Artigo - Open Access.

Idioma principal

O USO DE PROGRAMAÇÃO MATEMÁTICA PARA PROVA DA TEORIA DAS VANTAGENS COMPARATIVAS E A BALANÇA COMERCIAL

Bogosian Neto, Sdepan;

Artigo:

Este artigo trata de uma demonstração alternativa da Teoria das Vantagens Comparativas, desta vez com o uso de programação matemática (método simplex) a n países e p produtos. Na demonstração o trabalho é o único insumo. Com os resultados do mesmo modelo, e com o uso de um modelo matemático simplificado para o comércio internacional, é demonstrado que quanto mais tecnologia empregada, mais favorável a balança comercial.

Artigo:

This article deals with an alternative demonstration of Theory of Comparative Advantage, this time with the use of mathematical programming (simplex method) the n countries and p products. In this demonstration the work is the only input. With the results of the same model, and using a simplified mathematical model for international trade, it is shown that the more technology employed, the more favorable is the Balance of Trade.

Palavras-chave: Balança Comercial, Fronteiras de Possibilidade de Produção, Teoria das Vantagens Comparativas, Ricardo, Balance of Trade,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/marine-spolm2014-125359

Referências bibliográficas
  • [1] BARBOSA, A. de F. “O Mundo Globalizado: Política, Sociedade e Economia... 4a. Ed. São Paulo: Contexto, 2008.
  • [2] BOGOSIAN NETO, S. “Globalização, Regionalização e Multilateralismo: desafios para os países de terceiro mundo: A globalização e as vantagens e desvantagens da Especialização da produção para os países, com base na teoria das vantagens comparativas de ricardo.” Monografia apresentada à Escola de Guerra Naval como requisito parcial para recebimento do grau no curso superior. Rio de Janeiro: Escola de Guerra Naval, 2010.
  • [3] CARVALHO, M. A.; SILVA, C. R. L. Economia Internacional. 4ª. Ed., São Paulo: Saraiva, 2007.
  • [4] DORFMAN, F. SAMUELSON, P. A., SOLOW R. M.. Linear Programming and Economic Analysis. [s.l.]: Dover, [1987?].
  • [5] OHMAE, K. “O fim do Estado-Nação”. Tradução de Ivo Korytowski. Rio de Janeiro: Campus, 1996.
  • [6] RICARDO, D. “On the Principals of Political Enconomy and Taxation”. 1817. Disponível em: http://socserv.mcmaster.ca/econ/ugcm/3ll3/ricardo/Principles.pdf Acessso: 18 ago. 2010.
  • [7] SARKAR, P.. The Singer-Prebisch Hypothesis: A Statistical Evaluation. Revista Cambridge Journal of Economics. [s.l.], Vol. 10, No. 4, p. 355-371, 1986. Disponível em: Andlt;http://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=1018568##Andgt;. Acesso em: 25 ago. 2010.
  • [8] SINGER–PREBISCH thesis. In: WIKIPEDIA: a enciclopédia livre. [1999?]. Disponível em: Andlt;http://en.wikipedia.org/wiki/Prebish-SingerAndgt;. Acesso em: 22 jun. 2010
  • [9] SOUZA, N. A. “Economia Internacional Contemporânea: da Depressão de 1929 ao Colapso Financeiro de 2008”. São Paulo: Atlas, 200
  • [10] WILLIAMSON, J. A Economia Aberta e a Economia Mundial: Um Texto de Economia Internacional. Tradução de José Ricardo Brandão Azevedo, São Paulo: Campus, 1988.
  • [11] YOSHIDA, L. K. Programação Linear. São Paulo: Atual, 1987.
Como citar:

Bogosian Neto, Sdepan; "O USO DE PROGRAMAÇÃO MATEMÁTICA PARA PROVA DA TEORIA DAS VANTAGENS COMPARATIVAS E A BALANÇA COMERCIAL", p. 28-39 . In: In Anais do XVII Simpósio de Pesquisa Operacional e Logística da Marinha - SPOLM 2014 [=Blucher Engineering Proceedings, n.1, v.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2358-5498, DOI 10.5151/marine-spolm2014-125359

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações