fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

INFLUÊNCIA DA CONCENTRAÇÃO DE SAL NA ADSORÇÃO DE TENSOATIVOS IÔNICOS EM ARENITOS

CURBELO, F. D. S.; GARNICA, A. I. C.; CLERICUZI, G. Z.; CARDOSO, R. S.; FREITAS, J. C. O.; MELO, D. M. A.;

Artigo:

Dentre os métodos químicos utilizados para recuperação avançada de petróleo tem-se a Injeção de solução de tensoativos, que é um processo em que se pressupõe uma certa interação química entre o fluido injetado e os fluidos do reservatório. Entretanto, na injeção de tensoativos, inevitavelmente, ocorre a perda de tensoativo por adsorção nas rochas, podendo reduzir a eficiência do método utilizado. As elevadas concentrações salinas presentes nas bacias petrolíferas devem ser levadas em consideração durante a aplicação deste método. Neste trabalho, foram avaliadas as influências dos sais KCl e NaCl na adsorção de um tensoativo aniônico em arenito, nas concentrações de 2,0 % KCl e 1,0; 2,0 e 4,0% NaCl, em peso, e obtidas as isotermas de adsorção para cada um dos sais e suas respectivas concentrações. Para o NaCl, as concentrações estudadas apresentaram semelhanças nas isotermas de adsorção e a concentração de sal influenciou na quantidade de tensoativo adsorvida. As avaliações do comportamento térmico das amostras de arenito puro e arenito adsorvido com sabão base foram verificados pelas análises de TG/DTG. Comparando os sais, verifica-se que a quantidade de tensoativo adsorvida foi menor com o KCl, provavelmente, devido ao seu maior raio atômico. Deste estudo, conclui-se que o fator de recuperação de óleo é afetado, significativamente, pelas altas concentrações de sal, sendo necessário uma quantidade maior de tensoativo para se obter o mesmo fator de recuperação de petróleo.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0285-26189-179675

Referências bibliográficas
  • [1] Curbelo, F. D. S. Recuperação avançada de petróleo utilizando tensoativos. 2006. 190 f. Tese de doutorado em Engenharia Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.
  • [2] Schramm, L. L. Emulsions, Fundamentals and Applications in the Petroleum Industry; American Chemical Society, Washington, DC, 199
  • [3] Schramm, L. L. Surfactants: Fundamentals and Applications in the Petroleum Industry, Cambridge University Press, United Kingdom, 2000.
  • [4] ShamsiJazeyi, H.; Verduzco, R.; Hirasaki, G. Reducing adsorption of anionic surfactante for enhanced oil recovery: Part II. Applied aspects. Colloids and surfaces A: physicochemical and engineering aspects, in press, 201
  • [5] Somasundaran, P.; Zhang, L. Adsorption of surfactants on minerals for wettability control in improved oil recovery processes. Journal of Petroleum Science and Engineering. v.52, p.198-212, 2006.
  • [6] Foust, A. S.; Wenzel, L. A.; Clump, C. W.; Maus, L.; Andersen, L. B., Princípios das Operações Unitárias, 2º Edição, Guanabara Dois, Rio de Janeiro, RJ, 1982.
Como citar:

CURBELO, F. D. S.; GARNICA, A. I. C.; CLERICUZI, G. Z.; CARDOSO, R. S.; FREITAS, J. C. O.; MELO, D. M. A.; "INFLUÊNCIA DA CONCENTRAÇÃO DE SAL NA ADSORÇÃO DE TENSOATIVOS IÔNICOS EM ARENITOS", p. 14738-14745 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0285-26189-179675

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações