Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Influência do Solo na Corrosão de Hastes de Âncora Utilizadas no Estaiamento de Redes Elétricas.

Soil Influence in Corrosion of Anchor Rods Used in Rigging of Electrical Network

FERNANDES, Anderson Millano de Sousa; SILVA, Anderson Nunes; OLIVEIRA, André Moreira de; MARTINS, Daniel Freitas Freire;

Completo:

Por muitas décadas se faz o uso do revestimento de zinco sobre o aço, alcançado através de galvanização por imersão a quente, para protegê-lo da corrosão em suas diversas aplicações, pois de acordo com a utilização do aço galvanizado, vários quesitos devem ser analisados para uma maior eficiência e segurança nos projetos. Com isso, estudos são realizados nessa área com a finalidade de ampliar a vida útil das peças, reduzindo os custos com manutenção e substituição delas. Sabe-se que a corrosão de estruturas enterradas pode ser causada tanto pelas propriedades físico-químicas e biológicas do solo, como por fatores externos. São diversos os fatores que contribuem para a corrosividade dos solos. Dentre estes se incluem o tipo de solo, suas características estruturais, permeabilidade, teor de umidade, grau de aeração, conteúdo de sais solúveis, acidez e presença de micro-organismos. Para tornar o meio ainda mais complexo, alguns destes fatores são inter-relacionados. Neste trabalho foram selecionados 10 postes e realizaram-se quatro coletas dos solos, com um intervalo de 30 dias de uma para outra, com a utilização de um trado holandês. As porções obtidas foram armazenadas em sacos plásticos, as quais foram levadas ao laboratório para realização das análises físico-químicas necessárias. No laboratório as amostras foram secadas, destorroadas, separadas nas frações do solo por tamização e homogeneização da fração < 2 mm, assim denominada “terra fina seca ao ar” (TFSA), que foi utilizada para os ensaios. Os ensaios feitos foram umidade, condutividade, salinidade, pH, matéria orgânica, sódio, potássio, cálcio, magnésio e RAS. Esses ensaios foram realizados no intuito de verificar quais os principais agressores do solo da região que influenciam na corrosão das hastes. Os principais resultados obtidos foram alto teor de umidade nos solos argilosos, por existir uma maior retenção de água devido à presença de microporos, o que torna esse solo mais agressivo para as hastes do que os demais analisados. As camadas mais superficiais tendem a apresentar cores mais escuras em função do maior teor de matéria orgânica e os solos da região foram encontrados como sendo salino, que é um tipo de solo prejudicial às estruturas metálicas devido ao alto teor de sais e baixa resistividade elétrica.

Completo:

For many decades it makes the use of zinc coating on steel, reached via dip galvanizing hot, to protect it from corrosion in its various applications, since according to the use of galvanized steel, several issues should be analyzed for greater efficiency and security in the projects. Thus, studies are carried out in this area in order to extend the life of parts, reducing maintenance costs and replacement of them. It is known that corrosion of buried structures can be caused by both physical-chemical and biological properties of the soil, and by external factors. There are several factors that contribute to the corrosivity of the soil. Among these include soil type, their structural characteristics, permeability, moisture content, degree of aeration, soluble salts content, acidity and the presence of micro-organisms. To make the medium even more complex, some of these factors are interrelated. In this work we selected 10 poles and four were held soil collected at an interval of 30 days from one to another, using a Dutch auger. The portions obtained were stored in plastic bags, which were taken to the laboratory to carry out the necessary physical and chemical analysis. In the laboratory, the samples were dried, destorroadas separated fractions in the soil by wet sieving and homogenizing the fraction <2 mm, so called "air dried soil" (TFSA), which was used for the tests. The tests were done moisture, conductivity, salinity, pH, organic matter, sodium, potassium, calcium, magnesium and RAS. These tests were conducted in order to verify what are the main perpetrators of the soil in the area that influence the corrosion of the rods. The main results were high moisture content in clay soils, because there is a greater retention of water due to the presence of micropores, which makes this more aggressive soil for the stems than the other analyzed. The superficial layers tend to have darker colors due to the higher organic matter content and soil in the area were found to be saline, which is a type of harmful ground the metallic structures due to the high salt content and low electrical resistivity .

Palavras-chave: Aço galvanizado; análises físico-químicas; salinidade; sais solúveis.,

Palavras-chave: galvanized steel; physical and chemical analysis; salinity; soluble salts. ,

DOI: 10.5151/chenpro-5erq-eng18

Referências bibliográficas
  • [1] A FABRICAÇÃO do aço. 2014. Disponível em: https://esquadraodoconhecimento.wordpress.com/ciencias-da-natureza/quim/a-fabricacao-do-aco/. Acesso em: 25/09/2015
  • [2] ANDREOLI, Cleverson V.; Andreoli, Fabiana de Nadai; Justi Junior, Jorge. Formação e características dos solos para o entedimento de sua importância agrícola e ambiental. In: Andreoli, Cleverson v.; torres, Patrícia Lupion. Complexidade: redes e conexões do ser sustentável. Curitiba: kairós, 2014. P. 511-529.
  • [3] ARCELORMITTAL VEGA DO SUL (Santa Catarina). Galvanizados. Disponível em: http://www.vegadosul.com.br/produtos_mercados/galvanizados/galvanizados.asp>. Acesso em: 14 jun. 2015.
  • [4] CAMARGO, Otávio Antônio de.; MONIZ, Antônio Carlos; JORGE, José Antônio; VALADARES, José Maria Aires da Silva. Métodos de Análise Química, Mineralógica e Física de Solos do Instituto Agronômico de Campinas. Campinas: Instituto Agronômico, 2009. 77 p.
  • [5] CASTRO, Dênis de Freitas. ESTUDO DA CORROSÃO DO AÇO 1020 NO SOLO NATURAL ARGILOSO DA REGIÃO AMAZÔNICA. 2013. 83f. Dissertação (Pós-Graduação em Engenharia de Recursos) – Faculdade de Tecnologia da Universidade Federal do Amazonas, Manaus.
  • [6] COMPANY, A.b. Chance. Helical Screw Foundation System Design Manual for New Construction. Shelton, Ct: ©copyright 2003 Hubbell, Inc, 2003.
  • [7] EMBRAPA (Rio de Janeiro). Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Manual de métodos de análise de solo. 2. Ed. Rio de Janeiro: Embrapa, 199 564 p.
  • [8] FANG, S.J.; ROY, S. AND KRAMER, J. “Transmission Structures” Structural Engineering Handbook Ed. Chen Wai-Fah Boca Raton: CRC Press LLC, 1999..
  • [9] GENTIL, Vicente. Corrosão. 6. ed. Rio de Janeiro: Grupo Gen - Ltc, 2011. 376 p.
  • [10] GERARD, Jack. Properties of Clay Soil. Disponível em: . Acesso em: 23 set. 2015.
  • [11] GOMES, L. P. Diagnóstico de Corrosão e Proteção Catódica em Tubulações Enterradas de Plantas Industriais, Boletim Técnico da IEC – Instalações e Engenharia de Corrosão Ltda, nº, IEC-SPD001-IT-001, 30p. 2001.
  • [12] INSTITUTO DE METAIS NÃO FERROSOS. Guia de galvanização por imersão a quente. ICZ, [20--].
  • [13] MONTEIRO, G. S. ; SILVA, J. N ; LÔBO, H. L. L. . Estudo Da Razão De Adsorção De Sódio Do Rejeito De Dessalinizadores Implantados No Semiárido Paraibano. Enciclopédia Biosfera, v. 5, p. 01-06, 2009.
  • [14] SICETEL (São Paulo). ANÁLISE DO MERCADO DO AÇO 20 São Paulo: Sicetel, 20
Como citar:

FERNANDES, Anderson Millano de Sousa; SILVA, Anderson Nunes; OLIVEIRA, André Moreira de; MARTINS, Daniel Freitas Freire; "Influência do Solo na Corrosão de Hastes de Âncora Utilizadas no Estaiamento de Redes Elétricas.", p. 1048-1058 . In: Anais do V Encontro Regional de Química & IV Encontro Nacional de Química [=Blucher Chemistry Proceedings].. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-4043, DOI 10.5151/chenpro-5erq-eng18

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações