Abstract - Open Access.

Idioma principal

Resistência A Antimicrobianos de Bactérias Gram Negativas Isoladas de Leite Orgânico e Leite Não Orgânico Comercializados Na Zona Sul do Rio de Janeiro

Resistência A Antimicrobianos de Bactérias Gram Negativas Isoladas de Leite Orgânico e Leite Não Orgânico Comercializados Na Zona Sul do Rio de Janeiro

Pereira, Beatriz Clarissa dos Santos Ferreira e; Nascimento, Janaína dos Santos; Costa, Leonardo Emanuel de Oliveira;

Abstract:

O leite é o produto de origem animal mais consumido pela população brasileira, especialmente por crianças e idosos, porém, segundo o Programa de Análise de Resíduos de Medicamentos Veterinários em Alimentos de Origem Animal (Pamvet) a presença de resíduos de antimicrobianos é comum, tornando o produto impróprio para o consumo humano. Aliado a este fato, cresce a cada ano a procura por alimentos de boa qualidade e valor nutricional. Em resposta a esta nova demanda do consumidor, introduziu-se no mercado os alimentos orgânicos que são considerados de melhor qualidade nutricional. Desta forma, objetivou-se com este trabalho identificar os isolados obtidos previamente em exames de qualidade microbiológica de leite orgânico e não orgânico e caracterizar a resistência aos antimicrobianos destas bactérias. Neste estudo foram analisadas 26 e 29 bactérias gram negativas isoladas respectivamente de leite orgânico e não orgânico, comercializados em estabelecimentos da Zona Sul da Cidade do Rio de Janeiro/Brasil que foram obtidas previamente na análise de qualidade microbiológica de 18 amostras de leite coletadas nos Bairros de Botafogo e Laranjeiras. Os isolados foram submetidos ao teste de oxidase e após foram identificados utilizando-se os Kits Bactray I, II e III (laborclin®). O antibiograma foi realizado segundo as normas do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). Entre as espécies identificadas destacamos as bactérias psicotróficas Acinetobacter sp., que apresentou maior frequência tanto em leite orgânico como em leite não orgânico, e Pseudomonas aeruginosa que foi obtida apenas de leite não orgânico. Entre as enterobactérias isoladas destacam-se: Klebsiella pneumoniae, Enterobacter cloacae e Escherichia coli. O teste de antibiograma dos isolados obtidos a partir de leite orgânico mostrou que: 15,4% foram intermediários ao imipenem, 34,6% dos isolados apresentaram resistência a tetraciclina, 15,4% apresentaram resistência a ampicilina e 3,8% foram resistentes a ceftazidima, cefotaxima, cloranfenicol e amicacina. O teste de antibiograma dos isolados obtidos a partir de leite não orgânico mostrou que: 17,2% foram intermediários ao imipenem, 3,4% dos isolados apresentaram resistência a tetraciclina, ceftazidima, cefotaxima, ampicilina e amicacina. A presença de várias bactérias resistentes no leite orgânico não era esperada, visto que, na produção dos produtos orgânicos de origem animal, não é permitido o uso de antibióticos para tratamento dos animais.

Abstract:

Palavras-chave: Acinetobacter sp., antibiograma, leite, orgânico, Pseudomonas aeruginosa,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/foodsci-microal-289

Referências bibliográficas
Como citar:

Pereira, Beatriz Clarissa dos Santos Ferreira e; Nascimento, Janaína dos Santos; Costa, Leonardo Emanuel de Oliveira; "Resistência A Antimicrobianos de Bactérias Gram Negativas Isoladas de Leite Orgânico e Leite Não Orgânico Comercializados Na Zona Sul do Rio de Janeiro", p. 45-46 . In: Proceedings of the XII Latin American Congress on Food Microbiology and Hygiene [=Blucher Food Science Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-201X, DOI 10.5151/foodsci-microal-289

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações