fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

REMOÇÃO DE ÍONS DE COBRE E ZINCO EM SOLUÇÃO AQUOSA USANDO MACROALGA MARINHA PELVETIA CANALICULATA COMO BIOSSORVENTE

GIRARDI, F.; HACKBARTH, F. V.; BOAVENTURA, R. A. R.; VILAR, V. J. P.; SOUZA, S. M. A. G. de; SOUZA, A. A. ULSON de;

Artigo:

A capacidade natural de troca catiônica da macroalga Pelvetia canaliculata foi investigada para a remoção dos metais Cu2+ e Zn2+ de soluções aquosas. Através das técnicas de FTIR e de titulação potenciométrica foi possível determinar que os principais grupos funcionais presentes na superfície da alga responsáveis pela ligação dos metais são os grupos sulfônicos e carboxílicos, representando no total 2,5 mEq/g. Os ensaios de esterificação da biomassa permitiram a quantificação dos grupos sulfônicos (1,0 mEq/g) e grupos carboxílicos (1,5 mEq/g). Os coeficientes de seletividade de cobre ou zinco vs hidrogênio foram muito menores do que com o sódio, indicando que os íons de hidrogênios podem competir pelos mesmos sítios de ligação, diminuindo fortemente a remoção dos íons de cobre e zinco em baixos valores de pH. A pH 4,0 quase todos os sítios ativos presentes na superfície da alga foram ocupados pelos íons cobre ou zinco (∼2,4 mEq/g).

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1416-19403-151649

Referências bibliográficas
  • [1] DAVIS, T. A.; VOLESKY, B.; MUCCI, A. A review of the biochemistry of heavy metal biosorption by brown algae. Water Res., v. 37, n. 18, p. 4311-30, 2003.
  • [2] GIRARDI, F.; HACKBARTH, F. V.; DE SOUZA, S. M. A. G. U.; DE SOUZA, A. A. U.; BOAVENTURA, R. A. R.; VILAR, V. J. P. Marine macroalgae Pelvetia canaliculata (Linnaeus) as natural cation exchanger for metal ions separation: A case study on copper and zinc ions removal. Chem. Eng. J., v. 247, n. 0, p. 320-329, 2014.
  • [3] GÓMEZ-ORDÓÑEZ, E.; RUPÉREZ, P. FTIR-ATR spectroscopy as a tool for polysaccharide identification in edible brown and red seaweeds. Food Hydrocolloid., v. 25, n. 6, p. 1514-1520, 2011.
  • [4] HACKBARTH, F. V.; GIRARDI, F.; DE SOUZA, S. M. A. G. U.; DE SOUZA, A. A. U.; BOAVENTURA, R. A. R.; VILAR, V. J. P. Marine macroalgae Pelvetia canaliculata (Phaeophyceae) as a natural cation exchanger for cadmium and lead ions separation in aqueous solutions. Chem. Eng. J., v. 242, n. 0, p. 294-305, 201
  • [5] MARCUS, Y.; KERTES, A. S. Ion Exchange and Solvent Extraction of Metal Complexes, Wiley Interscience, John Wiley Andamp; Sons, London. 1969.
  • [6] MATHLOUTHI, M.; KOENIG, J. L. Vibrational spectra of carbohydrates. Adv. Carbohyd. Chem. Bi., v. 44, p. 7-89, 1987.
  • [7] OLIVEIRA, R. C.; HAMMER, P.; GUIBAL, E.; TAULEMESSE, J.-M.; GARCIA JR, O. Characterization of metal–biomass interactions in the lanthanum(III) biosorption on Sargassum sp. using SEM/EDX, FTIR, and XPS: Preliminary studies. Chem. Eng. J., v. 239, n. 0, p. 381-391, 2014.
  • [8] SUBBAIAH, M. V.; YUVARAJA, G.; VIJAYA, Y.; KRISHNAIAH, A. Equilibrium, kinetic and thermodynamic studies on biosorption of Pb(II) and Cd(II) from aqueous solution by fungus (Trametes versicolor) biomass. J. Taiwan Inst. Chem. Eng., v. 42, n. 6, p. 965-971, 2011.
  • [9] VOLESKY, B. Detoxification of metal-bearing effluents: biosorption for the next century. Hydrometallurgy, v. 59, n. 2–3, p. 203-216, 2001.
Como citar:

GIRARDI, F.; HACKBARTH, F. V.; BOAVENTURA, R. A. R.; VILAR, V. J. P.; SOUZA, S. M. A. G. de; SOUZA, A. A. ULSON de; "REMOÇÃO DE ÍONS DE COBRE E ZINCO EM SOLUÇÃO AQUOSA USANDO MACROALGA MARINHA PELVETIA CANALICULATA COMO BIOSSORVENTE", p. 8693-8700 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1416-19403-151649

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações