Resumo - Open Access.

Idioma principal

PRODUÇÃO E PURIFICAÇÃO DE ANTICORPOS POLICLONAIS ESPECÍFICOS PARA LECTINAS PROVENIENTES DE EXTRATO DE FORMAS PROMASTIGOTAS DE Leishmania infantum chagasi

Miranda, Bianca Meirelles; Carvalho, Thaís Vieira de; Martins, Thaís Viana Fialho; Vasconcelos, Priscila Ramos; Silva, Eduardo de Almeida Marques da;

Resumo:

As leishmanioses são endêmicas em todo mundo, tornando um grave problema de saúde pública. O antimônio pentavalente ainda é o fármaco de primeira escolha para o tratamento da doença, apesar de sua toxicidade. Por isso se torna necessário o desenvolvimento de novos tratamentos. A busca de moléculas que estejam envolvidas no processo de penetração é de grande valia para o delineamento de estratégias de controle desta e de outras doenças infecciosas. Nesse contexto, destacam-se as lectinas, um grupo de proteínas ubíquas cuja principal característica é se ligar a carboidratos solúveis ou presentes em glicolipídeos ou glicoproteínas. Essa propriedade despertou o interesse sobre a possível participação de lectinas no processo de adesão de microorganismos patogênicos a células de mamíferos. Nesse trabalho, para produção de anticorpos policlonais específicos para lectinas, 6 camundongos foram imunizados com a proteína recombinante de lectina de L. chagasi isolada mais adjuvante incompleto de Freund. No total foram 3 injeções (dias 1, 21 e 29), todas por via intraperitoneal. Para a purificação dos anticorpos, o soro obtido foi submetido à técnica com ácido caprílico e a concentração de IgG, verificada pelo método de BCA, foi de 660,6 μg/mL e volume total de 2 mL. O produto da purificação foi submetido à SDS-PAGE em condições redutoras ou não redutoras. Revelou-se bandas de aproximadamente 55 e 25 kDa, correspondentes às cadeias pesada e leve dos anticorpos, respectivamente. O grau de pureza das amostras foi determinado pela diminuição/ausência do traço de albumina na amostra, que é visualizada na altura de 66 kDa. Portanto, o presente estudo pode servir como base para outros trabalhos relacionados com o bloqueio do processo de internalização do protozoário, possibilitando a utilização desses anticorpos em procedimentos terapêuticos contra essa doença de grande importância para a saúde pública no Brasil.

Resumo:

Palavras-chave: Leishmania infantum chagasi, anticorpos, lectina,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/biochem-jaibqi-0038

Referências bibliográficas
Como citar:

Miranda, Bianca Meirelles; Carvalho, Thaís Vieira de; Martins, Thaís Viana Fialho; Vasconcelos, Priscila Ramos; Silva, Eduardo de Almeida Marques da; "PRODUÇÃO E PURIFICAÇÃO DE ANTICORPOS POLICLONAIS ESPECÍFICOS PARA LECTINAS PROVENIENTES DE EXTRATO DE FORMAS PROMASTIGOTAS DE Leishmania infantum chagasi", p. 62-63 . In: Anais da V Jornada Acadêmica Internacional de Bioquímica [= Blucher Biochemistry Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-5043, DOI 10.5151/biochem-jaibqi-0038

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações