Resumo - Open Access.

Idioma principal

TEOR DE COMPOSTOS FENÓLICOS E FLAVONÓIDES TOTAIS DO EXTRATO ETANÓLICO E FRAÇÕES OBTIDAS DE FOLHAS DE Smilax sp.

Fonseca, Juliana C.; Barbosa, Myriam A.; Silva, Izabela C. A.; Castro, Ana H. F.; Lima, Luciana A. R. dos Santos;

Resumo:

O gênero Smilax, da família Smilacaceae, possui cerca de 300 espécies e é encontrada principalmente em regiões temperadas e tropicais, sendo utilizada na medicina popular em diversas partes do mundo. O objetivo desse estudo foi a avaliação quantitativa de fenóis totais e de flavonóides nos extratos de folhas de Smilax sp. Folhas de Smilax foram coletadas, secadas e trituradas. Após a obtenção das frações hexânica, diclorometânica, acetoetílica e hidroetanólica por meio da partição dos seus respectivos solventes com o extrato etanólico, obtido por percolação com etanol, foi determinado o teor de flavonóides e fenóis totais em cada fração obtida. Ambos foram realizados em triplicata, com diluições de cada fração de concentração 200, 50 e 10 μg/mL. O teor de flavonoides foi determinado utilizando cloreto de alumínio, com leitura em 425 nm e o resultado foi expresso como mg equivalentes de quercetina/mL. Já o teor de fenólicos totais foi determinado utilizando reagente de Folin-Ciocalteu, com leitura a 750 nm e o resultado foi expresso como mg equivalentes de ácido gálico/mL. Foram preparadas as soluções, contendo 100μL de cada amostra, 1900μL de etanol 50% e 500μL de cloreto de alumínio. A fração acetoetílica apresentou maior teor de fenóis e flavonoides totais, com 8,12 mg equivalentes de ácido gálico/mL e 1,95 mg equivalentes de quercetina/mL, respectivamente. Em relação ao teor de fenóis totais, após a fração acetoetílica seguiram a fração hidroetanólica, o extrato etanólico, a fração diclorometânica e a fração hexânica, enquanto que para o teor de flavonoides totais seguiram a fração diclorometânica, o extrato etanólico e a fração hidroetanólica. Todas as amostras obtidas das folhas de Smilax sp. apresentaram quantidades significativas de ambos os compostos, sugerindo que os constituintes desta planta possam ter um papel terapêutico considerável.

Resumo:

Palavras-chave: Smilax, fenol, flavonóides, folhas,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/biochem-jaibqi-0030

Referências bibliográficas
Como citar:

Fonseca, Juliana C.; Barbosa, Myriam A.; Silva, Izabela C. A.; Castro, Ana H. F.; Lima, Luciana A. R. dos Santos; "TEOR DE COMPOSTOS FENÓLICOS E FLAVONÓIDES TOTAIS DO EXTRATO ETANÓLICO E FRAÇÕES OBTIDAS DE FOLHAS DE Smilax sp.", p. 51-52 . In: Anais da V Jornada Acadêmica Internacional de Bioquímica [= Blucher Biochemistry Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-5043, DOI 10.5151/biochem-jaibqi-0030

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações