fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DA QUANTIFICAÇÃO DE LIPÍDIOS MICROALGAIS ATRAVÉS DE FLUORESCÊNCIA 2D

BRESOLIN, L.; RANZAN, C.; RAMIREZ, N. N.; FARENZENA, M.; TRIERWEILER, L. F.; TRIERWEILER, J. O.;

Artigo:

A crescente necessidade por combustíveis alternativos faz com que sejam necessárias pesquisas sobre novas fontes energéticas eficientes e não agressivas ao meio ambiente. Neste cenário, as microalgas têm se apresentado como uma alternativa para a produção de biodiesel. Em virtude disso, torna-se imprescindível a utilização de um método de quantificação lipídica microalgal que seja rápido e confiável. Visando essa necessidade, estudou-se o desenvolvimento de uma metodologia de quantificação lipídica baseada na técnica de Espectroscopia Fluorescente 2D. Modelos quimiométricos foram propostos e calibrados usando soluções de azeite em acetona, medidas de EF2D e seleção multivariável PSCM. Modelos multilineares de oito pares de fluorescência apresentaram os melhores resultados na caracterização de lipídios, passando para teste em cultivos reais de microalgas em diferentes porcentagens de vinhaça (0%, 8,1%, 20% e 31,9%). A aplicação direta do método não apresentou resultados quantitativos aceitáveis (menor erro de medida na ordem de 7%), entretanto a tendência foi capturada de forma satisfatória, indicando a viabilidade da técnica

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1147-20771-159257

Referências bibliográficas
  • [1] CHEN, W.; SOMMERFELD, M.; HU, Q. Microwave-assisted Nile red method for in vivo quantification of neutral lipids in microalgae. Biore. Tech., v. 102, n. 1, p. 135-141, 201
  • [2] CHEN, W. et al. A high throughput Nile red method for quantitative measurement of neutral lipids in microalgae. J. of Microbio. Met., v. 77, n. 1, p. 41-47, 2009.
  • [3] CHISTI, Y. Biodiesel from microalgae beats bioethanol. Trends in Biotech., v. 26, n. 3, p. 126-131, 2008.
  • [4] CLEMENTSCHITSCH, F. et al. Sensor combination and chemometric modelling for improved process monitoring in recombinant E. coli fed-batch cultivations. J. of Biotech., v. 120, n. 2, p. 183-196, 2005.
  • [5] GOVENDER, T. et al. BODIPY staining, an alternative to the Nile Red fluorescence method for the evaluation of intracellular lipids in microalgae. Bio. Tech., v. 114, p. 507-511, 2012.
  • [6] GRIS, G. et al. Laboratory apparatus to evaluate microalgae production. Brazil. Jourl. Chem. Eng. v. 30, p. 487-497. Julho 2013.
  • [7] HU, Q. et al. Microalgaltriacylglycerols as feedstocks for biofuel production: Perspectives and advances. Plant Jourl, v. 54, n. 4, p. 621-639, 2008.
  • [8] LI, B.; MORRIS, J.; MARTIN, E. B. Model selection for partial least squares regression. Chemo.andIntell. Lab. Syst., v. 64, n. 1, p. 79-89, 10/28/2002.
  • [9] RAMIREZ, N. N. V. Estudo do Crescimento da Microalga Scenedesmus sp. em Vinhaça. Dissertação de Mestrado - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2013.
  • [10] RANZAN, C. et al. Wheat flour characterization using NIR and spectral filter based on ant colony optimization.Chemoms and Intel. Lab. Syst. v. 132, p. 133-140. 15/03/2014.
Como citar:

BRESOLIN, L.; RANZAN, C.; RAMIREZ, N. N.; FARENZENA, M.; TRIERWEILER, L. F.; TRIERWEILER, J. O.; "ESTUDO DA QUANTIFICAÇÃO DE LIPÍDIOS MICROALGAIS ATRAVÉS DE FLUORESCÊNCIA 2D", p. 1583-1590 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1147-20771-159257

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações