fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

REVISÃO DO PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS NUMA INDÚSTRIA DE CONFECÇÃO

PEREIRA, F. K.; OLSEN-SCALIANTE, M. H. N.;

Artigo:

Do ponto de vista ambiental e dos processos produtivos utilizados pelas indústrias do setor de confecções faz-se necessário uma investigação a respeito das práticas de gestão dos resíduos gerados em seus processos diante da aplicação da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Por isso, o presente trabalho propõe como forma de melhoria contínua da qualidade ambiental de uma empresa a necessidade não só da elaboração de um plano gestor de resíduos sólidos, mas sim uma avaliação contínua do mesmo a fim de propor novas ferramentas e ações de gestão e criação de novas tecnologias. Desta forma o presente trabalho se concentrou na realização de um diagnóstico detalhado da situação de uma empresa do setor de confecção dois anos após a elaboração do Plano de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos. Com base no PGIRS já implantado foi possível observar e analisar pontos que servem de bloqueio para o real funcionamento do PGIRS e assim apontar falhas na execução do plano, propor melhorias, apresentar pontos de risco e propostas ações futuras. Dentre as observações realizadas destaca-se a necessidade de criação de uma cartilha para implantação de um programa de capacitação dos profissionais das empresas de confecção para maior mobilização e compreensão de um sistema de gestão de resíduos nas empresas para que seja possível a utilização de ferramentas de qualidade ambiental, tais como SGA+PL.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0969-22037-165983

Referências bibliográficas
  • [1] AGUIAR, Silvio. Integração das ferramentas da qualidade ao PDCA e ao programa seis sigma. Belo horizonte: Editora de Desenvolvimento Gerencial, 2002.
  • [2] CALDERONI, S. Os Bilhões Perdidos no Lixo. 3ª. Edição. Editora Humanitas, São Paulo, 1999.
  • [3] CASTR0 SILVEIRA, M.M. 2000. Sistema de Gestão Ambiental (SGA) - Tipologia do empreendimento: Indústria Têxtil. Monografia – Especialização em Gestão Ambiental. FEA-FUMEC. Belo Horizonte-MG. DIAS, R.. Gestão Ambiental: Responsabilidade Social e Sustentabilidade. 1. Atlas, São Paulo. 2009 DRUZZIAN, E.T.V., SANTOS, R.C. 2009. Sistema de gerenciamento ambiental (SGA): buscando uma resposta para os resíduos de laboratórios das instituições de ensino médio e profissionalizante. Monografia – Especialização em Educação Ambiental à distância. SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial). Porto Alegre. GERBER, Wagner. Impacto ambiental: resíduos sólidos e reciclagem. Pelotas : UCPEL, 1999. p.40.
  • [4] KASEVA, M. E.; GUPTA ,S. K.; Recycling - an environmentally friendly and incomegenerating activity towards sustainable solid wastemanagement. Case study - Dar es Salaam City, Tanzania. Tanzania, 1996.
  • [5] LÚCIDO, G. L. A., A edicação ambiental na área têxtil. Revista ABTT, Rio de Janeiro. Ano 2, n.4, p. 18-19, set 2003. Disponível em: Andlt;http:www.abtt.org.br/revistas.aspAndgt;. Acesso em: 02/04/2014.
  • [6] MOURA, L. R. Qualidade simplesmente total: uma abordagem simples e prática da gestão da Área temática: Engenharia Ambiental e Tecnologias Limpas 7qualidade. Rio de janeiro: Qualitymark Ed. 1997.
  • [7] PINTO-COELHO, E. M. Reciclagem: desenvolvimento sustentável no Brasil. [s.I.]: Recóleo, 2009.
  • [8] SENGER, Carine Maria et al. Conscientização empresarial quanto à correta destinação de resíduos sólidos da confecção de bonés na cidade de Apucarana. 2009. (Congresso Internacional de Administração – set/2010). Disponível em: http://intertemas.unitoledo.br/revista/index.php/ETIC/article/viewFile/2529/2053. .Acesso em: 29 jul. 2013.
  • [9] SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE FIAÇÃO E TECELAGEM DO ESTADO DE SÃO PAULO. Retalho fashion. Disponível em: http://sinditextilsp.org.br/images/stories/APOIO_4/Apresentao_Retalho_Fashion.pdfAndgt;. Acesso em: 29 jul. 2013.
  • [10] TACHIZAWA, Takeshy Gestão ambiental e responsabilidade social corporativa : estratégias de negócios focadas na realidade brasileira / Takeshy Tachizawa .- 4. ed. revista e ampliada – São Paulo : Atlas, 2006.
  • [11] ULIANO, J. DE C.; MATTGE, K.; ALMEIDA, A. A. Reuso de Resíduos Sólidos Têxteis para Oficinas de Confecções. Iniciação Científica CESUMAR- jan./jun, v. 15, n. 1. 2013.
  • [12] ZUMBACH, L.; MORETTI, G. ISSO 14001 Comentada. Disponível em http://necs.preservaambiental.com/ciclo-pdca-abordagem-de-processo-e-escopo-do-sistema-de-gestao-ambiental. Data de acesso: 12 de outubro de 2013.
Como citar:

PEREIRA, F. K.; OLSEN-SCALIANTE, M. H. N.; "REVISÃO DO PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS NUMA INDÚSTRIA DE CONFECÇÃO", p. 8018-8025 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0969-22037-165983

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações