Abstract - Open Access.

Idioma principal

Perfil de Sensibilidade de Staphylococcus Spp. A Frações Proteicas Extraídas de Erva Cidreira (Lippia Alba (Mill.) N.E. Brown)

Perfil de Sensibilidade de Staphylococcus Spp. A Frações Proteicas Extraídas de Erva Cidreira (Lippia Alba (Mill.) N.E. Brown)

Bandeira, Maria Gilnara Lima; Oliveira Filho, Rosueti Diógenes; Paiva, Weslley de Souza; Abrantes, Maria Rociene; Silva, Jean Berg Alves da; Damaceno, Marlene Nunes;

Abstract:

Em razão do grande aumento da resistência de micro-organismos patogênicos a múltiplas drogas, devido ao uso indiscriminado de antimicrobianos, surge a preocupação para a procura de novas alternativas terapêuticas. A Lippia alba, conhecida como erva cidreira, é utilizada popularmente para diversos fins terapêuticos. Objetivou-se com este trabalho avaliar o potencial antimicrobiano de proteínas extraídas de erva cidreira (Lippia alba (Mill.) N.E. Brown) em Staphylococcus spp. provenientes de alimentos de origem animal. Foram isolados Staphylococcus spp. de 23 amostras de alimentos diversos (09 amostras de leite, 09 de camarão, 03 de gema de ovo e 02 de bebida láctea sabor morango). As bactérias crescidas em ágar Baird-Parker foram transferidas para caldo BHI, após o crescimento, foi realizado o teste antimicrobiano pela técnica de difusão em disco em ágar Mueller-Hinton com as proteínas extraídas de erva cidreira (Lippia alba (Mill.) N.E. Brown). Foram testadas duas concentrações das proteínas obtidas do extrato bruto e de uma fração com 60-90% de saturação em sulfato de amônio, utilizando discos limpos embebidos em 15µl de cada concentração. O procedimento de leitura foi realizado medindo os halos de inibição formados ao redor dos discos, medidos com paquímetro após 24h de incubação a 37°C. Foram utilizados o antibiótico amicacina 30µg e sulfato de amônio, como controle positivo e negativo, respectivamente. Com o uso das proteínas do extrato bruto e da fração com 60-90% de saturação em sulfato de amônio, 17,3% e 56,5% das cepas foram inibidas, respectivamente. As proteínas extraídas de Lippia alba demonstraram potencial antimicrobiano contra cepas de Staphylococcus spp. isolados de alimentos. Esses resultados indicam a relevante atividade antimicrobiana e potencial uso das proteínas extraídas das folhas de erva cidreira.

Abstract:

Palavras-chave: Alimentos, Alternativas terapêuticas, Antimicrobiano,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/foodsci-microal-277

Referências bibliográficas
Como citar:

Bandeira, Maria Gilnara Lima; Oliveira Filho, Rosueti Diógenes; Paiva, Weslley de Souza; Abrantes, Maria Rociene; Silva, Jean Berg Alves da; Damaceno, Marlene Nunes; "Perfil de Sensibilidade de Staphylococcus Spp. A Frações Proteicas Extraídas de Erva Cidreira (Lippia Alba (Mill.) N.E. Brown)", p. 21-22 . In: Proceedings of the XII Latin American Congress on Food Microbiology and Hygiene [=Blucher Food Science Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-201X, DOI 10.5151/foodsci-microal-277

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações