fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DA VISCOSIDADE E DENSIDADE NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL ETÍLICO A PARTIR DE ÓLEO DE SOJA COMO POSSÍVEL INDICADOR DO ANDAMENTO DO PROCESSO REACIONAL

FREITAS, J. A. S. De; SILVA, F. L. Da; MELO, L. N. De; LOPES, B. H. S.; BORTOLUZZI, J. H.; MENEGHETTI, M. R.; MENEGHETTI, S. M. P.; ALMEIDA, R. M. De;

Artigo:

A dependência do petróleo acarretou na diminuição de suas reservas. Do rol das soluções aplicáveis, o biodiesel, obtido a partir de óleos e gorduras vegetal e/ou animal, é a fonte de energia renovável de crescente produção em escala industrial. Assim, a avaliação da qualidade do mesmo é de extrema importância. Neste contexto, o presente estudo objetiva avaliar as possíveis correlações entre os parâmetros viscosidade e densidade e o rendimento reacional na reação de transesterificação. A reação de transesterificação alcalina clássica foi realizada com óleo de soja e álcool etílico e seu rendimento reacional medido através das medidas dos teores de ésteres alquílicos formados e de mono-, di- e triacilglicerídeos. Na maioria das reações não foi possível separar as fases contendo biodiesel e glicerol. As análises de tais parâmetros foram de acordo com as normas ASTM e os teores de ésteres, mono-, di- e triacilglicerídeos foram analisados via cromatografia líquida de alta eficiência. Com isso, foi possível afirmar que os parâmetros físico-químicos viscosidade e densidade apresentaram uma relação de proporcionalidade inversa com o teor de ésteres.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0323-26003-179120

Referências bibliográficas
  • [1] CERNOCH, M.; HAJEK, M.; SKOPAL, F. Ethanolysis of rapeseed oil - distribution of ethyl esters, glycerides and glycerol between ester and glycerol phases. Bio. Tech., v. 101, p. 2071-2075, 2010.
  • [2] CRUZ, R. S. D.; LÔBO, I. P.; FERREIRA, S. L. C. Biodiesel: parâmetros de qualidade e métodos analíticos. Química Nova, v. 32, p. 1596-1608, 2009.
  • [3] FARIAS, L. M.; SELLITTO, M. A. Uso da energia ao longo da história: evolução e perspectivas futura. Revista Liberato, v. 12, p. 7-16, 2011.
  • [4] FARIAS, R. F. D. Introdução à química do petróleo. Rio de Janeiro: Ciências Moderna Ltda, 2008.
  • [5] GAUTO, M. A. Petróleo S.A.: exploração, produção, refino e derivados. Rio de Janeiro: Ciência Moderna Ltda, 2011.
  • [6] HAMELINCK, C. N.; FAAIF, A. P. C. outlook for advanced biofuels. Energy policy, v. 34, p. 3268-3283, 200
  • [7] KNOTHE, G. Analyzing biodiesel: standards and other methods. J. A. Oil Chem. Soc., v. 83, p. 823-833, 2006.
  • [8] ______. et al. Manual de biodiesel. São Paulo: Edgard Blücher, 2006.
  • [9] TREVISANI, L.; FABBRI, M.; RIBANI, P. L. Advanced energy recovery systems from liquid hydrogen Energy Convers. Manage, v. 48, p. 146-154, 2007.
  • [10] ZHOU, W.; BOOCOCK, D. G. B. Phase behavior of the base-catalyzed transesterification of soybean oil. J. A. Oil Chem. Soc., v. 83, p. 1041-1045, 2006.
Como citar:

FREITAS, J. A. S. De; SILVA, F. L. Da; MELO, L. N. De; LOPES, B. H. S.; BORTOLUZZI, J. H.; MENEGHETTI, M. R.; MENEGHETTI, S. M. P.; ALMEIDA, R. M. De; "ESTUDO DA VISCOSIDADE E DENSIDADE NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL ETÍLICO A PARTIR DE ÓLEO DE SOJA COMO POSSÍVEL INDICADOR DO ANDAMENTO DO PROCESSO REACIONAL", p. 9883-9890 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0323-26003-179120

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações