fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DO PROCESSO DE HIDROLISE DE RESÍDUOS LIGNOCELULÓSICOS DO MILHO PARA PRODUÇÃO DE BIOETANOL

VIEIRA, R. C.; ANTUNES, D. P. C.; SILVA, M. C. S.; ALMEIDA, R. M. R. G.;

Artigo:

A grande dependência de fontes de energia não renováveis e poluentes, tem levado a busca de novas rotas para produção de etanol combustível a partir de biomassas residuais de composição lignocelulósica, como por exemplo, palha e sabugo do milho. O objetivo do trabalho foi estudar a influência das condições de hidrólise enzimática na conversão dos açúcares presentes nos resíduos do milho. Inicialmente foi feito o pré-tratamento com H2SO4, visando à remoção da lignina, hemicelulose e extrativos. Em seguida, foram realizados ensaios de hidrólises enzimáticas, com 16,7 g ⁄ L de substrato, utilizando 1,0 e 2,0 mL da enzima comercial celulase de Aspergillus niger, em tampão acetato com pH 4,5. As amostras foram colocadas em mesa incubadora rotativa, tipo Shaker, à 50ºC durante 48 horas e 72 horas, logo em seguida foi realiza analise dos açúcares redutores (AR) e açúcares redutores totais (ART) para cada ensaio. A melhor condição encontrada para os dois resíduos foi 48 horas de hidrólise e 1,0 mL da enzima comercial, obtendo-se 0,14g de AR ⁄ g de palha hidrolisada e 0,07g de AR por g de sabugo.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0557-24962-180314

Referências bibliográficas
  • [1] AQUARONE, E.; BORZANI, W.; LIMA, U. A.; SCHMIDELL, W.. Biotecnologia industrial: processos fermentativos e enzimáticos. ed. São Paulo: Editora Edgard Blücher LTDA. 593p. 4v. v.3, p.1-39, 2001; CARRASCO, F. ThermomechanochemicalPretreatment of Wood in A Process-Development Unit. Wood Science andTechnology, v. 26 (6): 413-28, 1998; DURÁN, N.;ZAMORA, P.P.;REYES, J.; Hidrólise enzimática de casca de arroz utilizando-se celulases. Efeito de tratamentos químicos e fotoquímicos. Química nova, v.21, n.2 ,p.140-143, 1998; HAHN-HAGERDAL, B.; GALBE, M.; GORWA-GRAUSLUND, M. F.; LIDÉN G. e ZACCHI G. Bio-ethanol – the fuel of tomorrow from the residues of today. TRENDS in Biotechnology, v.24, n.12, p.549-556, 2006; NUNES, J. M. N.; CARVALHO, P. I. N.; PINHEIRO, I. R. Estudo da hidrólise de bagaço de cana-de-açúcar pré-tratado com peróxido de hidrogênio. XVIII Simpósio Nacional de Bioprocessos, Caixias do Sul ⁄ RS, 2001; PEREIRA Jr., N.; COUTO, M.A.P.G.; SANTA ANNA, L.M.M.. Biomass of lignocellulosic composition for fuel ethanol production and the context of biorefinery. In Series on Biotechnology, Ed. Amiga Digital UFRJ, Rio de Janeiro, v.2, 45 p, 2008; REYER, J.; ZAMOURA, P. P.; DURÁN, N. Hidrólise enzimática da casca de arroz utilizando-se celulases. Efeito de tratamentos químicos e fotoquímicos. Química Nova, v. 21, n. 2, p. 140-143, 1998; SENDELIUS J.. Steam pretreatment optimization for sugarcane bagasse in bioethanol. Master of Science Thesis. Department of Chemical Engineering, Lund University, Sweden, 2005; SILVA, N. L. C. Produção de bioetanol de segunda geração a apartir de biomassa residual da industria de celulose. Dissertação de mestrado do programa de Pós-graduação em tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos. Escola de Química, Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, 2010.
Como citar:

VIEIRA, R. C.; ANTUNES, D. P. C.; SILVA, M. C. S.; ALMEIDA, R. M. R. G.; "ESTUDO DO PROCESSO DE HIDROLISE DE RESÍDUOS LIGNOCELULÓSICOS DO MILHO PARA PRODUÇÃO DE BIOETANOL", p. 790-797 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0557-24962-180314

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações