Full Article - Open Access.

Idioma principal

Modernity boundaries in the process of understanding Brazilian Design

MIZANZUK, Ivan Alexander;

Full Article:

Modern mentality, according to sociologist Zygmunt Bauman, is a search for ‘control’ and ‘rationalization’ that reflects deeply in political choices. It will be explored the fact that Brazilian design, in some currents of thought, is told to have begun only in 1960s. By the end of the paper, we expose that such affirmation underlines a scientific view of design that only came into place in the 20th Century.

Full Article:

Palavras-chave: Design, Brazil, History, Modernity, Discourse,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/design-icdhs-047

Referências bibliográficas
  • [1] Bauman, Z. 1999. Modernidade e Ambivalência. Rio de Janeiro: Zahar.
  • [2] Bauman, Z. 1998. O Mal-Estar da Pós-Modernidade. Rio de Janeiro: Zahar.
  • [3] Bauman, Z. 2007. Tempos Líquidos. Rio de Janeiro: Zahar.
  • [4] Botelho, A. 2008. Uma Sociedade em Movimento e sua Intelligentsia: apresentação. In: BOTELHO, A.; BASTOS, E. R. And BÔAS, G. V. (Org.) O Moderno em Questão – a década de 1950 no Brasil: 15-23. Rio de Janeiro: Topbooks.
  • [5] Cardoso, R. 200 O Design Brasileiro antes do Design. São Paulo: Cosac Naify.
  • [6] Costa, A. M. da And SCHWARCZ, L. M. 2000. 1890–1914: no tempo das certezas. São Paulo: Companhia das Letras.
  • [7] Hardman, F. F. 2004. Trem Fantasma: a Modernidade na Selva. São Paulo: Companhia das Letras.
  • [8] Hobsbawm, E. J. 2010. A Era das Revoluções: 1789–184 São Paulo: Paz e Terra.
  • [9] Melo, C. H. de And RAMOS, E. 2011. Linha do Tempo do Design Gráfico no Brasil. São Paulo: Cosac Naify.
  • [10] Niemeyer, L. 2007. Design no Brasil: origens e instalação. Rio de Janeiro: 2AB.
  • [11] Oakeshott, M. 2000. El Racionalismo en la política. México: Fondo de Cultura Económica.
  • [12] Oakeshott, M. 2003. Sobre a História e Outros Ensaios. Rio de Janeiro: Topbooks.
  • [13] Rezende, L. L. 2005. A Circulação de Imagens no Brasil Oitocentista: Uma História com Marca Registrada. In: Cardoso, R. (Org.) O Design Brasileiro antes do Design: 20-57. São Paulo: Cosac Naify.
  • [14] Rouanet, S. P. 1994. Rouanet e a Crise da Modernidade. In: Rouanet, S. P. And Maffesoli, M. Moderno e Pós-Moderno: 39-50. Rio de Janeiro: UERJ.
  • [15] Weber, M. 2011. A Ética Protestante e o ‘Espírito’ do Capitalismo. São Paulo: Companhia das Letras.
  • [16] Wollner, A. 2003. Textos Recentes e Escritos Históricos. São Paulo: Rosari.
Como citar:

MIZANZUK, Ivan Alexander; "Modernity boundaries in the process of understanding Brazilian Design", p. 214-217 . In: Farias, Priscila Lena; Calvera, Anna; Braga, Marcos da Costa & Schincariol, Zuleica (Eds.). Design frontiers: territories, concepts, technologies [=ICDHS 2012 - 8th Conference of the International Committee for Design History & Design Studies]. São Paulo: Blucher, 2012. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, ISBN: 978-85-212-0692-7
DOI 10.5151/design-icdhs-047

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações