fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

MODELAGEM MATEMÁTICA DO CRESCIMENTO DE Byssochlamys fulva EM SUCO DE MAÇÃ SOLIDIFICADO SOB CONDIÇÕES NÃO–ISOTÉRMICAS, UTILIZANDO MEDIDAS DO DIÂMETRO DA COLÔNIA E DO CONTEÚDO DE ERGOSTEROL

TREMARIN, A.; LONGHI, D. A.; SALOMÃO, B. C. M.; ARAGÃO, G. M. F.;

Artigo:

O aumento da temperatura pode levar ao aumento da velocidade de crescimento de microrganismos como Byssochlamys fulva, que é um fungo termorresistente capaz de crescer em sucos de fruta. O objetivo deste trabalho foi a obtenção de um modelo matemático que possa prever o crescimento de B. fulva em condições ambientais não-isotérmicas e que possa ser utilizado para o estabelecimento da vida útil de sucos contaminados por este microrganismo. O crescimento de B. fulva em suco de maçã solidificado ao longo do tempo foi avaliado por medidas do diâmetro das colônias e pelo conteúdo de ergosterol. As curvas de crescimento foram descritas pelo modelo de Baranyi e Roberts, e a dependência dos parâmetros com a temperatura foi descrita por modelos secundários apropriados. A predição do crescimento foi reaizada para dois diferentes perfis de temperatura para cada método de medição. No primeiro perfil, placas foram incubadas a 10 °C, com aumento gradativo de temperatura até atingir 30 °C, e no segundo perfil houve a diminuição gradativa da temperatura de 30 °C para 10 °C. Os resultados experimentais mostraram que foi possível predizer o crescimento de B. fulva em suco de maçã solidificado em condições não-isotérmicas com o uso dos modelos matemáticos propostos. Palavras-chave: crescimento de fungos, microbiologia preditiva, condições não-

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0568-24905-171248

Referências bibliográficas
  • [1] BARANYI, J., ROBERTS, T.A. (1994). A dynamic approach to predicting bacterial growth in food. International Journal of Food Microbiology, 23, 277-294.
  • [2] CORRADINI, M.; PELEG, M. (2005). Estimating non-isothermal bacterial growth in foods from isothermal experimental data. Journal of Applied Microbiology, v. 99, n. 1, p. 187-200.
  • [3] GIANNUZZI, L., PINOTTI, A., ZARITZKY, N. (1998). Mathematical modeling of microbial growth in packaged refrigerated beef at different temperature. International Journal of Food Microbiology, v.39, p.101-110.
  • [4] GOSPAVIC, R., KREYENSHIMIDT, J., BRUCKNER, S., POPOV, V., HAQUE, N. (2008) Mathematical modeling for predicting the growth of Pseudomonas spp. in poultry under variable temperature condictions. International Journal of Food Microbiology, v.127, p.290-297.
  • [5] Área temática: Engenharia e Tecnologia de Alimentos 7GOUGOULI, M., ANGELIDIS, A. S., KOUTSOUMANIS, K. (2008). A study on the kinetic behavior of Listeria monocytogenes in ice cream stored under static and dynamic chilling and freezing conditions. Journal of Dairy Science 91, 523–530.
  • [6] GOUGOULI, M.; KOUTSOUMANIS, K. (2010). Modelling growth of Penicillium expansum and Aspergillus niger at constant and fluctuating temperature conditions. International Journal of Food Microbiology, v. 140, n. 2-3, p. 254-262.
  • [7] KOUTSOUMANIS, K. (2001). Predictive modeling of the shelf life of fish under non-isothermal conditions. Applied and Environmental Microbiology, v. 67, n. 4, p. 1821-1829.
  • [8] LAGUERRE, O., DERENS, E., PALAGOS, B. (2002). Study of domestic refrigerator temperature and analysis of factors affecting temperature: a French survey. International Journal of Refrigeration 25, 653–659.
  • [9] LONGHI, D. A., DALCANTON, F., ARAGÃO, G. M. F., CARCIOFI, B. A. M., LAURINDO, J. B. (2013) Assessing the prediction ability of different mathematical models for the growth of Lactobacillus plantarum under non-isothermal conditions. J Theor Biol, 335, 88–96.
  • [10] ROSS, T. (1996). Indices for performance evaluation of predictive models in food microbiology. Journal of Applied Bacteriology, v.81, p.501-508.
  • [11] SALOMÃO, B. C. M.; MASSAGUER, P. R.; ARAGÃO, G. M. F (2008). Isolamento e seleção de fungos filamentosos termorresistentes do processo produtivo de néctar de maçã. Ciência e Tecnologia de Alimentos, 28, 116-121.
  • [12] SANT’ANA, A. S., ROSENTHAL, A., MASSAGUER, P.R. (2009). Heat resistance and effects of continuous pasteurization on the inactivation of Byssochlamys fulva ascospores in clarified apple juice. Journal of Applied Microbiology 107, 197–209.
  • [13] SILVA, P. R. S., MARCZAK, L. D. F., TESSARO, I. C. (2013). Integrating a kinetic microbial model with a heat transfer model to predict B. fulva growth in refrigerated papaya pulp. Journal of Food Engineering. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.jfoodeng.2004.014.
  • [14] TREMARIN, A. (2013) Modelagem matemática do crescimento de Byssochlamys fulva e Neosarthorya fischeri em suco de maçã solidificado sob condições isotérmicas e não-isotérmicas. Tese de Doutorado em Engenharia de Alimentos, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis/SC/Brasil. ZWIETERING, M. H.; DE WIT, J.C.; CUPPERS, H.G.A.M.; VAN’T RIET, K., (1994). Modeling of bacterial-growth with shifts in temperature. Applied and Environmental Microbiology, v. 60, n. 1, p. 204-213.
Como citar:

TREMARIN, A.; LONGHI, D. A.; SALOMÃO, B. C. M.; ARAGÃO, G. M. F.; "MODELAGEM MATEMÁTICA DO CRESCIMENTO DE Byssochlamys fulva EM SUCO DE MAÇÃ SOLIDIFICADO SOB CONDIÇÕES NÃO–ISOTÉRMICAS, UTILIZANDO MEDIDAS DO DIÂMETRO DA COLÔNIA E DO CONTEÚDO DE ERGOSTEROL", p. 3703-3710 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0568-24905-171248

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações