Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Fitorremediação da água de rejeito de dessalinizadores utilizados no oeste potiguar por Eichhornia crassipes

Phytoremediation of waste water of desalination plants used at potiguar west by Eichhornia crassipes.

SOUZA, Francisco das Chagas Rodrigues; MARQUES, Hallyson Galdino; OLIVEIRA, André Moreira de; MARTINS, Daniel Freitas Freire;

Completo:

Sabe-se que um dos grandes problemas ambientais é a poluição de rios, lagos, solos, entre outros. Devido a isso diversas técnicas de descontaminação desses ambientes são estudadas. Em virtude da grande quantidade de problemas ambientais, principalmente, em ambientes terrestres e aquáticos, têm-se tentado desenvolver métodos cada vez mais eficazes de recuperação destes locais. Em virtude do alto custo exigido na recuperação de áreas poluídas pela maioria das técnicas convencionais de tratamento, a fitorremediação tem-se mostrado bastante viável em função, principalmente, do seu baixo custo e alta eficiência na recuperação destes ambientes podendo ser aplicado a grandes áreas. Na região oeste do Estado do Rio Grande do Norte, um grande problema existente nessa região é a grande quantidade de água de rejeito produzida a partir da dessalinização da água salobra. Em diversas comunidades, essa água é simplesmente descartada no ambiente sem nenhum tratamento prévio, fato esse que pode causar diversos danos ao ecossistema, incluindo a sua desertificação devido ao acúmulo de sal, em especial, no solo. Por este motivo, este trabalho verificou a possibilidade de uso das macrófitas aquáticas da espécie Eichhornia crassipes como agentes fitorremediadores da água de rejeito de dessalinizadores utilizados no oeste potiguar. O presente estudo consistiu inicialmente em coletar a água de rejeito dos dessalinizadores em uma comunidade localizada no oeste potiguar¬¬¬ onde foi transportada para a Universidade Federal Rural do Semi-árido, Campus Caraúbas, onde foi armazenada em uma caixa d’água coberta com um sombrite para minimizar o processo de evaporação. Em seguida foram inseridas 10 plantas na caixa d’água onde as mesmas ficaram expostas durante 10 dias até a renovação das mesmas. Foram inseridas macrófitas da espécie Eichhornia crassipes e a cada 3 dias foram feitas medidas de condutividade e pH, e coletadas amostras de água para quantificação dos teores de Na, K, Ca e Mg presentes na água. O presente estudo mostrou excelentes resultados da planta para a absorção de sódio que diminui da primeira coleta para segunda cerca de 60%, ou seja, em apenas 6 dias da planta inserida. O pH que é um importante parâmetro de qualidade de água manteve sempre próximo a neutralidade, a planta em estudo mostrou expressivos resultados após remediada colocando a fitorremediação como uma possível e barata técnica de tratamento para água de rejeito de dessalizadores no oeste potiguar.

Completo:

It is known that one of the major environmental problems is the pollution of rivers, lakes, soils, among others. Because of this several decontamination techniques such environments are studied. Because of the wide range of environmental problems, especially in terrestrial and aquatic environments, they have been trying to develop more effective methods of recovery of these environments. Because of the high cost required in the recovery of areas polluted by most conventional treatment techniques, phytoremediation has proved quite feasible due mainly to its low cost and high efficiency in the recovery of these environments can be applied to large areas. In the western region of Rio Grande do Norte, a major existing problem in this region is the large amount of waste water produced from desalination of brackish water. In many communities, the water is simply discarded into the environment without any prior treatment, a fact that can cause extensive damage to the ecosystem, including its desertification due to salt buildup, especially on the soil. Therefore, this study investigated the possibility of use of aquatic macrophytes of Eichhornia crassipes species as desalination of waste water fitorremediadores agents used in Potiguar West. This study initially consisted of collecting waste water from desalination plants in a community located in west potiguar where he was transported to the Federal Rural University of the Semi-arid, Caraúbas Campus, where it was stored in a box of indoor water a shading to minimize the evaporation process. Then they were inserted 10 plants in the water tank where they were exposed for 10 days until the renewal of the same. Were inserted macrophytes of Eichhornia crassipes species and every 3 days were made conductivity and pH measurements, and collected water samples for quantification of the contents of Na, K, Ca and Mg present in water. This study showed excellent results plant for sodium absorption which decreases from the first to the second collecting about 60%, namely in only 3 days the inserted plant. The pH is an important parameter water quality always kept near neutrality, plant study showed significant results after placing the phytoremediation as remediated possible and inexpensive technique for dessalizadores treatment of waste water in RN west.

Palavras-chave: Fitorremediação; Rejeito; Macrófitas; Eichhornia crassipes.,

Palavras-chave: Phytoremediation; Waste; Macrophytes; Eichhornia crassipes.,

DOI: 10.5151/chenpro-5erq-am28

Referências bibliográficas
  • [1] TOPPA, Eder Victor Braganti; BRAMBILLA, Wilian Polaco. The Plant Breeding and Soil Salinity. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 6, p.1-5, jan. 201
  • [2] SOARES, D. C. F.; OLIVEIRA, E. F.; SILVA, G. D. F.; Salvinia auriculata: Aquatic bioindicator studied by instrumental neutron activation analysis (INAA). Applied Radiation and Isotopes, v. 66, p. 561 - 564, 2007.
  • [3] ESTEVES, B. S; SUZUKI, M. S. Efeito da salinidade sobre as plantas. Ecologia Brasileira, v.12, n. 4, p. 662-679, 2008.
  • [4] GUMA, I. R.; PADRON-MEDEROS, M. A.; SANTOS-GUERRA, A.; REYESBETANCORT, J. A. Effect of temperature and salinity on germination of Salsola vermiculata L. (Chenopodiaceae) from Canary Islands. Journal of Arid Environments, v. 74, n. 6, p. 708-711, 2010.
  • [5] SINGH, Divya; TIWARI, Archana; GUPTA, Richa. Phytoremediation of lead from wastewater using aquatic plants. Journal of Agricultural Technology. Bangkok, p. 1-11. ago. 2012.
  • [6] COUTINHO, H. D.; BARBOSA, A. R. Fitorremediação: Considerações gerais e características de utilização. Silva Lusitana, v. 15, n. 1, p. 103-107, 2007.
  • [7] OVERALL, R. A.; PARRY, D. L. The uptake of uranium by Eleocharis dulcis (Chinese water chestnut) in the Ranger Uranium Mine constructed wetland filter. Environmental Pollution, v. 132, p. 307 – 320, 2004.
  • [8] LESAGE, E. et al. Sorption of Co, Cu, Ni and Zn from industrial effluents by the submerged aquatic macrophyte Myriophyllum spicatum L. Ecological Engineering, v. 30, p. 320-325, 2007.
  • [9] AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION. Standard methods for the examination of water and wastewater. 18 th ed. Washington: APHA. 2005.
  • [10] POTT, V.J. e POTT, A. Plantas aquáticas do Pantanal. EMBRAPA, Brasília. 2000. 404 p.
  • [11] FATMA. Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina. Disponível em: Acesso em 23 set. 2015.
  • [12] WOLVERTON, B.C.; McDONALD, R.C. Upgrading facultative wastewater lagoons with vascular aquatic plants. J. Wat. Pollut. Control Fed., v. 51, p.305-313, 1971.
  • [13] MARTINS, D. F. F.; MOURA, M. F. V.; LOIOLA, M. I. B. L.; SOUZA, L. D.; SILVA, K. M. B.; MEDEIROS, J. F. Temporal and physiological influence of the absorption of nutrients and toxic elements by Eichhornia crassipes. Journal of Environmental Monitoring (Print), p. 274-279, 2011.
Como citar:

SOUZA, Francisco das Chagas Rodrigues; MARQUES, Hallyson Galdino; OLIVEIRA, André Moreira de; MARTINS, Daniel Freitas Freire; "Fitorremediação da água de rejeito de dessalinizadores utilizados no oeste potiguar por Eichhornia crassipes", p. 842-851 . In: Anais do V Encontro Regional de Química & IV Encontro Nacional de Química [=Blucher Chemistry Proceedings].. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-4043, DOI 10.5151/chenpro-5erq-am28

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações