fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

TRATAMENTO DO LIXIVIADO DO ATERRO SANITÁRIO DE MARINGÁ-PR POR PROCESSOS DE OZONIZAÇÃO E COMBINAÇÃO CATALÍTICA COM ÓXIDOS METÁLICOS (O3/TiO2 E O3/ZnO)

SCANDELAI, A. P. J.; TAVARES, C. R. G.; FRANCO, J. M.; DIAS, P. R. Z.; CORSO, B. L.;

Artigo:

O lixiviado é um resíduo líquido de elevada carga orgânica, forte coloração e composição química variável, produzido pela decomposição química e microbiológica dos resíduos sólidos depositados em aterro sanitário e que necessita de tratamento adequado antes de seu descarte no corpo receptor. Os Processos Oxidativos Avançados (POAs) têm se mostrado uma tecnologia eficiente no tratamento destes efluentes. A ozonização catalítica heterogênea surge como um novo tipo de oxidação avançada, processo que combina o ozônio com as propriedades adsortivas e oxidativas de óxidos metálicos catalisadores em fase sólida, para realizar a mineralização dos poluentes orgânicos em temperatura ambiente. O presente trabalho objetivou avaliar o tratamento do lixiviado do aterro sanitário de Maringá-PR por processos de O3, O3/TiO2 e O3/ZnO com variação de pH e massas de catalisadores. Para realização dos tratamentos, utilizou-se um reator de ozonização e tempo de reação de 30 minutos. A eficiência dos tratamentos foi avaliada através da remoção dos parâmetros de cor verdadeira, turbidez, compostos que absorvem em 254 nm e DQO. Constatou-se que o tratamento T11 (O₃ + 1,0 g/L ZnO, pH 1) apresentou-se satisfatório, com maior remoção de cor verdadeira (98,24%), compostos que absorvem a 254 nm (92,22%) e DQO (64,58%). O tratamento T14 (O₃ + 0,5 g/L ZnO, pH Bruto) também foi atrativo, com 63% de remoção de DQO, tornando-se viável pelo menor consumo de catalisador e sem necessidade de correção de pH.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0022-27491-172385

Referências bibliográficas
  • [1] ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10007: Amostragem de resíduos sólidos, 2004, 21 p. APHA – AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION. Standard methods for the examination of water and wastewater. 20 ed. APHA: USA, 1998.
  • [2] ASSALIN, M. R.; DURÁN, N. Novas tendências para aplicação de ozônio no tratamento de resíduos: ozonização catalítica. Revista Analytica, n. 26, p. 76-86, 2006.
  • [3] BAYRAM, S. C. Y. Remoção de matéria orgânica e nitrogênio de lixiviados de aterro sanitário. Tratamento por nitrificação/desnitrificação biológica e processos físico-químicos. Tese de Doutorado, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil. 2012.
  • [4] COELHO, M. G.; SANTOS, L. P.; SANTOS, C. L. dos; ANDRADE, S. M. A. de. Utilização de processos oxidativos avançados (POAs) no tratamento de líquidos percolados provenientes do aterro sanitário de Uberlândia-MG/Brasil. XXVIII Congresso Interamericano de Ingeniería Sanitaria y Ambiental, Cancún, México, 27 al 31 de octubre, 2002.
  • [5] EPA - ENVIRONMENTAL PROTECTION AGENCY. Advanced Photochemical Oxidation Processes, Handbook, Washington, U.S., 1998 HACH Company. Procedures Manual of Spectrophotometer DR/2010, Method 8025, 1996.
  • [6] HACH Company. Procedures Manual of Spectrophotometer DR/2010, Method 8237, 199
  • [7] HACH Company. Procedures Manual of Spectrophotometer DR 5000, Method 10054, 1996.
  • [8] NAIK, S. P.; FERNANDES, J. B. Temperature programmed desorption studies on a new active zinc oxide catalyst. Thermochimica Acta, v. 332, p. 21-25, 1999.
  • [9] PACHECO, J. R.; PERALTA-ZAMORA, P. G. Integração de processos físico-químicos e oxidativos avançados para remediação de percolado de aterro sanitário (chorume). Eng. Sanit. Ambient., v. 9, n. 4, p. 306-311, 2004.
  • [10] SILVA, G. H. R da. Formação de aldeídos e trialometanos da desinfecção por ozonização, cloração e ozonização/cloração de efluente de tratamento anaeróbio de esgoto sanitário. Tese de Doutorado, EESC/USP, São Carlos, SP, Brasil, 2008.
  • [11] SOUZA, G. de. Monitoramento de parâmetros qualitativos e quantitativos de líquidos percolados de aterros sanitários – estudo em piloto experimental. Dissertação de Mestrado, UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, 2005.
  • [12] TEIXEIRA, C. P. de A. B.; JARDIM, W. de F. Processos oxidativos avançados – conceitos teóricos. Caderno Temático, v. 3, UNICAMP, Campinas, SP, 2004.
  • [13] AGRADECIMENTOS Os autores agradecem ao PROAP e a CAPES pelo financiamento do projeto e pela concessão de bolsa.
Como citar:

SCANDELAI, A. P. J.; TAVARES, C. R. G.; FRANCO, J. M.; DIAS, P. R. Z.; CORSO, B. L.; "TRATAMENTO DO LIXIVIADO DO ATERRO SANITÁRIO DE MARINGÁ-PR POR PROCESSOS DE OZONIZAÇÃO E COMBINAÇÃO CATALÍTICA COM ÓXIDOS METÁLICOS (O3/TiO2 E O3/ZnO)", p. 6565-6572 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0022-27491-172385

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações