fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

SERIA REAL-TIME OPTIMIZATION O LIMITE SUPERIOR PARA SELF-OPTIMIZING CONTROL?

SCHULTZ, E.; FARENZENA, M.;

Artigo:

A otimização de processos tornou-se uma ferramenta fundamental para o aumento da lucratividade das indústrias químicas e petroquímicas. Diversos métodos de otimização da operação foram propostos, sendo que o real-time optimization (RTO) é a solução mais consolidada industrialmente enquanto que o self-optimizing control (SOC) começa a ser aplicado como solução simplificada e de menor retorno em relação a este. Neste trabalho é realizada a comparação sistemática de ambas as técnicas, aplicadas a um sistema composto de reator e coluna com reciclo. Verifica-se que a consideração que o RTO sempre trará maiores benefícios que o SOC não é verdadeira. A análise da frequência do distúrbio e do comportamento dinâmico do sistema é determinante na escolha da solução a ser adotada. Além disso, em cenários específicos, o uso de qualquer ferramenta de otimização acarretará em perdas, em relação ao sistema sem otimização.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1165-20699-176861

Referências bibliográficas
  • [1] ALSTAD, V.; SKOGESTAD, S. Null space method for selecting optimal measurement combinations as controlled variables. Ind. Eng. Chem. Res., v. 46, n. 3, p. 846-853, Jan 2007.
  • [2] ENGELL, S. Feedback control for optimal process operation. Journal of Process Control, v. 17, n. 3, p. 203-219, Mar 2007.
  • [3] FRANCOIS, G.; SRINIVASAN, B.; BONVIN, D. Use of measurements for enforcing the necessary conditions of optimality in the presence of constraints and uncertainty. Journal of Process Control, v. 15, n. 6, p. 701-712, Sep 2005.
  • [4] HALVORSEN, I. J. et al. Optimal selection of controlled variables. Ind. Eng. Chem. Res., v. 42, n. 14, p. 3273-3284, 2003.
  • [5] KARIWALA, V.; CAO, Y.; JANARDHANAN, S. Local self-optimizing control with average loss minimization. Ind. Eng. Chem. Res., v. 47, n. 4, p. 1150-1158, 2008.
  • [6] SKOGESTAD, S. Plantwide control: The search for the self-optimizing control structure. Journal of Process Control, Beijing, China, v. 10, n. 5, p. 487-507, 2000a. SKOGESTAD, S. Self-optimizing control: The missing link between steady-state optimization and control. Comp. Chem. Eng., v. 24, n. 2-7, p. 569-575, 2000b. TRIERWEILER, J. O. A Systematic Approach to Control Structure Design. Ph. D. Thesis, University of Dortmund, Dortmund, Germany, 1997.
  • [7] YE, L. et al. Approximating necessary conditions of optimality as controlled variables. Ind. Eng. Chem. Res., v. 52, n. 2, p. 798-808, 2013.
Como citar:

SCHULTZ, E.; FARENZENA, M.; "SERIA REAL-TIME OPTIMIZATION O LIMITE SUPERIOR PARA SELF-OPTIMIZING CONTROL?", p. 12155-12162 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1165-20699-176861

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações