fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

INFLUÊNCIA DOS CONTAMINANTES NO RENDIMENTO FERMENTATIVO NA PRODUÇÃO DO BIOETANOL

GOMES, M. A.; OLIVEIRA, J. H. S.; AMPARO, C. C.; ALMEIDA, R. M. R. G.;

Artigo:

As crescentes necessidades de energia da população mundial têm motivado uma corrida sem precedentes à produção de combustíveis renováveis. Nesse contexto, pesquisas vêm sendo realizadas para transformar materiais lignocelulósicos em etanol. Se tratando da matriz lignocelulósica é imprescindível à realização de um pré-tratamento, disponibilizando os açúcares fermentescíveis para produção bioetanol. Durante o processo de pré-tratamento ocorre à geração de inibidores potenciais. O estudo avaliou o rendimento fermentativo na presença desses contaminantes através de um planejamento experimental fatorial 2

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0483-25274-172574

Referências bibliográficas
  • [1] BOX, G. E. P.; WETZ, J. Criteria for judging adequacy of estimation by an approximate response function. University of Wisconsin Technical Report 9, 1973; BRUNS, R. E.; NETO, B. B.; SCARMINIO, I. S.. Como Fazer Experimentos – Pesquisa e Desenvolvimento na Ciência e na Indústria. Editora Unicamp, 3° edição, 2007.
  • [2] FREITAS, C. S. S. Utilização da citometris de fluxo multiparamétrica na monitorização da resposta fisiológica da levedura Saccharomyces carlsbergensis em presença de ácido acético na produção de bioetanol. 76p. Dissertação de mestrado – Departamento de Engenharia de Sistemas Bioenergéticos, Universidade Técnica de Lisboa, Lisboa, 2011.
  • [3] MOSIER, N.; WYMAN, C.; DALE, B.; ELANDER, R.; LEE, Y.Y.; HOLTZAPPLE, M.; LADISCH, M. Features of promising technologies for pretreatment of lignocellulosic biomass. Bio. Tech., v.96, p.673-686, 2005.
  • [4] PEREIRA Jr., N. Biomassas residuais de composição lignocelulósica para a produção de etanol e o contexto de refinaria, 2007.
  • [5] Renewable Fuels Association. Etanol industry statistics, 2010. Disponível em: Área temática: Processos Biotecnológicos 6http://www.ethanolrfa.org/pages/statistics. SANTOS, M. S. R. Estudo de pré-tratamento de palha e sabugo de milho – visando a produção de etanol de 2G. 77p. Dissertação de mestrado – Departamento de Engenharia Química, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2014.
  • [6] TAHERZADEH, M. J.; KARIMI, K. Acid-based hydrolysis processes for etanol from lignocellulosic materials: a review. Bio. Resources, Vol 2, 472-499. (2007). TALCOTT, S.T.; HOWARD, L.R. Phenolic Autoxidationis Responsible for Color Degradation in Processed Carrot Puree. Journal of Agricultural Food Chemistry, v.47, p.2109-2115, 1999.
  • [7] WOLF, L. D. Pré-tratamento organossolve do bagaço de cana-de-açúcar para a produção de etanol e obtenção de xilooligômeros. 147p Dissertação (Mestrado em Engenharia Química na Área de Pesquisa e Desenvolvimento de Processos Químicos) – Universidade Federal de São Carlos, São Paulo, 2011.
  • [8] ZHANG, Y.; WANG, L.; CHEN, H. Formation kinetics of potential fermentation inhibitors in a steam explosion process of corn straw. Applied Bioch. Biotechnol, v. 169, p. 359–367, 2013.
  • [9] ZHAO, X.-Q.; ZI, L.-H.; B., F.-W.; L., H.-L.; H., X.-M.; Y., G.-J.; HO, N. W. Y. Bioethanol from lignocellulosic biomass. Adv. Bioch. Engin/Biotechnol, 2011.
Como citar:

GOMES, M. A.; OLIVEIRA, J. H. S.; AMPARO, C. C.; ALMEIDA, R. M. R. G.; "INFLUÊNCIA DOS CONTAMINANTES NO RENDIMENTO FERMENTATIVO NA PRODUÇÃO DO BIOETANOL", p. 686-692 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0483-25274-172574

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações