ASTM Inter., 2004.
  • [8] ASTM D 974. Test Method for Acid and Base Number by Color-Indicator Titration, ASTM Inter., 1997.
  • [9] BARROS NETO, B.; SCARMINIO, I. S.; BRUNS, R.E. Como Fazer Experimentos. Pesquisa e Desenvolvimento na Ciência e na Indústria. Editora da Unicamp, Campinas, 2002.
  • [10] EREDA, T. Epoxidação de óleos vegetais, visando à obtenção de lubrificantes industriais. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica), Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná, Curso de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica e de Materiais, Curitiba, 2004.
  • [11] ERHAN, S.Z, SHARMA, B.K., LIU, Z., Adhvaryu, A. Lubricant Base Stock Potential of Chemically Modified Vegetal Oils. J. Agric. Food Chem. v.19, p. 8919-8925, 2008.
  • [12] HWANG, H.-S., ADHVARYU, A. ERHAN, S. Z. Preparation and properties of lubricant basestocks from epoxidized soybean oil and 2 -ethylhexanol. J. Am. Oil. Chem. Soc. v. 80, n. 8, p. 811-815, 2003.
  • [13] HONARY, L. Biodegradable/Biobased Lubricants and Greases. Mach. Lubr.Mag. Issue Number: 200109, Canadá, 2009.
  • [14] IUPAC, International Union of Pure and Applied Chemistry. Commission on Oils Fats and Derivatives: Standard Methods for the Analysis of Oils, Fats and Derivatives. London, 1987.
  • [15] PEREZ, H.I.Q. Produção de biolubrificante para usos especiais. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química), Faculdade de Engenharia Química, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2009.
  • [16] SALIH, N.; SALIMON, J.; YOUSIF, E.Synthetic biolubricant basestocks based on environmentally friendly raw materials. J. King Saud Univ., Science. v. 24, Issue 3, p. 221–226, 2011.
Como citar:

SILVA, M. S.; GUIMARÃES, D. K. da S.; DANTAS, T. N. de CASTRO; DANTAS NETO, A. A. ; "UTILIZAÇÃO DE PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL PARA DESENVOLVIMENTO DE NOVAS FORMULAÇÕES PARA LUBRIFICANTES DE ÓLEO DE MORINGA OLEIFERA LAM EPOXIDADO", p. 7229-7236 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0517-25136-181283

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações