fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DA CINÉTICA E EQUILÍBRIO DA ADSORÇÃO DA ÁGUA PRODUZIDA DO PETRÓLEO NA REMOÇÃO DE CARBONO ORGÂNICO

CARVALHO, P. C. A. P de; CHIAVONE, O. Filho; QUININO, J. M. M.; SALDANHA, L. A. S.; FIGUEIREDO, N. S.;

Artigo:

A água produzida constitui um problema ambiental, uma vez que apresenta composição química tóxica, alguns desses componentes são os orgânicos dispersos e dissolvidos. Diversos são os tratamentos existentes que visam à remoção dos orgânicos dissolvidos, que por sua vez não podem ser retirados por tratamentos convencionais de separação por gravidade. A adsorção vem sendo estudada e vários são os adsorventes existentes no mercado, sendo um deles o carvão ativado, que já provou ser um excelente adsorvente. No trabalho foram determinados os modelos cinéticos de adsorção para o efluente sintético (25° C, 37°C e 50°C) e a água produzida real (25°C), também foram obtidos os parâmetros das isotermas de Langmuir e Freundlich para o efluente sintético (25°C) em carvão ativado de casca de coco (8 – 12 mesh). Os resultados mostraram que tanto para o efluente sintético como para a água produzida o melhor modelo cinético, que expressa à adsorção é o pseudo - segunda ordem. A cinética é favorecida na faixa de temperatura de 25 a 37°C, a redução na adsorção ocorreu na temperatura de 50°C. Dentre os modelos testados o modelo de Langmuir e Freundlich, apresentaram bons ajustes (0,988 Langmuir e 0,955 Freundlich), prevalecendo então o modelo de Langmuir.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1231-20360-179507

Referências bibliográficas
  • [1] Alhamed, Y. A, Adsorption kinetics and performance of packed bed adsorber for phenol removal using activated carbono from dates’ stones. Journal Hazardous Materials , v.170, p. 763 – 770, 2009.
  • [2] Benkhedda, J; Jaubert, J, N; Barth. D; Perrin, L; Baily, M. Adsorption isotherms of m-xylene on activated carbon: measurements and correlation with different models, J.Chem.Thermodymamics, 32, 401-411, 2000.
  • [3] Claudino, Andréia. Preparação de carvão ativado a partir de turfa e sua utilização na remoção de poluentes. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 200 Dissertação (Mestrado). Gomide, R. Operações Unitárias, Edição do autor, São Paulo, 1980.
  • [4] Ho, Y. S. Review of second-order models for adsorption systems. Journal of Hazardous Materials, v. 136, p. 681–689, 2006.
  • [5] Área temática: Engenharia Ambiental e Tecnologias Limpas 7Ho, Y.S.; Mckay, G. Sorption of dye from aqueous solution by peat. Chemical Eng Journal, v. 70, p. 115-124, 1998.
  • [6] Ho, Y.S.; Mckay, G. The kinetics of sorption of divalent metal ions onto sphagnum moss peat. Water Res., v. 34(3), p. 735-42, 2000.
  • [7] Lagergren, S; Ksver. Vaterskapsakad. Handl, v.24 (1898) p.1.
  • [8] Laszló, K; Podloscielny, P; Dabrowsk, A. Heterogeneity of activated carbons with different surface chemistry in adsorption of phenol from aqueous solutions. Applied Surface Science, v.252 p.5752 – 5762, 2005.
  • [9] Lillo – Ródenas, M.A.; Fletcher, A.J.; Thomas, K.M.; Cazorla – Amorós, D.; Linares – Solano, A. Competitive adsorption of a benzene–toluene mixture on activated carbons at low concentration. Carbon, v. 44 1 p.455–1463, Janeiro,2006.
  • [10] Lorenc – Grabowska. E; Gryglewicz. G; Diez, M. A. Kinectics and equilibrium study of phenol adsorption on nitrogen – enriched activated carbons. Fuel, v. 114, p. 235 – 243, 2009.
  • [11] MCKAY, G. Use of adsorbents for removal of pollutants from wastewater. Florida: CRC Press, 186 p. 1996.
  • [12] Mariano, J.B. Impactos ambientais do refine de petróleo. 1 ed. - Rio de Janeiro: Interciência, 2005.
  • [13] Maretto, M; Blonchi, F; Vignola, R; Canepari, S; Baric, M; Lazzoni, R; Tagliabue, M; Papini, M, P. Microporaus and mesoporous materials for the treatment of wastwater produced by petrochimical activeties. Journal of cleaner production, v. 77, p. 22-34, 2014.
  • [14] Neff, J; Sauer, T; Maciolek, N. Composition fate and effects of produced water discharges to nearshore marine Waters. Produced water. Plenum, New York, 1992.
  • [15] Pei. J; Zhang, J, S. Determination of adsorption isotherm and diffusion coeficiente of toluene on actived carbono at low concentrations,v. 45, p. 66 -76. 2012.
  • [16] Roostei, N.; Tezel, F.H.; Removal of phenol from aqueous solutions by adsorption. Journal of Environmental Management v.70 p.157–164, 2003.
  • [17] Ruthven, D. M. Principles of adsorption and adsorption processes. New York: Wiley, 1984.
  • [18] Veil, J. A; Puder, M. G; Elcock, D; Redweik, R. J. Jr. (2004), A White Paper Describing Produced Water from Production of Crude Oil Natural Gas, and Coal Bed Methane. U. S. Department of Energy - National Energy Technology Laboratory. Under Contract W-31-109-Eng-38.
  • [19] Vegueria, S. F. J; Godoy, J. M; Miekeley, N. Environmental impact studies of barium and radium discharges by produced Waters from the “Bacia de Campos” Oil – field odffshore plataforms, Brazil of Environmental Radioactivicity.v. 62, p. 29 – 38, 2002.
Como citar:

CARVALHO, P. C. A. P de; CHIAVONE, O. Filho; QUININO, J. M. M.; SALDANHA, L. A. S.; FIGUEIREDO, N. S.; "ESTUDO DA CINÉTICA E EQUILÍBRIO DA ADSORÇÃO DA ÁGUA PRODUZIDA DO PETRÓLEO NA REMOÇÃO DE CARBONO ORGÂNICO", p. 8375-8382 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1231-20360-179507

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações