fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DE POLÍMEROS BIODEGRADÁVEIS DE POLI (L-ÁCIDO LÁTICO) E GLICERINA PROVENIENTE DA PRODUÇÃO DE BIODIESEL

PERES, A. F.; MIRANDA, K. W.;

Artigo:

Com o objetivo de proporcionar um novo destino à glicerina e alterar as propriedades térmicas do PLLA, neste trabalho foram obtidos polímeros biodegradáveis a partir da abertura do anel do L-lactídeo, em 120°C, sob atmosfera inerte de nitrogênio, utilizando 2,69%, 5,37% e 8,06% em massa do catalisador octanoato de estanho II As reações foram realizadas com a glicerina comercial e purificada do biodiesel, com a finalidade de avaliar a influência de ambas sobre as características do polímero. Através das análises por calorimetria exploratória diferencial e termogravimetria, observou-se que os polímeros PLLA/Glicerol tiveram reduções na temperatura de transição vítrea, temperatura de fusão, grau de cristalinidade e temperatura inicial de perda de massa, quando comparadas ao PLLA. Os resultados das análises de infravermelho evidenciaram a redução dos picos referentes aos agrupamentos OH com o aumento do tempo reacional e a concentração de catalisador, o que caracteriza as ligações químicas entre o L-lactídeo e o Glicerol.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0884-22820-169757

Referências bibliográficas
  • [1] AURAS, R. Poly(lactic acid): synthesis, properties and applications. John Wiley Andamp; Son , 201
  • [2] BEATRIZ, A.; et al. Glicerol: um breve histórico e aplicação em sínteses estereosseletivas. Química Nova, v. 34, n. 2, p. 306-319. 2011.
  • [3] CASARANO, Romeu. Copolímeros Biodegradáveis com Potencial uso como Biomateriais. Tese (Doutorado), Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.
  • [4] ERBETTA, Cynthia D. C.; et al. Síntese e caracterização térmica e química do copolímero poli(D,L-lactídeo-co-glicolídeo). Polímeros , v. 21, n. 5, p. 376-382. 2011.
  • [5] JÚNIOR, Carlos; et al. Estudo Termogravimétrico da Poliacrilonitrila com o Plastificante Glicerol. 11° Congresso Brasileiro de Polímeros. 2011.
  • [6] MEDEIROS, M. A.; LAGO, R. M. Polimerização do Glicerol: uma reação simples e versátil para produzir diferentes materiais. Química Nova, v. 34, n. 6, p. 1079-1084. 2011.
  • [7] MINATA, M. K.; et al. Estudo da biocompatibilidade da blenda de poli(L-ácido láctico)/policaprolactona-triol. Polímeros, v. 23, n. 2, p. 242-24 2013.
  • [8] MOTTA, Adriana C; DUEK, Eliana A. R.. Síntese, caracterização e degradação "in vitro" do Poli(L-ácido láctico). Polímeros, v. 16, n. 1, p. 26-32. 2009.
  • [9] SILVERSTEIN, Robert M.; et al. Identificação Espectrométrica de Compostos Orgânicos. 7 ed. Rio de Janeiro: LTC, 2007.
  • [10] SHIMAZU, Angélica; et al. Efeitos plastificante e antiplastificante do glicerol e do sorbitol em filmes biodegradáveis de amido de mandioca. Semina: Ciências Agrárias, v. 28, p. 79-88. 2009.
  • [11] VASCONCELOS, Y. Resíduos bem vindos: subproduto do biodiesel pode ser para suprimir poeira de vagões de minério. Pesquisa FAPESP, v. 196, p. 58-63. 2012.
Como citar:

PERES, A. F.; MIRANDA, K. W.; "SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DE POLÍMEROS BIODEGRADÁVEIS DE POLI (L-ÁCIDO LÁTICO) E GLICERINA PROVENIENTE DA PRODUÇÃO DE BIODIESEL", p. 13684-13691 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0884-22820-169757

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações