fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ÓLEO DE ARROZ (ORYZA SATIVA): DEGOMAGEM E NEUTRALIZAÇÃO

ENGELMANN, J. I.; CREXI, V. T.; MORAIS, M. M.;

Artigo:

O óleo de arroz é obtido a partir do farelo de arroz, tendo como diferencial em relação aos demais óleos a presença de γ-orizanol. Para que o óleo de arroz esteja apto ao consumo é necessário que este passe pelo processo de refino. entre as etapas do refino tem-se a degomagem e a neutralização.. A degomagem visa a separação dos fosfolipídeos presentes no óleo de arroz, obtendo-se como subproduto a lecitina. A neutralização visa reduzir a acidez livre presente no óleo. Com base no exposto, este trabalho teve como objetivo estudar as etapas de degomagem e neutralização do óleo de arroz, a fim de obter um óleo com menor acidez livre e teor de fósforo e maior teor de γ-orizanol. Os experimentos foram realizados a partir de um planejamento experimental fatorial. As variáveis de estudo para a degomagem foram a temperatura (60 e 80°C) e o percentual de água (1 e 5%). Para a neutralização as variáveis de estudo foram temperatura (60 e 80° C) e percentual de excesso de NaOH (20 e 40%). No estudo da degomagem pode-se verificar que nas condições de 5% de água e 60°C obteve-se um óleo com menor teor de fósforo, 2,4mg/100g. No estudo da etapa de neutralização foi possível observar que a melhor região de trabalho situa-se próxima à condição de 40% de excesso de NaOH e temperatura de 60°C, onde se obteve uma acidez de 5,67±0,06 (%ácido oléico) e teor de γ-orizanol de 1,35±0,09.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0954-22166-172529

Referências bibliográficas
  • [1] BUCCI, R., MAGRI, A.L, MARINI, F(2003). Comparison of three spectrophotometric methods for the determination of γ-oryzanol in rice bran oil. Analytical and Bioanalytical Chemistry. 375,p.1254–1259, 2003.
  • [2] CALHEIROS, M.N.; Extração de orizanol da borra de neutralização do óleo de farelo de arroz. UFSC. Florianópolis – SC, 2007.
  • [3] CASTEJON, L. V.; Estudo da clarificação da lecitina de soja. Dissertação de mestrado. Universidade de Uberlândia. Minas Gerais, 2010 CREXI, V. T., GRUNENNVALDT, F. , SOARES, L. , PINTO, L. A. A Deodorisation process variables for croaker (M. furnieri) oil. Food Chemistry, v. 114, p. 396-401,2009.
  • [4] DORSA, R. Tecnologia de óleos vegetais. 1. ed. São Paulo: Ideal, 200 463p. NAVARRO, F. M. S. et al. ; Desacidificação do óleo de farelo de arroz durante o processo de extração líquido-líquido. Estudo da variação de solventes. Exacta, vol. 5, núm. 1, janeiro-junho, 2007, pp. 163-167.
  • [5] PAUCHAR-MENACHO, L.M, SILVA, L.H., SANT’ANA, A.S., GONÇALVES, L.A. Refino do óleo de farelo de arroz (Oryza Sativa L.) em condições brandas para preservação do γ-orizanol. Ciencia e Tecnologia de Alimentos. 27,45-53p, 2007.
  • [6] RODRIGUES, C.E.C.; Desacidificação do oleo de farelo de arroz por extração liquido-liquido. Tese de Doutorado. Unicamp. Campinas-SP, 2004.
Como citar:

ENGELMANN, J. I.; CREXI, V. T.; MORAIS, M. M.; "ÓLEO DE ARROZ (ORYZA SATIVA): DEGOMAGEM E NEUTRALIZAÇÃO", p. 4086-4093 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0954-22166-172529

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações