fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

REOLOGIA DE SOLUÇÕES DE ESPUMA SEMIRRÍGIDA DE POLIESTIRENO DISSOLVIDA EM D-LIMONENO

CELLA, R. F.; OLIVEIRA, P. F.; MACHADO, R. A. F.; BOLZAN, A.;

Artigo:

O descarte do poliestireno expansível (EPS), um tipo de espuma semirrígida de poliestireno, traz sérios impactos à coleta e disposição dos resíduos. A reciclagem de EPS pós-consumo é considerada pouco atrativa, devido principalmente ao elevado custo de transporte e a contaminação dos materiais coletados. A reciclagem por dissolução propicia a redução do volume e possibilita a filtração para a retirada de impurezas. Uma das dificuldades na avaliação da viabilidade deste método é a determinação da concentração de EPS adequada ao processo de reciclagem. Na literatura são apresentados valores divergentes de solubilidade, variando entre 0,26 g/mL e 0,56 g/mL. Propõe-se uma maneira alternativa de se avaliar a dissolução do EPS, através das concentrações críticas obtidas por experimentos de reologia. Neste trabalho foi medida a viscosidade a 25 °C de amostras de EPS dissolvidas em d-limoneno e foram determinados parâmetros reológicos, entre eles as regiões de concentração crítica. A transição da região muito diluída para a diluída variou entre 0,10 e 0,13 g/mL, e a concentração crítica que indica a transição da região diluída para a região onde são formados os emaranhamentos variou entre 0,24 e 0,27 g/mL. Foram obtidas soluções com concentração superior a 0,40 g/mL. Os valores determinados são importantes para a avaliação do processo de reciclagem, pois as concentrações críticas representam regiões onde há grande alteração no comportamento

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1088-21098-181919

Referências bibliográficas
  • [1] CELLA, Rafael Ferraz. Reciclagem de Espumas Semi-rígidas de Poliestireno pela Dissolução em Terpenos e Secagem em Secador de Tambor. Dissertação (mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2012.
  • [2] FRIED, Joel R. Polymer Science and Technology. New Jersey, USA: Prentice Hall PTR, 1995.
  • [3] GARCÍA, M.T.; DUQUE, G.; GRACIA, I.; LUCAS, A.; RODRÍGUEZ, J.F. Recycling extruded polystyrene by dissolution with suitable solvents. Journal Of Material Cycles And Waste Management. p. 2-5. 2009a. GARCÍA, M.T.; GRACIA, I.; DUQUE, G.; LUCAS, A.; RODRÍGUEZ, J.F. Study of the solubility and stability of polystyrene wastes in a dissolution recycling process. Waste Management. p. 1814-1818. 2009b. HATTORI, K.; NAITO, S.; YAMAUCHI, K.; NAKATANI, H.; YOSHIDA, T.; SAITO, S.; AOYAMA, M. Solubilization of Polystyrene into Monoterpenes. Advances in Polymer Technology, v. 27, p. 35-39. 2008.
  • [4] KAMPOURIS, E. M.; PAPASPYRIDES, C. D.; LEKAKOU, C. N. A model recovery process for scrap polystyrene foam by means of solvent systems. Conservation Andamp; Recycling, v.10, f. 4, p. 315-319, 1987.
  • [5] KAMPOURIS, E. M.; PAPASPYRIDES, C. D.; LEKAKOU, C. N. A model process for the solvent recycling of polystyrene. Polymer Engineering Andamp; Science, v.28, f.8, p. 534–537, 1988.
  • [6] MELLO, I.L.; COUTINHO, F.M.B.; DELPECH, M.C.; ALBINO, F.F.M.; SANTOS, S.M. Polibutadieno Alto-cis: Estudo Viscosimétrico em Tolueno e Ciclo-hexano. Polímeros: Ciência e Tecnologia. V. 16, n. 1, p. 53-60. 200
  • [7] NOGUCHI T.; MIYASHITA M., INAGAKI Y., WATANABE H. A new recycling system for expanded polystyrene using a natural solvent. Part 1. A new recycling technique. Packaging Technology and Science, v. 11, p. 19–2 1998.
  • [8] PAPASPYRIDES, C.D.; POULAKIS, J.G.; VARELIDES, P.C. A model recycling process for low density polyethylene. Resources, Conservation and Recycling, v.12, p. 177-184, 1994.
Como citar:

CELLA, R. F.; OLIVEIRA, P. F.; MACHADO, R. A. F.; BOLZAN, A.; "REOLOGIA DE SOLUÇÕES DE ESPUMA SEMIRRÍGIDA DE POLIESTIRENO DISSOLVIDA EM D-LIMONENO", p. 8172-8179 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1088-21098-181919

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações