fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DA INFLUÊNCIA DA AGITAÇÃO NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL POR TRANSESTERIFICAÇÃO ETÍLICA

LIMA, E. G.; SATIRO, M. B.; MARINHO, J. C.; CARVALHO, M. W. N. C.; CUTRIM, A. A.;

Artigo:

A agitação do sistema reacional é uma das variáveis de maior influência na reação catalítica, auxiliando na dispersão do catalisador no meio reacional, consequentemente aumentando a conversão. Nessa perspectiva, visando desenvolver um estudo comparativo entre dois sistemas de produção de biodiesel, sendo eles: Sistema 1, um reator batelada sem agitação e o sistema 2, um reator com agitação magnética. Utilizando uma temperatura de 200ºC, com 2% de catalisador a base de argila impregnada com MoO3 (VNI), 4 horas de reação e como matéria-prima os óleos de soja e algodão, para ambos os sistemas. Os óleos obtidos foram analisados por cromatografia gasosa para determinação do teor de éster etílico formado e análise da viscosidade cinemática. Quando utilizou-se o sistema estático a conversão encontrada em ambos os óleos correspondeu a aproximadamente 50%, no sistema com agitação a conversão aumenta consideravelmente alcançando valores próximos a

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0057-27287-171194

Referências bibliográficas
  • [1] ANP – Biocombustivel. Disponivel em: http://www.anp.gov.br/?id=470. Acessado em: Fevereiro de 2012.
  • [2] ATKINS, P. e JONES, L.; Princípios de Química; Bookman, Porto Alegre, 3ª Ed., reimpressão, 2006, pag. 256.
  • [3] COSTA, G. E. L; NEUMANN, R; Transformação de Vermiculita para biotita, visando melhor refinamento via método de Rietveld para quantificação de fases: estudo de caso com a Vermiculita de Santa Luzia – PB. In XVII Jornada de Iniciação Científica – CETEM – Rio de Janeiro – 2009.
  • [4] CRUZ, R. S; LOBO, I. P; FERREIRA, S. L. C; Biodiesel: Parâmetros de Qualidade e Métodos Analíticos. Quim. Nova, Vol. 32, No. 6, 1596-1608, 2009.
  • [5] FROEHNER, S; LEITHOLD, J; JÚNIOR, L. F. L, Transesterificação de óleos vegetais: Caracterização por cromatografia em camada delgada e densidade. Quim. Nova, Vol. 30, No. 8, Curitiba – PR, Outubro, 2007.
  • [6] MARINHO, J. C.; Biodiesel Obtido a partir do Óleo de Soja e Algodão Utilizando Argilas Pilarizadas e Impregnadas com Óxido de Molibdênio. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química). Universidade Federal de Campina Grande - UFCG, Campina Grande – 2012.
  • [7] PELISSON, L. Análise direta de mono, di e triacilglicerídeos em biodiesel por cromatografia gasosa de alta resolução: resolução ANP 42 e suas extensões. Dissertação (Mestrado em Química) – Universidade Federal de São Paulo – São Carlos, 2008.
  • [8] SANTOS, C. P. F; MELO, D. M. A; MELO, M. A. F; SOBRINHO, E. V; Caracterização e usos de argilas Bentonitas e Vermiculitas para adsorção de cobre (II) em solução, Cerâmica vol.48 no. 308, São Paulo, Oct./Dec. 2002.
  • [9] SILVA, A. A.; Novos catalisadores a base de argilas para a produção do Biodiesel, 167p. Tese (Doutorado em Engenharia de Processos) - Universidade Federal de Campina Grande - UFCG - Campina Grande - PB, 2008.
  • [10] SILVA, A. S. Avaliação de catalisadores de NiO e MoO3, suportados em MCM-41, na obtenção de biodiesel de óleo de algodão. Tese (Doutorado em engenharia de processos) – Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, 2011.
Como citar:

LIMA, E. G.; SATIRO, M. B.; MARINHO, J. C.; CARVALHO, M. W. N. C.; CUTRIM, A. A.; "ESTUDO DA INFLUÊNCIA DA AGITAÇÃO NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL POR TRANSESTERIFICAÇÃO ETÍLICA", p. 9739-9744 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0057-27287-171194

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações