fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DO EFEITO POZOLÂNICO DA CINZA VOLANTE NA PRODUÇÃO DE ARGAMASSAS MISTAS: CAL HIDRATADA, REJEITO DE CONSTRUÇÃO CIVIL E CIMENTO PORTLAND

FERREIRA, K. C.; CARDOSO, D. N. P.; GONÇALVES, S. G.; SOUZA, J. A. da S.; FELIPE, A. M. P. F.;

Artigo:

As argamassas podem ser consideradas como a mistura de aglomerantes e agregados com água, possuindo capacidade de endurecimento e aderência. Como alternativa, é proposto o emprego do resíduo de construção civil (RCC), rico em silicoaluminatos, gerado nas obras de demolições e reformas, como agregado miúdo, o uso da cal hidratada e da cinza volante (CV), como material pozolânico, em substituição parcial ao cimento Portland. Foram determinadas as características físico-químicas do RCC e da cinza volante por fluorescência de raios-X. Formularam-se quatro composições de argamassas, em diferentes proporções de RCC, cal hidratada, cinza volante e cimento Portland CP II Z 32. Após a cura de 28 dias os corpos de prova foram submetidos a ensaios de absorção, porosidade, massa específica aparente e de resistência à compressão. Os resultados mostraram que a utilização da cinza volante em substituição parcial ao cimento no traço 3 (nas proporções 5:1:0,6:0,4 de RCC/Cal/CV/CP II) apresentou atividade pozolânica satisfatória.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1062-21272-174530

Referências bibliográficas
  • [1] Associação Brasileira de Normas Técnicas, NBR 7175: Cal hidratada para argamassas – requisitos. Rio de Janeiro, 2003.
  • [2] Associação Brasileira de Normas Técnicas, NBR 7215: Cimento Portland – Determinação da resistência à compressão. Rio de Janeiro, 1996.
  • [3] Associação Brasileira de Normas Técnicas, NBR 7217: Determinação de composição granulométrica dos agregados. Rio de Janeiro, 1982.
  • [4] Associação Brasileira de Normas Técnicas, NBR 9289: Cal hidratada para argamassas – Determinação da finura. Rio de Janeiro, 2000.
  • [5] Associação Brasileira de Normas Técnicas, NBR 9778: Argamassa e concreto endurecidos – Determinação da absorção de agua por imersão, índice de vazios e massa especifica. Rio de Janeiro, 1987.
  • [6] Associação Brasileira de Normas Técnicas, NBR 11578: Cimento Portland Composto. Rio de Janeiro, 1991.
  • [7] Associação Brasileira de Normas Técnicas, NBR 12653: Materiais pozolânicos - Especificação, Rio de Janeiro, RJ (1992). Associação Brasileira de Normas Técnicas, NBR 13280: Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos – Determinação da densidade de massa aparente no estado endurecido. Rio de Janeiro, 1995.
  • [8] Área temática: Engenharia de Materiais e Nanotecnologia 6MATOS, E. L.S. Reaproveitamento de resíduos da construção civil. Trabalho de conclusão em Engenharia Civil. Centro de Ciências Exatas e Tecnologia da Universidade de Amazônia – UNAMA. Belém, 2009.
  • [9] PINTO, T.P. Gestão ambiental de resíduos da construção civil: experiência da SindusCon-SP. São Paulo: Obra limpa, IAndamp;T, SindusCon-SP, 2005.
  • [10] ROCHA, J. C.; JHON, V. M. Utilização de resíduos na construção habitacional. ColetâneaHabitare, vol. 4. Porto Alegre: ANTAC, 2003.
  • [11] SIQUEIRA, J.S. de. Reaproveitamento de cinzas de carvão mineral na formulação de argamassas. Cerâmica 58 (2012) 275-279.
Como citar:

FERREIRA, K. C.; CARDOSO, D. N. P.; GONÇALVES, S. G.; SOUZA, J. A. da S.; FELIPE, A. M. P. F.; "ESTUDO DO EFEITO POZOLÂNICO DA CINZA VOLANTE NA PRODUÇÃO DE ARGAMASSAS MISTAS: CAL HIDRATADA, REJEITO DE CONSTRUÇÃO CIVIL E CIMENTO PORTLAND", p. 13864-13870 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1062-21272-174530

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações