fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA DA BIORREFINARIA DE CANA-DE-AÇÚCAR UTILIZANDO O PRÉ-TRATAMENTO HIDROTÉRMICO PARA O BAGAÇO

OLIVEIRA, C. M. de; CRUZ, A. J. G. da; COSTA, C. B. B;

Artigo:

O aumento na demanda por biocombustíveis tem impulsionado o desenvolvimento de novas tecnologias, como a produção de etanol a partir da hidrólise do bagaço. Neste trabalho foi realizada a integração energética de uma biorrefinaria de cana-de-açúcar através da análise Pinch, técnica consagrada na área de integração energética. A biorrefinaria consiste do processo de produção de etanol de 1ª/2ª geração e energia elétrica, empregando o pré-tratamento hidrotérmico para o bagaço. A partir dos conceitos da análise Pinch foi possível sintetizar duas redes de trocadores de calor, na qual os custos com utilidades são reduzidos. Os processos com as redes de trocadores propostas foram comparados com os processos sem integração energética e com o processo com integração de projeto, comumente encontrado nas usinas brasileiras. Os resultados demonstraram que a redução no consumo energético pode chegar a 60% em relação ao processo sem integração e a 40% em relação processo com integração de projeto.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1847-17225-182792

Referências bibliográficas
  • [1] BRASIL. Ministério de Minas e Energia. Boletim mensal dos combustíveis renováveis, Brasília, 2012 a. BRASIL. Ministério de Minas e Energia e Empresa de Pesquisa Energética. Plano Decenal de Expansão da Energia 2021, Brasília, 2012 b. BRASIL. Ministério de Minas e Energia e Empresa de Pesquisa Energética. Avaliação do comportamento dos usuários de veículos flex fuel no consumo de combustíveis no Brasil, Brasília, 2013 a. BRASIL. Conselho Interministerial do Açúcar e do Álcool. Resolução nº 1, de 28 de fevereiro de 2013. Diário Oficial da União, Brasília, 2013 b. BRASIL. Ministério de Minas e Energia. Boletim mensal dos combustíveis renováveis (ed. 63). Área temática: Simulação, Otimização e Controle de Processos 7Brasília, 2013 c. CERDA, J.; WESTERBERG, A. W.; MASON, D.; LINNHOFF, B. Minimum utility usage in heat exchanger network synthesis. Chem. Eng. Sci., v. 38, p. 373-387, 1983.
  • [2] CHANDRA, R.; TAKEUCHI, H.; HASEGAWA, T. Hydrothermal pretreatment of rice straw biomass: A potential and promising method for enhanced methane production. Appl. Energ., v. 94, p. 129-140, 201
  • [3] ELSEVIER LTD. Pinch Analysis and Process Integration: Pinch analysis spreadsheet. 2007.
  • [4] Disponível em: http://www.elsevierdirect.com/v2/companion.jsp?ISBN=9780750682602. Acessado em: 18 mar. 201
  • [5] FLOWER, J. R.; LINNHOFF, B. Thermodynamic analysis in the design of process networks. Comput. Chem. Eng., v. 3, p. 283-291, 1979.
  • [6] FURLAN, F. F.; TONON FILHO, R.; PINTO, F. H. P. B.; COSTA, C. B. B.; 2, CRUZ, A. J. G.; GIORDANO, R L. C.; GIORDANO, R. C. Bioelectricity versus bioethanol from sugarcane bagasse: is it worth being flexible? Biotechnol. Biofuels, v. 6, p. 142-143, 2013.
  • [7] FURLAN, F. F.; COSTA, C. B. B.; CRUZ, A. J. G.; SECCHI, A. R.; SOARES, R. P.; GIORDANO, R. C. Integrated tool for simulation and optimization of a first and second generation ethanol-from-sugarcane production plant. Comput. Aided Process Eng., v. 30, p. 81-85, 2012.
  • [8] LARSEN, J; Ostergaard, H.; Thirup, L. Inbicon makes lignocellulosic ethanol a commercial reality. Biomass Bioenerg., v. 46, p. 36-45, 2012.
  • [9] LINNHOFF, B.; HINDMARSH E. The pinch design method for networks. Chem. Eng. Sci., v. 38, p. 745-763, 1983.
  • [10] MARTÍN, A.; MATO, A. F. Hint: An educational software for heat exchanger network design with the pinch method. Educ. Chem. Eng., v. 3, p. e6-e14, 2008.
  • [11] MOSIER, N.; WYMAN, C.; DALE, B.; ELANDER, R.; LEE, Y. Y.; HOLTZAPPLE M.; LADISCH M. Features of promising technologies for pretreatment of lignocellulosic biomass. Bioresource Technol., v. 96, p. 673–686, 2005.
  • [12] PANJESHAHI, M. H.; LANGEROUDI E. J.; TAHOUNI N. Retrofit of ammonia plant for improving energy efficiency. Energ. v. 33, p. 46–64, 2008.
  • [13] PÉREZ, J. A.; BALLESTEROS, I.; BALLESTEROS, M.; SÁEZ, F.; NEGRO M. J.; MANZANARES P. Optimizing Liquid Hot Water pretreatment conditions to enhance sugar recovery from wheat straw for fuel-ethanol production. Fuel, v. 87, p. 3640-3647, 2008.
  • [14] YOON, S. G.; LEE, J.; PARK, S. Heat integration analysis for an industrial ethylbenzene plant using Pinch analysis. Appl. Therm. Eng., v. 27, p. 886-893, 2007.
  • [15] YU, Q.; ZHUANG, X.; LV, S.; HE, M.; ZHANG, Y.; YUAN, Z.; QI, W.; WANG, Q.; WANG W.; TAN, X. Liquid hot water pretreatment of sugarcane bagasse and its comparison with chemical pretreatment methods for the sugar recovery and structural changes. Bioresource Technol., v. 129, p. 592-598 2013.
Como citar:

OLIVEIRA, C. M. de; CRUZ, A. J. G. da; COSTA, C. B. B; "INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA DA BIORREFINARIA DE CANA-DE-AÇÚCAR UTILIZANDO O PRÉ-TRATAMENTO HIDROTÉRMICO PARA O BAGAÇO", p. 12880-12887 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1847-17225-182792

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações