fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DO TRATAMENTO DE EFLUENTES UTILIZANDO RESÍDUOS AGROINDUSTRIAIS

FARIAS, F. B. P de; PEREIRA, J. N. N.; CARLOS, T. A. V.; SANTOS, Z. M. dos; ROCHA, M. V. P.;

Artigo:

Com o intuito de minimizar os impactos ambientais causados pelas indústrias têxteis, através da reutilização da água nos processos de produção, foi realizado um estudo de adsorção que teve como adsorvente o bagaço de caju, sendo este escolhido por ter uma série de fatores positivos, como baixo custo, fácil obtenção e no decorrer do experimento observou-se que também é responsável por um alto potencial de adsorção. O corante utilizado no estudo foi Azul Reativo MR GG 80%. Posteriormente, foram realizadas três cinéticas de adsorção, estas tendo como fator variante a concentração do adsorvato (120, 180 e 230 ppm), no intuito de estudar a influência desta no processo de adsorção e determinar o tempo de equíbrio cinético, que foi de 24 horas. Dois modelos cinéticos foram aplicados aos experimentos, o pseudo-primeira ordem e pseudo-segunda ordem, sendo que o modelo de pseudo-segunda apresentou melhores resultados (R² = 0,9966; R² = 0,9949; R² = 0,9955; para as três concentrações, respectivamente). Em relação às isotermas, que teve como variável a temperatura (30, 37 e 45°C) a quantidade adsorvida aumentou com o aumento desta, o que indicou ser um processo endotérmico e foram aplicados os modelos de Langmuir, Freundlich, Tóth e Langmuir-Freundlich, onde o modelo de Tóth se ajustou melhor aos dados experimentais e através dele obteve-se uma quantidade máxima de adsorção. Na avaliação termodinâmica, os parâmetros (∆Ho, ∆So e ∆Go) indicaram um processo endotérmico, espontâneo e com indícios de quimissorção. O bagaço de caju sem tratamento algum se mostrou muito eficaz no processo de adsorção, tendo altos índices de remoção do corante. Portanto, através desse estudo, surgem perspectivas positivas quanto ao emprego do bagaço de caju como adsorvente nos processos de adsorção.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0197-26570-181625

Referências bibliográficas
  • [1] ARISTIDOU, A.; PENTTILÄ, M. Metabolic engineering applications to renewable resource utilization. Current Opinion in Biotechnology, v.11, p.187-198, 2000.
  • [2] BALDISSARELLI, V.Z. Estudo da Adsorção do Corante Reativo Preto 5 Sobre Carvão Ativado: Caracterização do Adsorvente e Determinação de Parâmetros Cinéticos e Termodinâmicos. Dissertação de Mestrado em Química. Universidade Regional de Blumenau. Blumenau, 2006.
  • [3] DABROWSKI, A. et al. Adsorption of Phenolic Compounds by Activated Carbon – a Critical Review. Chemosphere, v. 25, p. 1049-1070, 2001.
  • [4] EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Cultivo do Cajueiro, jan/2003.
  • [5] Disponível em: Andlt;http://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Caju/CultivodoCajueiro/index.htm.Acesso em 16 nov. 2013.
  • [6] GUARATINI, C. C. I. e ZANONI, M. V. B. “Corantes Têxteis”, Química Nova 23, pp. 1- 21.
  • [7] 2000.
  • [8] KOPRIVANAC, N. KUSIC, H. VUJEVI, D. Influence of iron on degradation of organic dyes in corona. Journal of Hazardous Materials, 117, 2005.
  • [9] MAGDALENA, C.P. Adsorção de Corante Reativo Remazol Vermelho rb de Solução Aquosa Usando Zeólita de Cinzas de Carvão e Avaliação da Toxidade Aguda com daphnia similis. Dissertação (Mestrado em Ciências na Área de Tecnologia Nuclear - Materiais)- Altarquia Associada à Universidade de São Paulo, São Paulo. 151 f. 2010.
  • [10] MITTER, E. K. Corantes da Indústria Têxtil: Impactos e Soluções. Disponível em: Andlt;http://www.rc.unesp.br/biosferas/0020. phpAndgt;. Acesso em: 16 nov. 2013.
  • [11] SANTOS, S. Impacto Ambiental Causado Pela Indústria Têxtil. Florianópolis. Santa Catarina, 20 Disponível em: Andlt;http://www.abepro.org.br/biblioteca/ENEGEP1997_T6410.PDFAndgt;. Acesso em: 16 nov. 2013.
  • [12] SCHIMMEL, D. Adsorção Dos Corantes Reativos Azul 5g E Azul Turquesa Qg Em Carvão Ativado Comercial. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Toledo. 99 f. 2008.
  • [13] SCHNEIDER, E. L. Adsorção de Compostos Fenólicos sobre Carvão Ativado. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Toledo. 93 f. 2008.
Como citar:

FARIAS, F. B. P de; PEREIRA, J. N. N.; CARLOS, T. A. V.; SANTOS, Z. M. dos; ROCHA, M. V. P.; "ESTUDO DO TRATAMENTO DE EFLUENTES UTILIZANDO RESÍDUOS AGROINDUSTRIAIS", p. 14634-14642 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0197-26570-181625

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações