Resumo - Open Access.

Idioma principal

IDENTIFICAÇÃO MORFOLÓGICA DE LEVEDURAS ISOLADAS DE PACIENTES COM QUADRO CLÍNICO DE CANDIDÍASE VULVOVAGINAL

Andrade, Jessica Tauany; Sousa, Carla Daiane Ferreira de; Freitas, Anderson Junior de; Araújo, Marcelo Gonzaga de Freitas; Ferreira, Jaqueline Maria Siqueira;

Resumo:

Candida albicans é a espécie de levedura mais importante encontrada no trato genital feminino, 75% das mulheres adultas tiveram episódios de candidíase vulvovaginal (CVV), com prevalência de C.albicans de 70 a 90%. Tendo em vista a existência de relatos de resistência desta espécie a azóis e o fato da CVV poder ser causada por outras espécies, é importante a identificação correta da levedura para a seleção de um antifúngico para o tratamento eficaz. O objetivo deste trabalho foi realizar a identificação macro e micromorfológica de cinco leveduras isoladas de pacientes com quadro clínico de CVV. Para isso, foram feitos (i) Estudos das características macromorfológicas da levedura; (ii) Prova do tubo germinativo; (iii) Cultivo em lâmina para prova de formação de Clamidósporo e (iv) Testes bioquímicos. Os cinco isolados clínicos testados apresentaram como características macromorfológicas coloração branca ou creme, textura cremosa e superfície lisa em ágar Sabouraud dextrose, bem como formação de sedimento em caldo Sabouraud dextrose. Em relação às características micromorfológicas, foi verificada a formação de tubo germinativo após 3 horas de incubação a 370 C. Através do cultivo em lâmina, foi verificada a formação de clamidoconídios após 24, 48 e 72 horas de incubação a 370 C, visualizados com auxílio de microscópio óptico acoplado à câmara. Nos testes bioquímicos foi verificado reação positiva para fermentação de glicose, com mudança do pH do meio e produção de gás, bem como, reação negativa para fermentação de sacarose e prova de urease. Os resultados obtidos são indicativos que os cinco isolados clínicos pertencem à espécie C.albicans. A relevância de um diagnóstico certeiro, ao nível de espécie é importante para a escolha de um tratamento eficaz e correto, tendo em vista a resistência que esta espécie tem apresentado aos antifúngicos disponíveis no mercado.

Resumo:

Palavras-chave: Identificação de leveduras, Candida albicans, características macro e micro morfológicas,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/biochem-jaibqi-0087

Referências bibliográficas
Como citar:

Andrade, Jessica Tauany; Sousa, Carla Daiane Ferreira de; Freitas, Anderson Junior de; Araújo, Marcelo Gonzaga de Freitas; Ferreira, Jaqueline Maria Siqueira; "IDENTIFICAÇÃO MORFOLÓGICA DE LEVEDURAS ISOLADAS DE PACIENTES COM QUADRO CLÍNICO DE CANDIDÍASE VULVOVAGINAL", p. 83-84 . In: Anais da V Jornada Acadêmica Internacional de Bioquímica [= Blucher Biochemistry Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-5043, DOI 10.5151/biochem-jaibqi-0087

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações