fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO COMPARATIVO DO PERFIL DE ÁCIDOS GRAXOS PRESENTES NO ÓLEO EXTRAÍDO DAS SEMENTES DE GOIABA (Psidium guajava L.)

SILVEIRA, M. L. R.; SANTOS, C. O.; CREMONESE, J. M.; FORTES, J. P.; SAUTTER, C. K.; PENNA, N. G.;

Artigo:

Na indústria, durante a conversão das frutas in natura em produtos industrializados são gerados e recolhidos materiais não aproveitados na produção industrial, os chamados coprodutos. Estudos têm sido conduzidos com o intuito de investigar o valor nutricional desses materiais, valorizando-os e sugerindo novas alternativas de utilização. O objetivo deste estudo foi determinar o teor de óleo extraído das sementes de goiaba, identificar e quantificar os principais ácidos graxos presentes na fração, comparando o perfil lipídico obtido das extrações realizadas com diferentes solventes. O óleo foi extraído das sementes de goiaba do genótipo de polpa vermelha (Psidium guajava L. var. Paluma), em um extrator Soxhlet utilizando como solventes o n-hexano, éter de petróleo e éter etílico. A composição dos ácidos graxos presentes na fração lipídica foi determinada por cromatografia a gás, usando detector de ionização em chama. O melhor rendimento em óleo foi obtido para a extração com éter etílico, a maior quantidade de ácidos graxos identificados foi verificada no óleo extraído com n-hexano e éter etílico. Estas extrações também apresentaram a maior concentração de gordura saturada, enquanto que o óleo extraído com éter de petróleo obteve elevada porcentagem de ácidos graxos insaturados. Os ácidos graxos encontrados em maior abundância para todos os solventes empregados foram o esteárico, o elaídico, o linoleico e o palmítico, porém este último ausente na extração com éter de petróleo.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0107-27008-157895

Referências bibliográficas
  • [1] AQUINO, A. C. M. S.; MÓES, R. S.; LEÃO.; FIGUEIREDO, A. V. D.; CASTRO, A. A. Avaliação físico-química e aceitação sensorial de biscoitos tipo cookies elaborados com farinha de resíduos de acerola. Rev. Inst. Adolfo Lutz, São Paulo, v.69, n.3, p. 379-86. 2010.
  • [2] BRUM, A. A. S. Métodos de extração e qualidade da fração lipídica. 2004. 79 f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) – Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2004.
  • [3] DAMIANI, C.; VILAS BOAS, E. V.; SOARES JUNIOR, M. S.; CALIARI, M.; PAULA, M. L.; PEREIRA, D. E. P.; SILVA, A. G. M. Análise física, sensorial e microbiológica de geléias de manga formuladas com diferentes níveis de cascas em substituição à polpa. Cienc Rural, Santa Maria, v.38, n.5, p.1418-142. 2008.
  • [4] FONTANARI, G. G.; JACON, M. C.; PASTRE, I. A.; FERTONANI, F. L.; NEVES, V. A.; BATISTUTI, J. P. Isolado protéico de semente de goiaba (Psidium guajava): caracterização de propriedades funcionais. Cienc. Tecnol. Alimet., Campinas, v. 27, p. 73-79. 2007.
  • [5] HARTMAN, L; LAGO, R.C.A. A rapid preparation of fatty methyl esters from lipids. Lab. Pract., London, v. 22, p. 475-477, 1973.
  • [6] IAL. INSTITUTO ADOLFO LUTZ. Métodos físico-químicos para análise de alimentos. 1. ed. digital. São Paulo, 2008. 1020 p. ISHIMOTO, F. Y.; HARADA, A. I.; BRANCO, I. G.; CONCEIÇÃO, W. A. S.; COUTINHO, M. R. Aproveitamento alternativo da casca do maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. var. flavicarpa Deg.) para produção de biscoitos. RECEN, Guarapuava, v.9, n.2, p.179-292, jul.-dez. 2007.
  • [7] Área temática: Engenharia e Tecnologia de Alimentos 7JARDINI, F. A.; MANCINI FILHO, J. Avaliação da atividade antioxidante em diferentes extratos da polpa e sementes da romã (Punica granatum, L.). Rev. Bras. Cienc. Farm., São Paulo, v. 43, n. 1, p. 137-14 200
  • [8] KOBORI, C. N.; JORGE, N. Caracterização dos óleos de algumas sementes de frutas como aproveitamento de resíduos industriais. Cienc. Agrotecnol, Lavras, v. 29, n. 5, p. 1008-1014. 2005.
  • [9] LUZIA, D. M. M.; BERTANHA, B. J.; JORGE, N. Sementes de pitanga (Eugenia uniflora L.): potencial antioxidante e perfil de ácidos graxos. Rev. Inst. Adolfo Lutz, São Paulo, v. 69, n. 2, p.175-80. 2010.
  • [10] LUZIA, D. M. M.; JORGE, N. Composição centesimal, potencial antioxidante e perfil dos ácidos graxos de sementes de jambolão (Syzygium cumini L.). Rev. Ciênc. Agron., Fortaleza, v.40, n.2, p.219-223. 2009.
  • [11] MACEDO, B. A.; MAIA, G. A.; FIGUEIREDO, R. N.; ORIÁ, H. F.; GUEDES, Z. B. L. ARAÚJO FILHO, G. C. Propriedades físico-químicas e composição dos ácidos graxos da fração lipídica de sementes de quatro variedades de goiaba. B. CEPPA. Curitiba, v.12, n.1, p.55-64. 1994.
  • [12] MALACRIDA, C. R.; ANGELO, P. M.; ANDREO, D.; JORGE, N. Composição química e potencial antioxidante de extratos de sementes de melão amarelo em óleo de soja. Rev. Ciênc. Agron., Fortaleza, v.38, n.4, p.372-376. 2007.
  • [13] MELO, P. S.; BEGAMASHI, K. B.; TIVERON, A . P.; MASSAROLI, A. P.; OLDONI, T. L. C.; ZANUS, M. C.; PEREIRA, G. E.; ALENCAR, S. M. Composição fenólica e atividade antioxidante de resíduos agroindustriais. Cienc. Rural, Santa Maria, v.41, n.6, p.1088-1093.
  • [14] 2011.
  • [15] NASCIMENTO, R. J.; ARAÚJO, C. R.; MELO, E. A. Atividade antioxidante de extratos de resíduo agroindustrial de goiaba (Psidium guajava L.). Alim. Nutr., Araraquara, v. 21, n. 2, p. 209-216. 2010.
  • [16] PRASAD, N. B. L.; AZEEMODDIN, G. Characteristics and composition of guava (Psidium guajava L.) seed and oil. J. Amer. Oil Chem. Soc., Champaign, v. 71, n. 4. 1994.
  • [17] ROCKENBACH, I. I.; RODRIGUES, E.; GONZAGA, L. V.; FETT, R. Composição de ácidos graxos de óleo de semente de uva (Vitis vinifera L. e Vitis labrusca L.). Braz. J. Food Technol, Campinas, III SSA, p. 23-26. 2010.
  • [18] SANTOS, C. X. Caracterização físico-química e análise da composição química da semente de goiaba oriunda de resíduos agroindustriais. 2011. 61 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Alimentos) – Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Itapetinga, 2011.
  • [19] TAKEMOTO, E.; OKADA, I. A.; GARBELOII, M. L.; TAVARES, M.; AUED-PIMENTEL, S. Composição química da semente e do óleo de baru (Dipteryx alata Vog.) nativo do Município de Pirenópolis, Estado de Goiás. Rev. Inst. Adolfo Lutz, São Paulo, v. 60, n. 2, p. 113-117. 2001.
  • [20] UCHOA, A. M. A.; COSTA, J. M. C.; MAIA, G. A.; SILVA, E. M. C.; CARVALHO, A. F. F. U.; MEIRA, T. R. Parâmetros físico-químicos, teor de fibra bruta e alimentar de pós alimentícios obtidos de resíduos de frutas tropicais. Segurança Alimentar e Nutricional, Campinas, v. 15, n. 2, p. 58-65. 2008.
Como citar:

SILVEIRA, M. L. R.; SANTOS, C. O.; CREMONESE, J. M.; FORTES, J. P.; SAUTTER, C. K.; PENNA, N. G.; "ESTUDO COMPARATIVO DO PERFIL DE ÁCIDOS GRAXOS PRESENTES NO ÓLEO EXTRAÍDO DAS SEMENTES DE GOIABA (Psidium guajava L.)", p. 3074-3081 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0107-27008-157895

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações